Ir para conteúdo



Foto

NFe + Cupom Fiscal / Como ficam os impostos ?


  • Por favor, faça o login para responder
15 respostas neste tópico

#1 guarasemini

guarasemini

    Membro

  • Membros
  • PipPip
  • 33 posts

Postado 10 July 2012 - 03:20 PM

Olá para todos.

Estou desenvolvendo a NFe em um sistema de comercio que tenho na empresa. 99% das NFe serão com CFOP para emissão conjunta com ECF (cupom fiscal).

Já localizei as Tag de referencia de ecf e tudo esta, aparentemente, certo quando a isso.

Mas como fica a questão dos impostos (ICMS) ? O ECF já tem tudo isso na memoria que é enviada para escritorio, se eu destacar na NFe, pode haver dupla cobrança ? (li isso em algum lugar).

Ou devo preencher igual NFe normal ?

A empresa em questão é simples federal.

Desde já, obrigado pela atenção e ajuda de todos.

Rafael Escher Guarasemini
Rio Claro - SP

#2 Cleber

Cleber

    Membro Ativo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 510 posts
  • LocalizaçãoFormiga-MG

Postado 10 July 2012 - 03:25 PM

Olá rafael!

eu possuo clientes na mesma situação. De acordo com a contabilidade (e o que eu acho mais lógico) é usar o cfop 5929 e usar o CST 90 ( ou CSOSN 900 para simples nacional). E é claro, referenciar o cupom fiscal na nota. Somente isso, não precisa calcular imposto algum. Não sei se é o seu caso

Cleber C. Ferreira
Analista de Sistemas e Consultor
Home:
http://www.cleberferreira.eti.br
E-mail e Skype: contato@cleberferreira.eti.br
Formiga-MG


#3 guarasemini

guarasemini

    Membro

  • Membros
  • PipPip
  • 33 posts

Postado 10 July 2012 - 04:21 PM

vou fazer um teste aqui Cleber, obrigado pela atenção

#4 igor

igor

    Membro Avançado

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 1347 posts
  • LocalizaçãoBauru/SP

Postado 10 July 2012 - 05:02 PM

Por experiencia propria:

Quem é do simples e tem ECF: a ECF registra a tributacao como fosse regime normal e nao do simples;

Quando emitir NFe faz com o CFOP 5929 ou 6929, porem o CSOSN não é o 900. Vai depender se a empresa destinataria da NFe puder aproveitar ou nao o credito do ICMS dos produtos. Por isso o CSOSN pode ser 101, 102 ou até 500 no caso de substituicao tributaria.

Se a empresa não é do simples faz uma NFe normalmente, com o CFOP 5929 ou 6929, referenciando o cupom fiscal. Na hora de ESCRITURAR é que o contador não pode escriturar os 2 impostos (nem gerar a guia dos 2), teoricamente ele gera de todos os CUPONS e todas as NFe que são de VENDA (ou seja, as 5929 nao entra)

Resumindo: pra quem faz o programa não muda quase nada.

#5 guarasemini

guarasemini

    Membro

  • Membros
  • PipPip
  • 33 posts

Postado 11 July 2012 - 09:00 AM

Bom dia Igor.

Então, pela sua experiencia, o melhor é calcular os impostos e destaca-los na NFe ? Foi o que entendi ?

Fiz um teste colocando cst 90 / csosn 900 e dai começou dar os problemas classicos de os valores não baterem, até engraçado pq foi com somente 1 item e so tem 1 valor em questão.

novamente, obrigado pela atençao

#6 Cleber

Cleber

    Membro Ativo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 510 posts
  • LocalizaçãoFormiga-MG

Postado 11 July 2012 - 09:14 AM

posta o xml aqui pra gente

Cleber C. Ferreira
Analista de Sistemas e Consultor
Home:
http://www.cleberferreira.eti.br
E-mail e Skype: contato@cleberferreira.eti.br
Formiga-MG


#7 igor

igor

    Membro Avançado

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 1347 posts
  • LocalizaçãoBauru/SP

Postado 11 July 2012 - 10:30 AM

Exato guarasemini, destaca normalmente na NFe, a unica coisa que muda é a CONTABILIDADE das vendas.

Vc somente pode contabilizar como venda os CFOPs de venda. 5929 não é venda.

Bem como NFes de Remessa por exemplo, não são venda.

o que define se é ou não é, é o CFOP. Não existe um campo na NFe que diz: NFe de Venda.


Use os CSOSN e CST corretos. Pois se no cupom fiscal esta F1 (substituicao) vc tem que usar cst 60 e csosn 500

#8 guarasemini

guarasemini

    Membro

  • Membros
  • PipPip
  • 33 posts

Postado 11 July 2012 - 03:21 PM

Ola para todos.

Está complicado. Liguei no escritorio do cliente e fui informado para usar cst icms 90/900, cst de pis 90, cst cofins 90. E não destacar nenhun valor.

Consegui enviar em homologação assim, mas não tenho certeza qual metodo é o correto.

#9 igor

igor

    Membro Avançado

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 1347 posts
  • LocalizaçãoBauru/SP

Postado 11 July 2012 - 03:39 PM

Eu fiz do jeito que falei, mas se o escritorio do seu cliente se responsabilizar 100%, faz do jeito que tao pedindo entao...

#10 marcelo_sp

marcelo_sp

    Membro Ativo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 406 posts
  • LocalizaçãoSumaré - SP

Postado 11 July 2012 - 09:57 PM

Alem das CST's etc e tal , tambem utilizar sim as cfop 5929 ou 6929 para operação e tambem anexar os COO(s) do(s) cupons referenciados nas Informações Complementares da NFe assim :

Em São Paulo :
Emitida nos termos da Portaria CAT n-90/00 - COO 000001 , 000002 , etc etc .

Em Estados com PAF-ECF como a Bahia por exemplo , é obrigatorio apresentar o MD5 do modulo do seu EXE de Nota Fiscal tambem nas Informações Complementares .

#11 igor

igor

    Membro Avançado

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 1347 posts
  • LocalizaçãoBauru/SP

Postado 12 July 2012 - 08:29 AM

marcelo, apresentar o MD5 na NFe é SOMENTE se foi emitido pelo PAF-ECF.

Nada me impede de gerar uma NFe pelo retaguarda

#12 igor

igor

    Membro Avançado

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 1347 posts
  • LocalizaçãoBauru/SP

Postado 12 July 2012 - 08:41 AM

Aqui em SP encontrei isso aqui no site da SEFAZ:

http://www.pfe.fazen... ... cf_06.shtm

6.4. Se o comprador, pessoa física ou jurídica não-contribuinte, exigir Nota Fiscal, pode-se deixar de emitir o Cupom Fiscal?

Não. Estando o contribuinte obrigado ao uso do ECF, os dois documentos deverão ser emitidos: Cupom Fiscal e Nota Fiscal, modelo 1 ou 1-A ou NF-e.

A Nota Fiscal, com destaque de ICMS, se a operação for tributada, será entregue ao adquirente da mercadoria e o Cupom Fiscal ficará anexo à via fixa (grampeado).

Essa Nota Fiscal emitida deve conter o CFOP 5.929, caso o adquirente seja de SP, ou 6.929, caso o adquirente seja de outro Estado. Ela deve ser toda preenchida, sendo a sua escrituração feita com valores zerados, já que o débito será feito pelo cupom, Assim, no livro Registro de Saídas deve ser registrado para esta nota apenas a coluna "Observações", onde serão indicados o seu número e a sua série.

Fundamento: artigo 135, § 2º, do RICMS/2000 e Comunicado CAT 52/2001.


Como eu disse: Na hora de ESCRITURAR deve-se fazer com valores zerados.
Mas na Nota Fiscal tem que destacar os impostos certinho (se foi tributado)

E não encontrei nenhum lugar dizendo que o CST do ICMS tem que ser 90 ou o CSOSN 900


só pra falar onde está que tem que destacar ICMS na Nota Fiscal de 5929:

COMUNICADO CAT Nº 52, DE 15 DE OUTUBRO DE 2001 (D.O.E. - 17/10/01)

#13 marcelo_sp

marcelo_sp

    Membro Ativo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 406 posts
  • LocalizaçãoSumaré - SP

Postado 12 July 2012 - 09:03 AM

marcelo, apresentar o MD5 na NFe é SOMENTE se foi emitido pelo PAF-ECF.

Nada me impede de gerar uma NFe pelo retaguarda



Igor , Homologamos a semana passada junto a Faculdade i10 o PAF-ECF no Estado da Bahia e o homologador exigiu mesmo emitindo a NFe no Retaguarda foi obrigatório o MD-5 do Retaguarda , no caso nosso Retaguarda também é homologado o PAF-ECF , talvez seja isso .

#14 igor

igor

    Membro Avançado

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 1347 posts
  • LocalizaçãoBauru/SP

Postado 12 July 2012 - 09:09 AM

Com ctz. Se vc teve que homologar o retaguarda é pq ele FAZ PARTE do seu PAF-ECF.

Mas se não fizer parte do paf-ecf não precisa.

Senão como ficaria o emissor gratuito do governo??

Uma duvida Marcelo, tem algum motivo para voce de SP ter ido homologar na Bahia?
Recentemente eu estava pensando em homologar meu PAF-ECF e estava pensando em ir no Polimig aqui em SP

Qual sua opiniao?

#15 marcelo_sp

marcelo_sp

    Membro Ativo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 406 posts
  • LocalizaçãoSumaré - SP

Postado 12 July 2012 - 09:26 AM

Com ctz. Se vc teve que homologar o retaguarda é pq ele FAZ PARTE do seu PAF-ECF.

Mas se não fizer parte do paf-ecf não precisa.

Senão como ficaria o emissor gratuito do governo??

Uma duvida Marcelo, tem algum motivo para voce de SP ter ido homologar na Bahia?
Recentemente eu estava pensando em homologar meu PAF-ECF e estava pensando em ir no Polimig aqui em SP

Qual sua opiniao?


Igor , temos uma Automação no Estado da Bahia "Designer Automação" temos o Software que desenvolvemos "Gestor Soluções" em operação lá , atuamos em Supermercados , Materiais de Construção , Lojas , precisando alguma coisa de lá amigo estamos a disposição , temos tudo lá em Automação Comercial , Equipamentos e Software .

#16 igor

igor

    Membro Avançado

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 1347 posts
  • LocalizaçãoBauru/SP

Postado 12 July 2012 - 09:31 AM

Entendi!

Muito obrigado pela ajuda, por enquanto to começando pequenininho




Olá visitante,

Bem vindo ao fórum do Projeto ACBr.

Como visitante você não tem acesso a todas as funcionalidades de nosso fórum.
Por favor considere efetuar seu Registro, é rápido, simples, e gratuito.
Se já for usuário efetue Login