Jump to content

Agnaldo Prates

Membros
  • Posts

    918
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    4

Everything posted by Agnaldo Prates

  1. Bom dia. Imagino que sim. Ou algo do tipo: if ( nfe.Ide.tpNF = tnEntrada ) and (nfe.Dest.EnderDest.UF = nfe.Emit.EnderEmit.UF) then else if (nfe.Dest.EnderDest.UF <> nfe.Emit.EnderEmit.UF) then (...) Talvez algo deste sentido.
  2. Tem um demo que modifiquei que lê o retorno, basta procurar neste fórum que dai você vai debugando até encontrar o que realmente está ocorrendo.
  3. Boa tarde. Não há imposto federal incidente sobre operações com petróleo, combustíveis, lubrificantes, gás natural e derivados de petróleo. Os únicos impostos de competência da união que incidirá se for o caso será o imposto de importação e exportação. Não se trata de uma isenção, mas sim de imunidade tributária.
  4. Em princípio parece pertinente. No entanto, caso o emitente necessite emitir uma contra nota dele para ele mesmo, com o objetivo de anular um lançamento, o cálculo não será feito, portanto me parece razoável o estudo de outra alternativa.
  5. Abra a versão anterior e faça o backup por ela, escrituração e contribuintes na versão nova apenas restaure pelo próprio aplicativo.
  6. Imagino que não. Entretanto, uma contribuição para a comunidade já ajudaria.
  7. Boa tarde. O que muito empresário faz é embutir no preço do produto o valor da taxa administrativa da operadora. Outros preferem colocar no acréscimo, este eu vejo como mais correto. Imagino que o certo é você deixar uma opção para seu cliente escolher.
  8. Muito estranho isso, aqui com este DANFeRetratoNovo.fr3 funcionou como esperado. Vou Fazer mais testes, apagar toda a pasta do ACBr para testar.
  9. Apaguei o .fr3 e baixei novamente, talvez tenha sido isso. DANFeRetratoNovo.fr3
  10. Bom dia @[email protected]@. As vezes os nossos legisladores deixam muito da desejar quando elaboram alguma nora. Note que a NT 2016_002_v120 p.13 item 104g, estabelece que: "cBenef: é: a ) Código de Benefício Fiscal na UF. c ) Código de Benefício Fiscal utilizado pela UF, aplicado ao item Nota Fiscal eletrônica" Isso cria uma dúvida muito grande no momento do preenchimento, ou seja, de imediato não se sabe se o benefício é do emitente ou para o estado de destino, pois a ambos podem ser conferidos tratamentos diferenciados em matéria tributária. Mas esta resposta está elencada na cláusula 23 do Convênio ICMS 52/2017, vejamos: "Cláusula vigésima terceira Os bens e mercadorias relacionados no Anexo XXVII serão considerados fabricados em escala industrial não relevante quando produzidos por contribuinte que atender, cumulativamente, as seguintes condições: (...) IV - ser credenciado pela administração tributária da unidade federada de destino dos bens e mercadorias, quando assim exigido." Portanto, nos termos do referido convênio, o código do benefício é aquele que o fabricante recebeu ao credenciar-se na unidade da federação de destino. É isso.
  11. Fiz com 4 pois 1, 2, 3 ou o quatro ficaria conforme o PDF.
  12. Pode ser que sim, conforme eu havia postado antes, a depender do layout pode mudar, e o pior, cada cooperativa tem suas particularidades.
  13. Eu não sei realmente qual é o problema do QR, imagino que a maioria das versões senão todas tem este "bug", para evitar problemas o primeiro passo que faço é setar a variável %programData\temp% ou AppData\Local\Temp do Windows para C:\TEMP. Isso já me salvou bastante, era relatório que fica em branco, cortava pela metade etc. Não sei se é o seu caso, mas sempre que tinha estes problemas eu resolvia dessa forma. Espero que seja isso.
  14. No instalador, marcou a opção, copiar todas as Dlls para?
  15. A depender do layout da cooperativa, impacta muito em especial no CNAB240.
  16. Veja bem. Até que o teu cliente não está de tudo equivocado, digamos assim. Entretanto, o Banco Central publicou em junho de 2012 a circular n. 3.598 que estabelece dentre outros requisitos para boletos, uma padronização mínima. “Art. 1º. O boleto de pagamento é o instrumento padronizado, por meio do qual são apresentadas informações sobre[...]” nos incisos do referido artigo, estão elencadas as tais “informações mínimas”. Ressalte-se que, esta mesma circular conferiu às instituições financeiras poderes para que em comum acordo instituíssem um padrão a ser utilizado, isso quer dizer que, o que estiver fora daquilo que eles ajustaram não será aceito, conforme prevê o Art. 5º da aludida circular. O @Juliomar Marchetti está corretíssimo ao alertar que o banco pode recusar os seus boletos, e o fará. Imagine a dor de cabeça do teu cliente quando o devedor pegar aquela fila no banco e o caixa recusar o recebimento? Imagino que ele deva pensar melhor sobre o assunto.
  17. A solução será informar no componente o tamanho da conta, caso o CNAB seja 400 usa fTamanhoConta=x, 240, fTamanhoConta=y. Basta modificar no componente, eu mesmo já faço isso, inclusive já coloquei estas informações aqui, basta pesquisar.
  18. Sim @hleorj está na imagem o "resultado". DANFeRetratoNovo.fr3
  19. Bom dia. Deve ser informado no Item da NF-e.
  20. Isso precisa ser configurado. Para solucionar proceda da seguinte forma: a) Pegue o Shape1 e coloque o Align = baClient Memo138 com bordas, superior, inferior e a direita c) Memo63, altere o Width de 3,94 para 3,92 Vide imagem anexa.
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.