Jump to content

2 Dia do ACBr

Visite Stands dos Patrocinadores
Control iD, CS Devices, Elgin, Gertec, Bematech, Jetway, PlugMobile, Epson, Custom e Sweda
Inscreva-se

Nova Loja Oficial
loja.projetoacbr.com.br
Ajude o projeto a crescer, com estilo

Comprar

Balança SM100 performance surpreendente

Tecnologia Japonesa   Teclado e Visor resistentes a água
Consumo inteligente de etiquetas   Baixo custo de manutenção
Comunicação Ethernet e WIFI independentes

Saiba mais

Impressora de Etiquetas ELGIN - L42 PRO

Protocolos PPLA, PPLB, ZPL, EPL (automático)
Porta USB padrão Opcionais: Ethernet, Serial, Paralela
Sensor de Etiquetas Móvel Garantia de 18 meses

Saiba mais

gss200610

ANSWERED Duplicidade com diferença na chave NFC-e

Recommended Posts

ola a todos, hoje minhas notas quando em contingencia eu gravo sempre duas chaves, a chave antes da contingencia e a chave depois pra uma futura consulta e trazer o xml atualizado.Porém gravo o xml gerado e autorizado, mais sempre o ultimo xml, no caso da contigencia gravo o xml pra consultar e atualizar os dados., ai na hora de enviar eu tenho as chaves, mais apenas o xml de contingencia gravado ou o acbr salva os dois? meu problema é pega o primeiro xml gerado e consultar pra pra atualizar. para mim trazer o xml original ja que gravei o xml contigencia, o acbr tem ele na pasta pra que eu possa carregar e consultar? ou terei que salvar ele tambem no meu bd? pq o metodo consultar(chave) ele dá um clear no notasficais.

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 minutos atrás, gss200610 disse:

ola a todos, hoje minhas notas quando em contingencia eu gravo sempre duas chaves, a chave antes da contingencia e a chave depois pra uma futura consulta e trazer o xml atualizado.Porém gravo o xml gerado e autorizado, mais sempre o ultimo xml, no caso da contigencia gravo o xml pra consultar e atualizar os dados., ai na hora de enviar eu tenho as chaves, mais apenas o xml de contingencia gravado ou o acbr salva os dois? meu problema é pega o primeiro xml gerado e consultar pra pra atualizar. para mim trazer o xml original ja que gravei o xml contigencia, o acbr tem ele na pasta pra que eu possa carregar e consultar? ou terei que salvar ele tambem no meu bd? pq o metodo consultar(chave) ele dá um clear no notasficais.

Não entendi o porque de ter duas chaves e dois arquivos.

A não ser que você faça alguma alteração nos dados da NFCe como o tipo de emissão (que não deve ser alterado justamente para não alterar a chave) e faça nova geração do XML.

Exatamente por esse problema o manual determina que na falha de transmissão de uma NFCe em modo normal deve ser gerada uma nova NFCe com nova numeração em contingência off-line. Essa NFCe em contingência deve ser apenas transmitida quando a conexão retornar, sem alteração da chave.


Equipe ACBr BigWings
Ajude o Projeto ACBr crescer - Assine o SAC

Projeto ACBr

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

na NT da contingencia nesses casos, para tratar a numeração e não perder o controle ou liberar nota inexistente ao cliente , segue o exemplo basico que o manual da contingencia orienta:

1 - enviou a nfce 100 , sefaz recebeu mas nao teve retorno(falta de internet ou sefaz);
2-  gera a nfce 101 em contingencia ref. a 100 que ficou sem confirmação;
3 - ao transmitir a 101 a sefaz autorizando a mesma, fará a consulta da chave da nfce 100 para obter o retorno da situação e tratar da seguinte forma:
 a - se estiver autorizada dentro do prazo, realiza o cancelamento;
 b - se nao estiver autorizada, inutiliza a numeração;
 c - se estiver autorizada fora do prazo, emissao da nfe de devolucao de venda;
*isso sem fazer o controle de serie exclusiva da contingencia, por isso , a numeraçao sequencial da nota continua na sequencia.

Manual_de_especificacoes_tecnicas_da_Contingencia_Off-line_versao_2.0.pdf

  • Like 1

Aurino

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Aurino disse:

na NT da contingencia nesses casos, para tratar a numeração e não perder o controle ou liberar nota inexistente ao cliente , segue o exemplo basico que o manual da contingencia orienta:

1 - enviou a nfce 100 , sefaz recebeu mas nao teve retorno(falta de internet ou sefaz);
2-  gera a nfce 101 em contingencia ref. a 100 que ficou sem confirmação;
3 - ao transmitir a 101 a sefaz autorizando a mesma, fará a consulta da chave da nfce 100 para obter o retorno da situação e tratar da seguinte forma:
 a - se estiver autorizada dentro do prazo, realiza o cancelamento;
 b - se nao estiver autorizada, inutiliza a numeração;
 c - se estiver autorizada fora do prazo, emissao da nfe de devolucao de venda;
*isso sem fazer o controle de serie exclusiva da contingencia, por isso , a numeraçao sequencial da nota continua na sequencia.

Manual_de_especificacoes_tecnicas_da_Contingencia_Off-line_versao_2.0.pdf 561 kB · 0 downloads

entao. mais imagine como esta esses dias a sefaz com problemas, e quase todas a notas caem em contigencia, nao vai dar problema pro cliente?
uma vez que o cliente tirou umas 50 notas no dia e todas deram esse erro, ele vai cancelar esse monte sem dá na cara pra sefaz é isso?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Deixa eu ver se entendir. supomos que eu esteja sem internet e emita umas 10 notas todas em contigencia, eu vou ter que gerar uma a mais pra cada, totalizando 20 notas?
pelo manula da nota tecnica fala que sempre for contigencia gerar uma numeracao a frente. entao aquele modo de enviar as notas offline mesmo ja era? agora é gerar um clone da nota mais com um numero a frente é isso mesmo?, e apos retorno inutilizar no meu caso ai 10 ou cancelar se tiverem sido autorizadas?

Share this post


Link to post
Share on other sites
54 minutos atrás, gss200610 disse:

Deixa eu ver se entendir. supomos que eu esteja sem internet e emita umas 10 notas todas em contigencia, eu vou ter que gerar uma a mais pra cada, totalizando 20 notas?

Boa tarde, se teu sistema tiver alguma forma de alterar a forma de emissão, de Normal para Contingencia offline, (manual ou automaticamente) não haveria necessidade de realizar esse "pulo da numeração"...

Por exemplo, a loja vai passar o dia inteiro sem internet por algum problema técnico, o sistema teria que ser "inteligente o suficiente" para saber que deve emitir direto em "contingência offline" ao invés de tentar primeiro emitir na forma "Normal"...  espero ter ajudado...

Att

Ricardo

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 minutos atrás, RicardoVoigt disse:

Boa tarde, se teu sistema tiver alguma forma de alterar a forma de emissão, de Normal para Contingencia offline, (manual ou automaticamente) não haveria necessidade de realizar esse "pulo da numeração"...

Por exemplo, a loja vai passar o dia inteiro sem internet por algum problema técnico, o sistema teria que ser "inteligente o suficiente" para saber que deve emitir direto em "contingência offline" ao invés de tentar primeiro emitir na forma "Normal"...  espero ter ajudado...

Att

Ricardo

eu seguir umas dicas do forum aqui de tratar com try except, e guarda a chave gerada primeira e a ultima da contingencia, o que vou fazer é carregar o xml da primeira chave e andar o acbr consultar, se nao autorizar carro o segundo xml e consulto, pq um dos dois vai esta autorizado, ou estou errado?

Share this post


Link to post
Share on other sites

O que nao consigo entender é eu carregar xml gerado e o acbr nao atualizar de volta a autorizacao de uso, e vou nos eventos de log e esta la como autorizado o uso.

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, gss200610 disse:

Deixa eu ver se entendir. supomos que eu esteja sem internet e emita umas 10 notas todas em contigencia, eu vou ter que gerar uma a mais pra cada, totalizando 20 notas?
pelo manula da nota tecnica fala que sempre for contigencia gerar uma numeracao a frente. entao aquele modo de enviar as notas offline mesmo ja era? agora é gerar um clone da nota mais com um numero a frente é isso mesmo?, e apos retorno inutilizar no meu caso ai 10 ou cancelar se tiverem sido autorizadas?

no seu exemplo, emitindo 10 notas em contigencias devido ausencia de internet, logo vc nao esta enviando as notas ,e sim apenas gerando em contingencia.
nao precisará gerar outras nota substitutiva para esse caso.
A regra do manual da contingencia é para aquele caso que vc envia a nota no modo NORMAL, a sefaz recebe esta nota e por qualquer motivo que seja, seu sistema nao obtem o retorno. Nesse momento, vc deve seguir o manual que diz: gerar uma nova nfce com numero sequencial em contingencia .. 
ao enviar esta contingencia posteriormente, fará a consulta da chave de acesso da primeira nota que nao teve retorno da sefaz, e tratar o retorno e evento posterior para o caso.

 

5 horas atrás, gss200610 disse:

entao. mais imagine como esta esses dias a sefaz com problemas, e quase todas a notas caem em contigencia, nao vai dar problema pro cliente?
uma vez que o cliente tirou umas 50 notas no dia e todas deram esse erro, ele vai cancelar esse monte sem dá na cara pra sefaz é isso?

1 - Quase todas notas caem em contigencia: Qual motivo para emissão? falha de internet ou retorno da sefaz? 
Se for este o problema, a primeira nfce que apresentou esse problema será gerada uma nfce seguinte com os mesmos dados desta nota, guardando a nota anterior para posterior consulta e tratamento de consulta para cancelar, inutilizar ou emissao de nfe de devolucao de venda.
A partir desta nota que obter essa falha e gerando assim a contingencia, no fim da impressão, já providencia a alteração automatica do modo de envio para contingencia manual. 
E assim, as proximas notas , serão emitidas em contingencias offline , podendo reativar o modo normal a seu critério, entre tempo no time, ou manualmente pelo usuário;

Mas se esta gerando contingencias por diversas falhas, precisa verificar que falhas e resolver cada falha e transmitir essas contingencias, visto que o cliente final, tem posse deste documento em contigencia para posterior consulta.


Aurino

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, RicardoVoigt disse:

Boa tarde, se teu sistema tiver alguma forma de alterar a forma de emissão, de Normal para Contingencia offline, (manual ou automaticamente) não haveria necessidade de realizar esse "pulo da numeração"...

Por exemplo, a loja vai passar o dia inteiro sem internet por algum problema técnico, o sistema teria que ser "inteligente o suficiente" para saber que deve emitir direto em "contingência offline" ao invés de tentar primeiro emitir na forma "Normal"...  espero ter ajudado...

Att

Ricardo

Exato..
A partir o primeiro erro de falta de retorno da sefaz por exemplo ou falha de conexão de internet, já procede para alteração automatica para emissão em contingencia, e assim emitindo normalmente em sequencial das numerações e em contingencia offline.

O manual trata apenas para caso de envio e sem retorno do status da nota, fazendo assim a necessidade de liberar a venda do cliente com uma numeração seguinte para evitar que gere a mesma numeração desta que deu falha de retorno e ao transmitir a sefaz esta mesma nota, obter o retorno de duplicidade de chave de acesso com diferenca ...
assim tendo a nota normal recebida na sefaz, porem o cliente possui uma nota em contingencia que nunca será autorizada na sefaz visto que o tipo de emissão é diferente daquele registrado e recebido na sefaz.

Precisa tratar automaticamente a emissão da contingencia, seja manual ou por usuário a partir do primeiro caso de falha de retorno da sefaz ou falta de internet.

  • Like 2

Aurino

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
23 horas atrás, RicardoVoigt disse:

Boa tarde, se teu sistema tiver alguma forma de alterar a forma de emissão, de Normal para Contingencia offline, (manual ou automaticamente) não haveria necessidade de realizar esse "pulo da numeração"...

Por exemplo, a loja vai passar o dia inteiro sem internet por algum problema técnico, o sistema teria que ser "inteligente o suficiente" para saber que deve emitir direto em "contingência offline" ao invés de tentar primeiro emitir na forma "Normal"...  espero ter ajudado...

Att

Ricardo

Oi Ricardo! veja se estou certo, meu sistema detecta que não tem internet e emite a nfce em contingência (<tpEmis>9</tpEmis>), quando normalizar o usuario acessa a tela e re-envia essas nfce onde ela será autorizada. Observei que o <tpEmis>9</tpEmis> e <dhCont>2019-04-05T14:45:22-03:00</dhCont> <xJust>Problema de conexao com a internet no estabelecimento!</xJust> não mudam e a chave permanece a mesma, sendo a nfce autorizada conforme o xml em anexo.

Isso mesmo?

41190404954377000130650020000000011789237479-nfe.xml

Edited by GDS

Share this post


Link to post
Share on other sites
17 horas atrás, GDS disse:

Oi Ricardo! veja se estou certo, meu sistema detecta que não tem internet e emite a nfce em contingência (<tpEmis>9</tpEmis>), quando normalizar o usuario acessa a tela e re-envia essas nfce onde ela será autorizada. Observei que o <tpEmis>9</tpEmis> e <dhCont>2019-04-05T14:45:22-03:00</dhCont> <xJust>Problema de conexao com a internet no estabelecimento!</xJust> não mudam e a chave permanece a mesma, sendo a nfce autorizada conforme o xml em anexo.

Isso mesmo?

41190404954377000130650020000000011789237479-nfe.xml 6 kB · 0 downloads

o problema todo é quando acontece timeout, a nfce vai pra sefaz, vc muda o tpemi=9 pq nao ha como saber no momento da venda se a nfce foi mesmo ou nao, ai quando volta a internet voce tem que consultar os 2 xml gerados, pq o primeiro vc estava emitindo online e a net caiu ou sefaz no momento do retorno, nesse caso acho eu a melhor solucao criar a segunda nfce pra cancelar ou inutilizar a primeira.

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×
×
  • Create New...