Jump to content

Promoção de Natal SAC Mensal

Contrate e ganhe 1 Kit agenda + Caneta
Saiba mais

LANÇAMENTO
Curso Completo - Dominando o ACBrMonitor

Conheça o Curso

Balança SM100 performance surpreendente

Tecnologia Japonesa   Teclado e Visor resistentes a água
Consumo inteligente de etiquetas   Baixo custo de manutenção
Comunicação Ethernet e WIFI independentes

Saiba mais

Impressora de Etiquetas ELGIN - L42 PRO

Protocolos PPLA, PPLB, ZPL, EPL (automático)
Porta USB padrão Opcionais: Ethernet, Serial, Paralela
Sensor de Etiquetas Móvel Garantia de 18 meses

Saiba mais

Recommended Posts

Boa noite! 

Sou assinante do serviço da NEWSYSTEMS há alguns anos. Estou em vias de mudar para ACBR, mas tenho algumas dúvidas pontuais:

a) Atualmente meus clientes gravam seu arquivo .TXT em uma pasta chamada remessas no servidor (onde fica o emissor). Cada um grava um arquivo .txt com nome diferente, exemplo: NFCE65_001_16062019.TXT, indicando que a nota é numero 1, emitida dia 16/06 a segunda estacao cria um arquivo NFCE65_002_16062019.TXT e assim por diante. 

Com o ACBR posso manter essa regra ou TODOS terão um arquivo local chamado ENT.TXT para gerar o arquivo?

 

b) A Contingencia é automatica, ele trata e caso não transmita o emissor imprime 2 vias na impressora e assim que o sistema retorna ele autoriza. Como o ACBR trata isso? É automático?

c) É gerado um arquivo de retorno para cada nota ou dá pra consultar o status de alguma forma diferente? Tem algum recurso específico para este fim?

d) Devo gerar .txt ou usar o componente NFE para fazer tudo?

Obrigado.

 

Segue anexo um exemplo de txt gerado. 

 

NFCE65_5053_150620191254.TXT

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia.

Tudo bem..amigo.. Vou falar da minha experiencia.

Quando eu gero ent.txt, ja coloco o nome que me interessa, tipo : ent_nota e assim. .ela me retorna sai_nota.. 

esse ent_nota.txt é eliminado quando retornar sai_nota.txt , no meu caso como queria ficar com a copia, ja jogo em outro 

diretorio somente de txt gerados.

Eu como sou de outra Linguaguem - Windev - eu uso o AcbrMonitorPlus. e acho muito bom, pois ele ja esta totalmente pronto e com executavel.

Depois que ele transmite , ele vai jogando os xml nas pastas e meses devidos.

Quanto a usar exe ou componente, depende muito do tempo que tem para desenvolver.. ver qual melhor voce se adpate.

 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mauro,

a) Ative a opção "Monitorar Pasta": https://acbr.sourceforge.io/ACBrMonitor/Monitor.html

b) não.. você que teria que fazer a contingência...

c) Cada comando enviado, recebe um retorno...

d) Não compreendi..

 

  • Like 1

Consultor SAC ACBr

Daniel Simões de Almeida
Ajude o Projeto ACBr crescer - Assine o SAC

Projeto ACBr     Telefone:(15) 2105-0750 WhatsApp(15)99790-2976.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia,

Acho que esse vídeo pode ajudar a sanar algumas dúvidas:

 

  • Like 3

Consultor SAC ACBr

José Junior
Ajude o Projeto ACBr crescer - Assine o SAC

Projeto ACBr     Telefone:(15) 2105-0750 WhatsApp(15)99790-2976.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 16/06/2019 at 10:18, Amarildo de Matos disse:

Bom dia.

Tudo bem..amigo.. Vou falar da minha experiencia.

Quando eu gero ent.txt, ja coloco o nome que me interessa, tipo : ent_nota e assim. .ela me retorna sai_nota.. 

esse ent_nota.txt é eliminado quando retornar sai_nota.txt , no meu caso como queria ficar com a copia, ja jogo em outro 

diretorio somente de txt gerados.

Eu como sou de outra Linguaguem - Windev - eu uso o AcbrMonitorPlus. e acho muito bom, pois ele ja esta totalmente pronto e com executavel.

Depois que ele transmite , ele vai jogando os xml nas pastas e meses devidos.

Quanto a usar exe ou componente, depende muito do tempo que tem para desenvolver.. ver qual melhor voce se adpate.

 

Obrigado amigo. No caso, a pasta dentro do ACBR onde devo jogar o arquivo remessa pode ser a que eu definir? Não precisa ser a pasta raiz certo? Consigo definir a pasta de retorno também? Vlw pelas colocações.

 

1 hora atrás, Daniel Simoes disse:

Mauro,

a) Ative a opção "Monitorar Pasta": https://acbr.sourceforge.io/ACBrMonitor/Monitor.html

b) não.. você que teria que fazer a contingência...

c) Cada comando enviado, recebe um retorno...

d) Não compreendi..

 

b)... como você faz? Espera um retorno ? Como você faz pra startar a contingência? Automatiza, ou fica por conta do cliente a transmissão em contingência (através de alguma função interna no sistema)?

c) ... posso enviar comando de status e jogar o resultado na tela pro cliente? Hj eu procuro por uma linha 'RP' dentro do arquivo de retorno, leio essa linha e jogo na tabela o numero do protocolo. Com ACBR é mais fácil?

d) ... queria saber nesse caso se preciso jogar o componente NFE do ACBR para gerar o txt. Se esse componente já pode transmitir sem necessidade de gerar txt ou qual a forma mais rápida de trabalhar com ele. 

Muitíssimo obrigado.

1 hora atrás, José M. S. Junior disse:

Bom dia,

Acho que esse vídeo pode ajudar a sanar algumas dúvidas:

 

Obrigado amigo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa tarde!
 

58 minutos atrás, Mauro Premiere disse:

b)... como você faz? Espera um retorno ? Como você faz pra startar a contingência? Automatiza, ou fica por conta do cliente a transmissão em contingência (através de alguma função interna no sistema)?

R: Você pode criar no seu sistema um recurso que ao receber o retorno do status 109 - Serviço paralisado sem previsão ou 108 - Serviço paralisado momentaneamente (curto prazo) ou ainda sem comunicação e nestes casos aplicar a ativação do modo contingência. 

 

58 minutos atrás, Mauro Premiere disse:

c) ... posso enviar comando de status e jogar o resultado na tela pro cliente? Hj eu procuro por uma linha 'RP' dentro do arquivo de retorno, leio essa linha e jogo na tabela o numero do protocolo. Com ACBR é mais fácil?

R: Pode enviar o comando status e ao receber a resposta no arquivo de retorno, exibir as linhas que interessam para o operador.  Estude o arquivo e você verá como é composto o retorno.  Porém vale ressaltar o cuidado com o status, não fique enviando comando de status antes de cada emissão de NF que você pode se enquadrar no "Consumo indevido", pois ao enviar um comando para emissão de um documento, deve ser analisado o retorno deste comando. 

 

58 minutos atrás, Mauro Premiere disse:

d) ... queria saber nesse caso se preciso jogar o componente NFE do ACBR para gerar o txt. Se esse componente já pode transmitir sem necessidade de gerar txt ou qual a forma mais rápida de trabalhar com ele. 

Para mim continua confuso o que você está tentando expor. 
- O arquivo TXT é deve ser criado pela sua aplicação, o ACBrMonitorPLUS apenas lê o arquivo e gera o XML e prossegue com os comandos de envio ou criarenviar que após gerar o XML já envia. 
- Pode ainda você gerar o XML e apenas validar e transmitir pelo ACBrMonitorPLUS.
- Quando você diz  "componente" para nós significa usar os módulos do ACBr incorporado em seu sistema se você programa na linguagem Delphi e não usar o aplicativo ACBrMonitorPLUS que permite então que seja utilizado em qualquer linguagem.  Lembrando ainda que está em desenvolvimento uma DLL que também poderá ser aplicada em outras linguagens sem haver a necessidade do programa ACBrMonitorPLUS.

 

  • Like 3


logoacbr.pngConheça o Portal do Projeto ACBr

Ajude o Projeto ACBr crescer - Assine o SAC ACBr
Assine um dos planos de longa duração do SAC ACBr, obtenha Descontos Especiais, Parcele no Cartão e ainda ganhe Brindes Exclusivos. Saiba mais aqui

Conheça o ACBrLib, o ACBr de forma nativa para qualquer linguagem de programação. Saiba mais aqui

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×
×
  • Create New...