Jump to content

dev botao

rejeição 562 (Código Numérico informado na Chave de Acesso difere do Código Numérico da NF-e)


Go to solution Solved by BigWings,
  • Este tópico foi criado há 1808 dias atrás.
  • Talvez seja melhor você criar um NOVO TÓPICO do que postar uma resposta aqui.

Recommended Posts

Boa tarde.

Meu sistema usa o ACBrMonitorPlus versão 1.2.0.11 para emitir NFe. 
Lendo o retorno da Sefaz eu registro a chave de cada NFe emitida. 
Se ocorrer rejeição, e geração de uma nova chave, o sistema já conta com um recurso que armazena a chave original para evitar "duplicidade de NFe com diferença na chave de acesso."

Recentemente ocorreu a rejeição 562 (Código Numérico informado na Chave de Acesso difere do Código Numérico da NF-e). 

A chave da nota é 23190716640747000144550010000019461000019466. Porém vejam que os códigos numéricos NÃO diferem, ou seja, a rejeição não procede.
Já tentei reenviar mas a mesma rejeição acontece. 

Consultando a nota vi que ela não existe na Sefaz mas se eu tento inutilizá-la vem a mensagem dizendo que a faixa de numeração já foi utilizada.

Colegas meus estão dizendo que, agora, o cNF tem que ser diferente do nNF mas a mensagem da rejeição sugere que tem que ser igual. Além disso é monitor que cria a chave e eu não posso impedir que ele obedeça a uma norma técnica mais recente.

E agora, o que é que faço?

PS.: o xml está anexo.

23190716640747000144550010000019461000019466-nfe.xml

Link to comment
Share on other sites

  • Moderadores
  • Solution
7 minutos atrás, ricardobarros disse:

A chave da nota é 23190716640747000144550010000019461000019466. Porém vejam que os códigos numéricos NÃO diferem, ou seja, a rejeição não procede.
Já tentei reenviar mas a mesma rejeição acontece. 

Significa que já existe nota com essa numeração transmitida para a SEFAZ mas com o código numérico diferente do que você está tentando consultar.

image.png

Veja que a verificação é com o código numérico já armazenado em banco de dados da SEFAZ.

Como diz a observação da regra, se está usando o certificado digital do próprio emitente da nota você deve receber na mensagem de retorno a chave correta da NFe com essa numeração. De posse dessa chave você pode baixar o XML e comparar com o XML atual para ver se a diferença é apenas no código numérico, ou é outra NFe completamente diferente.

  • Like 3
  • Thanks 1
Equipe ACBr BigWings
Ajude o Projeto ACBr crescer - Assine o SAC

Projeto ACBr

 

 

Link to comment
Share on other sites

  • Consultores

Boa tarde Ricardo,

Além de você salvar a chave no banco de dados, a minha sugestão é que você salve junta mente com os demais dados da nota o valor do código, ou seja, o valor de cNF.

A sua nota futuramente será rejeitada pois o valor de cNF é igual a nNF.

A SEFAZ recomenda que o valor de cNF seja um numero aleatório.

Faça com que a sua aplicação gere o valor de nNF de forma sequencial e de cNF de forma aleatória, salve os dois e quando for gerar o arquivo TXT atribua esses valores aos respectivos campos.

Outra coisa, você não pode inutilizar uma nota, e sim um numero de uma nota que nem sequer foi emitida por motivo de falhas no sistema que fez com que a numeração sequencial tenha ficado com falhas.

Você esta interpretando a mensagem de rejeição de forma errada.

A chave da nota o último digito da mesma se refere ao digito verificador, os 8 dígitos que antecedem o DV é o valor do código da nota.

Esses 8 dígitos devem ser iguais ao informado em cNF.

Em nenhum momento na mensagem faz referencia ao numero da nota.

  • Like 2
Consultor SAC ACBr

Italo Giurizzato Junior
Ajude o Projeto ACBr crescer - Assine o SAC

Projeto ACBr

Analista de Sistemas / e-mail: [email protected] / Fone: (16) 9-9701-5030 / Araraquara-SP

Araraquara - A era dos Trólebus

Link to comment
Share on other sites

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.