Jump to content
Notícias do ACBr

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

consultoria_sticker.png

Conteúdo para desenvolvedores
 ao vivo de terça a quinta!
Saiba mais

dev.png

logo_acbr_paygo.png

TEF ACBr PayGo
Seja um revendedor e ofereça uma solução completa para seu cliente.


Saiba mais

beneficios.png

Carlos Bazetti

Membros
  • Content Count

    14
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

2 Neutral

About Carlos Bazetti

  • Rank
    Novato
  • Birthday November 25

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • Location
    Santos

Recent Profile Visitors

683 profile views
  1. @Daniel Simoes, obrigado pela resposta. Seria o "MDFe" ou é "DFe" mesmo? Não consegui localizar este segundo....
  2. Bom dia. Estou querendo testar o projeto integrador do CIOT com o eFretes. Poderiam me auxiliar em localizar esse projeto para baixa-lo? Não consegui identificar nas pesquisas e não sei se o mesmo faz parte de alguns dos outros projetos. Desde já agradeço.
  3. Acho que teria que emitir uma nota de saída, totalizando as quantidades vendidas e fazendo referência às notas de talão de venda. Depois uma segunda nota de retorno do saldo que voltou no veículo.
  4. Rondinele, Bom dia. Desculpe a demora na resposta mas estava em viagem ... No nosso caso, somos uma transportadora de carga fracionada. Recebemos várias notas de vários clientes, com os destinos mais diversos em todo o Brasil. Por exemplo, temos um HUB em Porto Alegre que recebe a mercadoria de todo o interior do estado do RS. Essas mercadorias podem ser destinadas a vários estados. Carregamos uma carreta no RS e ela vem para São Paulo (no outro HUB) ... esse processo de trazer de RS para SP é uma transferência (entre nossos HUB´s). Estando em São Paulo essas mercadorias são
  5. Realmente estão exigindo algumas coisas que não fazem sentido!
  6. Correto, Italo. Entendo que realmente haverá validação nessa situação (Confesso que nunca tive esse problema, portanto não testei). Mas, o que estou tentando evitar é a emissão do MDFe na distribuição (dentro do mesmo estado, mas em municípios diferentes). Chegamos a gerar mais de 10.000 CTE´s por dia .... imagine se na distribuição isso resultas em 50% de entregas ... serão mais de 5.000 MDFe por dia! .... hj estou gerando somente nas transferências! Pelo que entendo do texto da lei que colei mais acima, sou obrigado a emitir! .... Você vê da mesma forma ou acha que haveria uma
  7. Volmir, não vejo necessidade de salvar o tal XML, tanto que nem tentei faze-lo. O CTe (seu exemplo) tem um único destinatário, portanto, há um interessado em ser informado do respectivo cancelamento. Já o MDFe não possui um único destinatário, e não é de interesse de ninguem essa informação (salvo o fisco). No seu lugar, eu não me preocuparia com esse XML.
  8. Italo, concordo plenamente com sua colocação. A fiscalização é quase que impossível (e inviável para o estado, pois o MDFe não é um documento que gera receita como o CTe, então, o interesse do estado em fiscalizar é Zero). Quanto ao seu exemplo de carregamento/descarregamento em cidades do mesmo estado, eu não conseguiria emitir os 4 MDFe´s sugeridos (violaria a regra de mesmo motorista/veículo para o par de estado). Fiz a mesma colocação (de mudança da carga a cada entrega) e meu depto fiscal me respondeu: "Você terá os comprovantes de entrega de cada CTe, portanto terá como comprovar ao fis
  9. Olá Italo. Obrigado pela resposta! Tenho o mesmo pensamento que você, porem, meu departamento fiscal informou que estou errado, e me apresentou o seguinte embasamento legal: AJUSTE SINIEF 21, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2010 · Publicado no DOU de 16.12.10, pelo Despacho 516/10. · Alterado pelos Ajustes SINIEF 02/11, 03/11, 15/12, 23/12, 05/13, 10/13, 12/13. · As referências ao MDF-e - Contribuinte consideram-se feitas ao Manual de Orientação do Contribuinte - MDF-e, conforme Ajuste SINIEF ICMS 15/12. Institui o Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais MDF-e. O Conselho Nacional de
  10. Senhores, talvez o tema já tenha sido discutido, mas gostaria de ter conhecimento do assunto. A pergunta é simples e objetiva: Devo emitir MDFe para conhecimentos cuja origem e destino sejam municípios diferentes dentro de um mesmo estado?
  11. Achei uma documentação que me explicou bem detalhadamente esta informações que vocês passaram, e que está correta. No caso de uma viagem de transferênca (quando estou enviando de uma filial para outra), devo agrupar pela cidade da filial de destino. Já no caso da distribuição (quando vamos efetuar a entrega ao destinatário), temos que detalhar os municipios de entrega (que, neste caso, acredito que nunca passará de 100 municípios). Obrigado pelas dicas, que me fizeram chegar a uma solução definitiva para o caso! Sds, Carlos Bazetti
  12. Olá. Obrigado pela resposta! Tenho conhecimento do manual. Tanto que me referi ao erro sabendo o porque ocorre ... Estou em busca de uma alternativa para essa situação. Quem sabe alguem consiga me dar um norte! Quanto à sua pergunta, nós trabalhamos com Distribuição de Cargas fracionadas. Não é que nosso veículo faça mais de 100 entregas, mas ele transporta mais de 100 conhecimentos com destinos diferentes. Tenho casos de mais de 200 municipios em uma mesma viagem, todos destinados a um mesmo estado! Por exemplo, meu Centro de Distribuição de Recife recebe encomendas para entrega de tod
  13. Abusando do conhecimento dos amigos: Trabalhamos com transporte de carga fracionada e em algumas situações, temos muitos municipios de entrega em um mesmo estado. Tenho recebido mensagem de erro de validação do pedido de emissão quando um mesmo MDFe possui mais de 100 municipios de entrega! Como devo proceder neste caso? Pensei em omitir os demais municipios, o que implicaria em omitir os CTe´s destes municipios ..... e também pensei em processar até o centésimo municipio e descarregar todos os CTe´s faltantes no último, mesmo que não seja o municipio de entrega correto! Me
×
×
  • Create New...