Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Painel de líderes


Conteúdo popular

Showing content with the highest reputation since 21-05-2018 em todas as áreas

  1. 7 pontos
    É com prazer que anunciamos que o Dia do ACBr já tem data para acontecer. Em virtude das eleições que deverão ocorrer em outubro, sendo o primeiro turno no dia 07/10 e o segundo no dia 28/10, foi decidido que nosso encontro passará a ocorrer no dia 10/11/2018, desta forma todos poderão realizar seu voto e participar de nosso evento. O Dia do ACBr será realizado nas dependências do Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS) situado na cidade de Sorocaba-SP, o qual conta com um amplo e moderno espaço. Vocês não podem perder, reserve esta data na sua agenda. O Evento Contaremos com palestras e workshops com diversos assuntos relacionados aos componentes ACBr, Object Pascal(Delphi/Lazarus), além do ACBrMonitorPlus e nossa novidade, a ACBrLib, entre outros temas relacionados ao nosso universo. Abaixo estão relacionados os palestrantes já confirmados: Daniel S. de Almeida (Fundador do Projeto ACBr) Italo Jurisato Jr (Responsável pelos componentes ACBrNFSe, ACBrBPe, ACBrCTe e ACBrMDFe) Rafael Teno Dias (Responsável pelo ACBrFramework e ACBr libs) José M. S. Junior (Responsável pelo ACBrBoleto e atual mantenedor do ACBrMonitorPlus) Juliomar Marchetti (MVP Embarcadero) Régys Borges da Silveira (MVP Embarcadero) Marcos Douglas B. Santos, responsável pelo blog Object Pascal Programming. Um momento que deverá ser bastante interessante é o Pergunte ao Desenvolvedor, no qual os participantes terão a oportunidade de realizar perguntas diretamente a vários moderadores do projeto ACBr. Além da oportunidade de um dia focado no universo ACBr, será uma grande oportunidade para conhecer os principais mantenedores do projeto, além de ampliar ainda mais seu Networking e conhecer casos de sucesso com o projeto ACBr. Sugestões de Palestras e Palestrantes Os usuários do fórum podem se candidatar para realizar palestras ou sugerir temas que gostariam que fossem abordados durante o evento, assim como indicação de palestrantes. Para se candidatar a palestras você deverá: Enviar resumo do assunto da palestra Descrever a relevância do tema proposto para a comunidade Opcionalmente enviar vídeo e outros materiais sobre o tema proposto Breve Currículo pessoal Para sugerir um tema/palestrante você deverá: Descrever a relevância do tema para a comunidade. Indicar o palestrante que gostaria que realizasse a palestra* (opcional). *Nota: As sugestões de palestrantes não garantem que os mesmos estarão palestrando no evento, somente sinaliza a equipe de organização o interesse da comunidade em ouvir o mesmo. Fique atento, em breve lançaremos nossa página para inscrições e noticias do Dia do ACBr.
  2. 5 pontos
    Olá pessoal, Implementamos um novo recurso, na impressão do DANFCe usando Esc/Pos. Trata-se da Impressão do Cupom com o QRCode e LogoTipo lateral, gerando uma imensa economia de papel, em um layout bastante agradável... Veja a imagem abaixo: Tal recurso, já existia para quem fazia a impressão do DANFCe em Fortes Report... porém é novidade para a impressão em Esc/Pos. Em quais impressoras posso usar esse recurso ? Esse novo recurso é compatível apenas com as Impressoras que são 100% compatíveis com Epson Esc/Pos, e que permitem a impressão de até 48 caracteres, por linha, em fonte Normal. Exemplos de impressoras já testadas: Epson TM-T20 Elgin I9/I7 Qual a vantagem de usar Esc/Pos ? Há inúmeras vantagens em usar Esc/Pos para impressão do DANFCe em relação a impressão usando Geradores de Relatório, como por exemplo o Fortes Report, como por exemplo: Velocidade: pois muito menos dados são transmitidos a impressora (apenas comandos em Esc/Pos) Uso de características nativa da impressora: É a própria impressora que gera o QRCode e demais formatações de caractere, liberando a CPU dessas tarefas, Pode funcionar em aplicações Console (Serviços, Servidores, etc): Não precisamos de um complexo gerador de Relatórios para formatação das fontes e do QRCode, é a própria impressora que executa essas tarefas. Zero configuração: Com Esc/Pos você não precisa instalar o Driver de Spool da Impressora no Windows... basta configurar a porta de impressão no componente e pronto... Acesso a Guilhotina e Gaveta: Com simples tags, você consegue acionar esses dispositivos ligados a impressora Leitura de Status da Impressora: A gaveta está aberta ? Acabou o papel ? com a impressão em Esc/Pos você consegue essas informações Como a mágica funciona ? Para que a impressão com o QRCode lateral usando Esc/Pos seja possível, nós implementamos novos recurso e Tags ao componente ACBrPosPrinter, para permitir o uso da impressão em Modo Página da Epson Esc/Pos O Modo página, permite criar um buffer de impressão na memória, que só é enviado para a Impressora, após o mesmo ser finalizado... Ou seja, usando as tags do ACBrPosPrinter, efetuamos as seguintes tarefas: Ativamos o modo página Definimos uma região de impressão a esquerda, Enviamos o comando de QRCode nessa região Definimos uma região de impressão a direita Enviamos o texto Lateral nessa região Finalizamos o modo página As novas Tags do ACBrPosPrinter são as seguintes: <mp> - Liga Modo de Impressão em Página (em memória) </mp> - Desliga Modo de Impressão Página (em memória) </mp_imprimir> - Comanda a Impressão da Página na memória <mp_direcao> - Bloco - Direção Texto no Modo Página: 0-Esquerda/Direta, 1-Topo/Baixo, 2-Direita/Esquerda, 3-Baixo/Topo <mp_esquerda> - Bloco - Posição Inicial Horizontal Modo Página (Esquerda) <mp_topo> - Bloco - Posição Inicial Vertical Modo Página (Topo) <mp_largura> - Bloco - Largura da Região no Modo Página <mp_altura> - Bloco - Altura da Região no Modo Página <mp_espaco> - Bloco - Espaço entre Linhas na Região no Modo Página </mp_configurar> - Envia a configuração de Coordenadas da Região e direção do Modo Página Você pode verificar o uso dessas Tags no fonte ACBrNFeDANFeESCPOS.pas Veja na imagem abaixo, o resultado do teste efetuado no Demo, PosPrinterTeste. Observe como é interessante e curioso, o uso do Modo Página
  3. 5 pontos
    Bom dia a todos, Primeiramente, peço desculpas se fui grosso. Com relação a função LoadFromString é preciso ser checada, pois realmente ela esta estranha, não só por conta das variáveis N e P, existe mais uma coisa que esta errada nela. Que só será notado caso tentarmos ler um XML que contem dois ou mais eventos Reinf. O código aberto nos da essa chance de mais pessoas poderem estudar e apontar erros e sugerir soluções. A finalidade de TEventos.LoadFromString é extrair de uma String o conteúdo do grupo <Reinf>, esse conteúdo é passado para a função: TReinfEventos.LoadFromString que por sua vez procura detectar o tipo de evento se trata. Detectado o evento, o conteúdo é ADD a lista do tipo de evento em questão. O conteúdo que estou me referindo é o XML de um evento Reinf que tem que estar assinado, pois na lista que mencionei acima só ficam os eventos assinados, portanto prontos para serem enviados. No fórum existem pessoas dispostas a colaborar financeiramente assinando o SAC, outras testando o componente, detectando falhas e disponibilizando as devidas correções. Sei muito bem que existem pessoas que tem mais dificuldades e outras menos em compreender o código, isso é normal. O que nós do ACBr, em particular eu quero, é que todos cresçam, evoluem no conhecimento, pois eu também estou aqui para aprender.
  4. 4 pontos
    Aviso Importante para quem utiliza ACBrMonitorPlus para geração de NFe (A partir da Versão 1.2.0.4) Alterado o modo de informar o CST (Arquivo .INI ou .TXT) para os casos de: Grupo de Partilha do ICMS entre a UF de origem e UF de destino ou a UF definida na legislação, CST 10 e 90, informar "10part" e "90part" respectivamente. ex preenchimento: [ICMS001] CST=90part Grupo de Repasse de ICMS ST retido anteriormente em operações interestaduais com repasses através do Substituto Tributário, CST 41 e 60, informar "41rep" e "60rep" respectivamente. [ICMS001] CST=60rep obs: Nas versões anteriores era possível passar apenas o código CST e o componente validava as regras nos casos de geração de Partilha do ICMS ou de Repasse de ICMS ST, devido as mudanças das últimas NTs isso não é mais possível, sendo necessário informar o respectivo CST a ser utilizado conforme exemplo acima.
  5. 4 pontos
    Atenção, mudamos a data do dia 06/10/2018 para 10/11/2018, devido ao primeiro turno das eleições, que ocorrerá no dia 07/10/2018 porque uma data tão distante da data original ? Dia 13/10 é próximo de feriado (12/10/2018 - Nossa Senhora Aparecida) Dia 20/10 é próximo da conferência da Embarcadero (dias 23 e 24) Dia 27/10 é próximo do Segundo Turno das Eleições Dia 03/11 é próximo de feriado (02/11/2018 - Dia de Finados)
  6. 4 pontos
    Faz isso não... os componentes são ótimos e quem precisar pode muito bem alterar seus fontes locais para atender alguma necessidade específica. Basta estudar os fontes. Conheço o projeto há um bom tempo, mas sem ir a fundo. Implementei geração boletos há uns anos e agora estou trabalhando com o EFD Reinf. Não tinha fuçado tanto nos fontes como estou fazendo agora... o que posso dizer é que natural que ao iniciar o trabalho com qualquer componente novo existam entraves e dúvidas, mas é preciso explorar, testar, fuçar. E a possibilidade que o ACBr dá nesse sentido é sensacional. Posso garantir que a comunidade e os recursos do framework agilizaram muito meu trabalho por aqui.
  7. 2 pontos

    Resumo feito por @RobertoRP RESUMO NT 2016.002 VERSÃO 1.60 Novo prazo para Desativação da versão anterior da NF-e 3.10 => 02/08/2018 página 12 da NT Alterações no layout da versão 1.60 => página 12 o prazo para implantação das alterações trazidas pela versão 1.60 desta NT é: ambiente de Homologação (ambiente de teste das empresas): 02/07/2018 ambiente de Produção: 09/07/2018 Em relação a NFC-e => página 13 A DESATIVAÇÃO DA NFC-e continua em 01/10/2018 O que muda são os prazos para qrCode 2.00 a partir de 02/07/2018 e aceita NFC-e na versão 4.00 com leiaute do QR-CODE na versão 1.00 e versão 2.00 a partir de 09/07/2018 e aceita NFC-e na versão 4.00 com o leiaute do QR-CODE na versão 1.00 e versão 2.00 desativação da versão 1.00 do QR-CODE em produção => 01/10/2018 Vamos a algumas dicas somente será aceito o TSL 1.2 na versão 4.00 algumas versões do Windows não tem TSL 1.2 por mais que apareça a opção lá ele não tem!! Por incrível que pareça é serio. E recomendável que atualize o Windows. comigo aconteceu somente com Windows 7. ALTERAÇÕES DE LAYOUT DA VERSÃO 1.51 PARA A VERSÃO 1.60 dentro da tag prod temos cBenef foi alterado o tamanho aceitado de 10 para 8,10 ou seja.. e aceito os tamanhos 8 ou 10. Criado novo grupo opcional dentro do CST 60 e CST 500 com campos relativos a dados para cálculo da restituição ou complemento da ST. pRedBCEfet vBCEfet pICMSEfet vICMSEfet Incluída na coluna de observação do campo Número de parcela (tag:nDup, id:Y08), orientação quanto ao correto preenchimento do campo. Incluída na coluna de observação do campo Data de vencimento (tag: dVenc, id:Y09), orientação quanto ao correto preenchimento do campo. algumas observações enquanto a validações da Sefaz indFinal = 1: Consumidor final (sefaz so me fode) algumas pessoas se depararam com essas validações, teve mudanças viu! observem bem essa rejeição para não errar Vamos ver se eles excluem o campo de verdade agora ne? Lembre-se não se aplica a nota fiscal de DEVOLUÇÃO e nota fiscal de AJUSTE colocar como meio de pagamento 90 (SEM PAGAMENTO) fiquem esperto com o if ou switch case ou sei la oque vocês usam ein
  8. 2 pontos
    O problema foi resolvido na versão 1.2.0.4 do ACBrMonitorPlus. Agora é possível gerar o grupo de repasse com valores zerados.
  9. 2 pontos
    Atualizei o ACBrMonitorPlus e consegui emitir a NF-e. Obrigada
  10. 2 pontos
    Eu recomendo a você fazer um cadastro de estados com as alíquotas e os respectivos CFOPs, e, no cadastro do produto você deve informar esta configuração, por exemplo: Produto X Alíquota de 17% interna e 12% externa para o produdo x Quando a saída for para outra unidade da federação, pega a configuração externa e o inverso para interna. Alíquota de 25% interna e 12% externa para o produto y Quando for saída interna, pega a configuração para aplicação interna e inverso para externa. E assim, sucessivamente. Esta configuração é importante que você já tem também a facilidade de calcular o DIFAL.
  11. 2 pontos
    Acabei de receber a minha impressora elgin. Agradeço a Elgin e ao ACBr pelo empenho. Agora é partir para os testes.
  12. 2 pontos
    Falta de atenção minha... O tipo 90 para a tag motDesICMS só pode ser usado junto aos CST 40, 41 e 50. Para o CST 20 você deve informar motivo 3, 9 ou 12. Consulte a NT 2016.002 v. 1.51 para saber os tipos aceitos por cada CST.
  13. 2 pontos
    Sim. Segundo a NT 2016.002 na pagina 51 indica que nos modelos de notas 55/65 (NF-e/NFC-e) serão aplicadas as validações.
  14. 2 pontos
    Salve o arquivo ACBrNFeServicos.ini atualizado na pasta do ACBrMonitorPLUS, reinicie e tente novamente.
  15. 2 pontos
    Resposta do Fale Conosco do SEFAZ-SP Prezado contribuinte, Nossa equipe técnica já foi acionada e está revisando a validação relacionada à rejeição 875, para verificar e corrigir uma possível falha. Caso seja identificado algum problema, a correção será publicada assim que implementada. Agradecemos seu contato no "Fale Conosco" da Secretaria da Fazenda.
  16. 2 pontos
    Oi Juliomar, pronto, esvaziei a mente e me deparo com um código assim: Abaixo o do arquivo ACBrReinf.pas function TEventos.LoadFromString(AXMLString: String): Boolean; var AXML: AnsiString; P, N: integer; function PosReinf: integer; begin Result := pos('</Reinf>', AXMLString); end; begin Result := False; N := PosReinf; while N > 0 do begin P := pos('</Reinf>', AXMLString); if P > 0 then begin AXML := copy(AXMLString, 1, P + 9); AXMLString := Trim(copy(AXMLString, P + 10, length(AXMLString))); end else begin AXML := copy(AXMLString, 1, N + 6); AXMLString := Trim(copy(AXMLString, N + 6, length(AXMLString))); end; Result := Self.ReinfEventos.LoadFromString(AXML); N := PosReinf; end; end; o mesmo código se replica em TLoteEventos, em ACBrReinfLoteEventos.pas. E eu fiquei me perguntando se havia alguma explicação pra essas variáveis N e P, ou eu simplesmente poderia reescrever o código assim (já comentado para usar com o pasdoc): {Alimentação de XML em TItemLoteEventos com o conteúdo de evento XML já assinado para posterior envio. IMPORTANTE: o conteúdo de AXMLString já deverá estar assinado e desprovido de cabeçalhos} function TLoteEventos.LoadFromString(AXMLString: String): Boolean; Const ReinfSearchTag = '</Reinf>'; var AXML: AnsiString; P: integer; begin P := pos(ReinfSearchTag, AXMLString); while N > 0 do begin AXML := copy(AXMLString, 1, ifthen(p>0,p+9,6) ); AXMLString := Trim(copy(AXMLString, ifthen(p>0,P + 10,6) length(AXMLString))); Add.FXML := AXML; P := pos(ReinfSearchTag, AXMLString); end; Result := Self.Count > 0; end; O projeto já é muito grande, e cheio de copia-e-cola, sinal claro que a documentação era necessária e não foi usada. O Código é confuso, no exemplo que citei, é inclusive deselegante, salvo se o código acima não puder ser reduzido e N e P realmente tinham alguma razão de ser que eu desconhecia. E sem os devidos comentários, é mais confuso ainda, porque temos que recorrer ao fórum para entender a intenção do desenvolvedor, porque o código pode ainda não estár concluído, certo? PS: Redigir a documentação base para o pasdoc pode ser um bom exercício para a criatividade literária, veja isso como algo positivo! Quanto à citação " quer melhor documentação que os fontes? " minha resposta seria: Quero fontes passiveis de serem documentadas, por exemplo, pelo pasdoc, portanto sim: a documentação ideal estaria nos fontes 😉. Logo, se você discorda, é porque eu me expressei mal, desculpe-me mais uma vez. Voltando ao assunto original: note que eu ainda estou no campo da opinião, o comentário (cabeçalho para pasdoc) que eu fiz na reescrita da função é meramente especulativa, pode não ser isso, por isso estou pedindo ajuda para entender o que são essas funções, e o que a variável N e P representam. Já tive retorno de 3 moderadores e ainda não consegui me expressar 😪 de modo a conseguir me fazer entender. Mas fica o agradecimento pelo pronto atendimento, é raro encontrar uma equipe tão dedicada!
  17. 2 pontos
    Senhores obrigado agora conseguir compreender as diferenças. Deu certo em 2 clientes já. O erro principal que estava ocorrendo na SEFAZ de GO era falta de atualização do Windows (isso resultou em diversas mensagens de erro diferentes) Forcei o Windows atualizar até ficar 100% e funcionou com WinCrypt no A1 e A3.
  18. 2 pontos
    Também estava com mesmo erro. Entrei em contato com a sefaz e este foi o retorno: FALE CONOSCO Ref. a mensagem: 178.345 Senhor(a), Conforme parecer da superintendência responsável, informamos que a correção já foi realizada em homologação e será disponibilizada em produção até 13:00h, e quanto ao erro 999 será corrigido até o final da tarde. Gentileza tentar novamente após este horário. Desculpe-nos os transtornos. "Qualquer outra informação ou esclarecimento sobre dispositivos da legislação tributária, que não se revista das características e dos requisitos próprios de consulta (RPTA/MG, artigo 37, aprovada pelo Decreto nº. 44.747 de 03 de março de 2008), será prestado verbalmente ao interessado pela Administração Fazendária do município de circunscrição do contribuinte, conforme disposto no art. 48 do diploma legal citado”. *As dúvidas esclarecidas por esta mensagem têm caráter de orientação não gerando o efeito decorrente da consulta formal. Atenciosamente, FALE CONOSCO - SEF/MG Superintendência de Arrecadação e Informações Fiscais Tel.: 155 para todo o Estado de Minas Gerais (31) 3303-7995 para outros estados e países
  19. 2 pontos
    É windows 7 né? Você vai precisar dos seguintes updates: KB976932 (SP1 se já não tiver) KB3020369 (UPD para conseguir instalar o SP2) KB3140245 (UPD para liberar o TLS) KB3172605 (UPD para conseguir instalar o SP2) KB3125574-v4 (SP2) MicrosoftEasyFix51044 (Um mini exec da microsoft que altera os registros para habilitar o TLS) Você encontra esses arquivos em: http://www.catalog.update.microsoft.com/Home.aspx https://support.microsoft.com/en-us/help/3140245/update-to-enable-tls-1-1-and-tls-1-2-as-a-default-secure-protocols-in
  20. 2 pontos
    Nota importante: Os provedores costumam fazer alterações em seus padrões sem prévio aviso. Além disso, as prefeitura costumam mudar de provedores. Então o componente pode ficar defasado por um período até que alguém faça as correções. Sendo assim, já que vai iniciar o desenvolvimento, é sempre bom testar com o programa de exemplo antes de assumir a compatibilidade com qualquer provedor e cidade.
  21. 2 pontos
    Boa tarde a todos, Lendo com mais atenção o Manual de Orientação ao Desenvolvedor-REINF v1.3.02 notei que no retorno de um envio de evento sempre teremos o evento R5001 e este poderá aparecer "N" vezes nesse retorno e o motivo é simples, se enviarmos um lote contendo 10 eventos, teremos no retorno 10 R5001, ou seja, um para cada evento enviado no lote. Como podemos enviar até 100 eventos por lote, o retorno poderá conter 100 eventos R5001. Já no retorno de uma consulta sempre vai retornar o evento R5011 e ele é único no retorno. Com base nessas informações fiz algumas modificações no que diz respeito ao retorno. Da forma atual é preciso estanciar o R5001 e R5011 para poder ler o retorno, agora não será mais necessário. Alterei as Units responsáveis pela leitura dos retornos e também o programa exemplo para demonstrar a leitura de alguns dados. Essas modificações só serão enviadas para o repositório na segunda-feira dia 21. Logo peço que façam cópias dos fontes por questões de segurança. Espero contar com a compreensão de todos. Outra coisa importante: O componente ainda esta em fase de desenvolvimento, apesar de ser possível o envio de eventos e a realização de consulta.
  22. 2 pontos
    Boa tarde, estou anexando novamente. ACBrConvenio115.pas
  23. 2 pontos
    Bom dia a todos. O FCP é um imposto destinado ao combate a pobreza, disso ninguém tem dúvidas. Ocorre que, não se sabe por quais motivos o legislador o criou, pois, mesmo estando no ADCT faz parte da constituição federal, esta mesma constituição que veda expressamente que o imposto não poderá ter vinculação, art. 167, IV, ou seja, apensar de inconstitucional o referido FCP, está em plena vigência. Entretanto, as dúvidas surgem quando é necessário gerar o malgrado imposto, em especial, qual a base de cálculo. Veja que o artigo 82, § 1º do ADCT é cristalino, a base de cálculo do FCP será a soma dos produtos denominados supérfluos definidos em lei complementar, lei esta que até hoje não foi editada. Portanto, se o contribuinte entender que um determinado produto não seja supérfluo, de certo não vai tributar, princípio da legalidade tributária, não existe o parâmetro determinante para que se aplique o percentual de 2%. Importante ressaltar que as unidades da federação tem entendido como supérfluos: "Bebidas alcoólicas, cigarros, fogos de artifício, fósforos, artigos de beleza etc", mas não existe nenhuma lei estabelecendo que estes produtos devem ser tributados, inobservância do Art. 83. do ADCT. Neste cenário, é possível entender que, tanto nas operações internas quanto interestaduais, o FCP incide, seja contribuinte ou não do ICMS, seja optante ou não do Simples, o que muda no caso para interestadual é, se para consumidor final, o vendedor é substituto tributário CST 60 , já nas vendas para contribuinte cst 10 ou seus correspondentes para CSOSN. Ficou um pouco extenso mas espero que seja útil para esclarecer.
  24. 2 pontos
    27/03/2018 - ATENÇÃO: Postergada validação do CEST. A regra de validação que exige o CEST na NF-e e NFC-e (N23-10) fica postergada até a publicação de Nota Técnica com maiores esclarecimentos. https://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/informe.aspx?ehCTG=false#508
  25. 2 pontos
    Certo, como precisava disso com urgência, acabei ligando pro 0800 da Elgin, e la eles me passaram o seguinte, o código de emergência é o numero de série do aparelho, substituindo os três primeiros dígitos por 654 e removendo os dois últimos dígitos. Ex. 00001234567 ficará assim o código de emergência -> 654012345 Mas obrigado pelo feedback... Vlw.
×