Jump to content

logo_acbr_paygo.png

Chegou o TEF ACBr PayGo
Seja um revendedor e ofereça uma solução completa para seu cliente.


botao_saibamais.png

beneficios.png

Curso Dominando o ACBrMonitor
Novo Módulo Soluções de Varejo
Assine o SAC ACBr em qualquer plano e tenha acesso

Saiba Mais

Balança SM100 performance surpreendente

Tecnologia Japonesa   Teclado e Visor resistentes a água
Consumo inteligente de etiquetas   Baixo custo de manutenção
Comunicação Ethernet e WIFI independentes

Saiba Mais

Impressora de Etiquetas ELGIN - L42 PRO

Protocolos PPLA, PPLB, ZPL, EPL (automático)
Porta USB padrão Opcionais: Ethernet, Serial, Paralela
Sensor de Etiquetas Móvel Garantia de 18 meses

Saiba mais

EliasCesar

Membros
  • Content Count

    114
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

EliasCesar last won the day on September 21 2017

EliasCesar had the most liked content!

Community Reputation

58 Excellent

2 Followers

About EliasCesar

  • Rank
    Membro

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • Localização
    Tatuí

Recent Profile Visitors

1,664 profile views
  1. Pelo erro, o certificado que você está usando não possui permissão de acesso ao recibo. As permissões funcionam da seguinte forma: - TransmitirArquivo: Apenas certificado digital do contribuinte; - ConsultarPendenciasDesenvolvedor: Apenas certificado digital do desenvolvedor PAF-ECF; - TODOS os outros comandos: Certificado digital do contribuinte ou do desenvolvedor PAF-ECF.
  2. Qual comando exatamente vc está tentando utilizar? Pois o webservice não possui nenhum serviço para exclusão de arquivos. Anexei os comandos disponíveis.
  3. Os serviços são acessíveis usando o certificado digital do contribuinte ou do desenvolvedor do PAF-ECF, com exceção do serviço TransmitirArquivo, que será acessível somente com o certificado digital do contribuinte, e do ConsultarPendenciasDesenvolvedor, com o certificado do desenvolvedor do PAF-ECF. Caso tente efetuar as rotinas com outro certificado, realmente será retornado esse tipo de erro.
  4. Para resolver esse problema você precisa colocar uma condição que verifica se chegou no fim da lista após cada comando 'Next'. Exemplo: while (not tb_etiqtemp.eof) do begin // xtam:=Length(dm.tb_etiquetasCODIGO.Value); IniciarEtiqueta; ImprimirTexto(orNormal, '0', 20, 30, 2, 3, 'R$ '+ formatfloat('##,##0.00',tb_etiqtempPVENDA.Value)); ImprimirTexto(orNormal, '0', 20, 20, 6, 3, tb_etiqtempNOME.Value); ImprimirBarras(orNormal, barCODE128, 2, 4, 10, 3,tb_etiqtempCODIGO.Value, 8,becSIM); tb_etiqtemp.Next; if (not tb_etiqtemp.eof) then begin ImprimirTexto(orNormal, '0', 20, 30, 2, 37, 'R$ '+ formatfloat('##,##0.00',tb_etiqtempPVENDA.Value)); ImprimirTexto(orNormal, '0', 20, 20, 6, 37, tb_etiqtempNOME.Value); ImprimirBarras(orNormal, barCODE128, 2, 4, 10, 37,tb_etiqtempCODIGO.Value, 8,becSIM); tb_etiqtemp.Next; end; if (not tb_etiqtemp.eof) then begin ImprimirTexto(orNormal, '0', 20, 30, 2, 72, 'R$ '+formatfloat('##,##0.00',tb_etiqtempPVENDA.Value)); ImprimirTexto(orNormal, '0', 20, 20, 6, 72, tb_etiqtempNOME.Value); ImprimirBarras(orNormal, barCODE128, 2, 4, 10, 72,tb_etiqtempCODIGO.Value, 8,becSIM); tb_etiqtemp.Next; end; FinalizarEtiquetaComCopiasEAvanco; end;
  5. Sim, é possível imprimir o tipo do código de barras de acordo com o tamanho. Aparentemente o seu código está correto, verifique se o conteúdo da variável 'xtam' é realmente um EAN13 válido. Uma sugestão para garantir isso seria algo como: if (xtam = 13) and (EAN13Valido(dm.tb_etiquetasCODIGO.Value)) then ImprimirBarras(orNormal, barEAN13, 2, 4, 10, 3,dm.tb_etiquetasCODIGO.Value, 8, becSIM) else ImprimirBarras(orNormal, barCODE128, 2, 4, 10, 3,dm.tb_etiquetasCODIGO.Value, 8, becSIM); (Obs: Para utilizar a função EAN13Valido() inclua a unit ACBrUtil.pas nas uses)
  6. Olá Danilo, Só vi sua resposta agora... Segue anexo o exemplo do comando ReprocessarArquivo. Espero ter ajudado. _EnvelopeSoap_ReprocessarArquivo.xml
  7. Você pode verificar os exemplos de utilização dos comandos com o ACBrBlocoXSign. Ele fica em: '...\trunk2\Projetos\ACBrBlocoXSign\' Anexei um modelo do comando ConsultarProcessamentoArquivo gerado pelo próprio ACBrBlocoXSign. _EnvelopeSoap.xml
  8. Pelo manual da TLP-2844 ela utiliza o protocolo EPL2 https://www.zebra.com/content/dam/zebra/manuals/printers/desktop/legacy/tlp2844/tlp2844-ug-pt.pdf Tente alterar o Modelo no ACBrETQ para usar esse protocolo. (pela mudança nos protocolos, provavelmente serão necessários ajustes nos comandos de impressão para sair alinhado na etiqueta) Caso não funcione, tente efetuar um teste com o demo do ACBrETQ. Com ele vc pode testar todos os protocolos.
  9. Olá, Foi efetuada uma alteração no Commit [r14281] Por favor, atualize os fontes e efetue um novo teste utilizando o parâmetro AvancoEtq = 600 novamente. (Caso ainda não funcione, anexe o log no caso )
  10. Olá, Testando com o demo do ACBrETQ o problema ocorre? Se possível anexe o log do teste utilizando o demo. No Comando "Imprimir()" tente enviar o parâmetro AvancoEtq com o valor 600. Por exemplo: Imprimir(1, 600);
  11. Olá, Estamos efetuando um refactoring no componente ACBrETQ. Assim que finalizado, informo aqui no post.
  12. Olá, A contribuição foi implementada. Disponível no Commit: 14019.
  13. Olá, Os parâmetros MultiplicadorH e MultiplicadorV irão apenas "esticar" o texto para ficar maior. Tente alterar o parâmetro Fonte do "ImprimirTexto".
  14. Desculpe, informei errado no post anterior... no caso da linguagem PPLB o formato da imagem deve ser ".pcx". Recentemente eu atualizei a imagem '.pcx' do programa demo, conforme esse caso:
  15. Introdução Recebemos da Bematech o Microterminal FIT Básico para efetuarmos testes com nosso componente ACBrMTer. http://www.bematech.com.br/equipamentos/produto/fit-basico Foram efetuados testes utilizando o aplicativo de demonstração 'MTerTeste.exe' disponibilizado no ACBr. Seguem abaixo os resultados e considerações. Configuração 2.1 Para acessar o menu de configurações, com o microterminal desligado pressione a tecla <DEL> e ligue-o mantendo a tecla pressionada até surgir uma tela solicitando a senha de acesso. 2.2 A senha de acesso padrão de fábrica é: 123456. É possível alterá-la através do menu. Em caso de alteração a nova senha deverá possuir no máximo 6 dígitos, podendo conter valores numéricos e/ou letras. 2.3 Lista de principais configurações: - Idioma Corrente: Os idiomas possíveis são: Português, Inglês e Espanhol. - Display com Blacklight: Liga ou desliga a luz de fundo do display. - Volume: Permite ajustar o nível do volume do 'Beep'. Valores entre 0-mudo a 9-máximo. - Portas seriais: Permite habilitar/desabilitar/configurar separadamente as 2 portas serias disponíveis. - Modo LAN: Permite que o Microterminal trabalhe de duas formas: (Client ou Server). No modo “Client”, o próprio equipamento estabelecerá a conexão socket com o PC, em endereço previamente configurado. Já no modo “Server”, o microterminal ficará em modo de "escuta", aguardando com que o PC estabeleça um socket através do IP e porta definidos. O componente ACBrMTer é compatível apenas com o modo "Client" do equipamento. - Habilita Modo DHCP: Se habilitado, permite que o microterminal em conjunto com o servidor defina o IP do equipamento automaticamente. Caso essa opção seja desabilitada o IP deverá ser ajustado manualmente. Padrão = SIM. - Rede: Configurar IP do servidor, porta, entre outras opções de rede. - Protocolo: 3 tipos de protocolos disponíveis: STX/ETX, VT100-ESC e SB100¹. - Emular Display 2x40: Permite que aplicativos desenvolvidos para um display 2x40 sejam emulados para 4x20. Padrão de fábrica = SIM. - Configuração de teclas: Permite alterar função das teclas <fX>, <Fn>, <DEL> e <ESC> com os valores: <008>, <027>, <127>, <xxx> (Livre. Opção para definir qualquer valor entre <000> e <255>). ¹ Protocolo VB100 foi desenvolvido exclusivamente para terminal Bematech FIT Básico, portanto é altamente recomendado o uso dele devido à compatibilidade de 100% dos comandos. Também é possível utilizar os outros modelos de protocolos suportados(VT100-ESC e STX-ETX), porém alguns comandos não são suportados(comando 'Beep' por exemplo). Instalação 3.1 Conectar o equipamento à rede. 3.2 Efetuar configuração básica do microterminal (IP do equipamento, IP do servidor, porta, etc); 3.3 Equipamento exibirá a seguinte mensagem: Utilização 4.1 Aplicativo MTerTeste O aplicativo “MterTeste.exe” permite ao usuário realizar testes com microterminais que utilizam qualquer um dos protocolos implementados (VT100, STX-ETX, PMTG e SB100). Ele possui opções com todos os comandos existentes no componente ACBrMTer: É possível também efetuar testes com balanças. Estão disponíveis todos os modelos de balanças implementados no componente ACBrBAL. Essa rotina é realizada após a conexão do microterminal através da tela a seguir: Outra funcionalidade do aplicativo é a utilização do “Fluxo de Vendas”, onde foi implementado um exemplo de utilização real, possibilitando a inclusão de itens em comandas, como mostra a imagem a seguir: 4.1.1 Protocolo VT100-ESC: - Ao ativar o servidor o microterminal se conectou instantaneamente(mais rápido que outros modelos testados); - Comando 'Beep': Não funcionou (foram enviados os caracteres referentes ao comando para o display); - Comando 'Online': Não implementado para esse protocolo; - Comando 'EnviarParaParalela': Equipamento não possui porta paralela; - Fluxo de Comandas: Funcionou corretamente. 4.1.2 Protocolo STX/ETX: - Ao ativar o servidor o microterminal se conectou instantaneamente(mais rápido que outros modelos testados); - Comando 'Beep': Não imprementado nesse protocolo; - Comando 'Online': Não funcionou; - Comando 'EnviarParaParalela': Equipamento não possui porta paralela; - Todos os outros comandos funcionaram corretamente. - Fluxo de comandas: Funcionou corretamente; 4.1.3 Protocolo SB100 (OBS: Este protocolo não existia e foi implementado exclusivamente para o FIT Básico. Portanto é recomendado utilizá-lo sempre, pois todas as funções foram compatibilizadas) - Ao ativar o servidor o microterminal se conectou instantaneamente; - Todos os comandos funcionaram corretamente. - Fluxo de comandas: Funcionou corretamente; Periféricos 5.1 Balança Efetuados testes utilizando uma balança Filizola(Modelo: BPS-15) através do aplicativo 'MTerTeste.exe'. Em todos os protocolos o microterminal respondeu corretamente ao solicitar o peso da balança. Foi possível utilizar o periférico sem nenhum problema em ambas as portas seriais. 5.2 Leitor de Código de Barras(Serial) Efetuados testes utilizando um Leitor serial Metrologic(Modelo: MS7820) através do aplicativo 'MTerTeste.exe'. Em todos os protocolos o microterminal respondeu corretamente ao ler um código de barras no leitor. Foi possível utilizar o periférico sem nenhum problema em ambas as portas seriais. 5.3 Balança + Leitor de Código de Barras(Serial) Efetuados testes utilizando os dois periféricos em conjunto e o microterminal não apresentou nenhum problema durante a utilização. Foi possível simular um ambiente com venda de comandas utilizando leitura de códigos e peso. 5.4 Leitor de Código de Barras (PS/2) Efetuados testes utilizando um Leitor de Código de Barras com entrada PS/2(Modelo: Eclipse MS5145). Em todos os protocolos o código foi lido, porém em alguns momentos(de maneira intermitente) a leitura apresentava um caractere inválido representado por '?'. Considerações: O Microterminal Bematech FIT Básico apresentou um ótimo custo benefício, possuindo todos os atributos necessários e suportados pelo componente ACBrMTer, além de possuir opção de trabalhar de maneira diferente, onde os microterminais são configurados como servers e o PC como client (porém, esse método de trabalho não é compatível atualmente com o componente ACBrMTer). O equipamento foi compatível com todas as funções básicas dos protocolos já existentes (com exceção dos comandos 'Online' e 'Beep'), portanto, caso já exista um aplicativo desenvolvido para outro modelo de microterminal, muito provavelmente não será necessário aplicar nenhuma modificação para que o FIT Básico funcione corretamente. O equipamento não possui porta paralela, assim como outros modelos de microterminal, porém essa caracterísrica, em nada afetou, devido ao fato de que atualmente não é comum encontrar periféricos que ainda utilizem este tipo de comunicação. Um detalhe que poderia agregar ainda mais ao equipamento seriam portas USB, que facilitariam na utilização de Leitores ou outros periféricos mais modernos(onde não existe entrada/cabo serial ou PS/2).
×
×
  • Create New...