Jump to content

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png click.png click.png

click.png

click.png

click.png

Rodrigo Goulart Padovezzi

Membros
  • Posts

    111
  • Joined

  • Last visited

Contact Methods

  • Website URL
    ojrconsultoria.com.br

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

Rodrigo Goulart Padovezzi's Achievements

Collaborator

Collaborator (7/14)

  • First Post
  • Collaborator Rare
  • Week One Done
  • One Month Later
  • One Year In

Recent Badges

7

Reputation

  1. Boa tarde. Tenho um sistema multi-emitente no qual sempre recomendamos A1 porém iniciamos os testes para atender também A3. Quando logamos no sistema executamos o NFE.SetCertificado e assim usamos multi-emitente sem problemas porém reparamos que ao trocar de A3 para A1 os campos ficam com as configurações anteriores ou seja, estou usando A1 e no MonitorACBR o campo do ArquivoPFX está preenchido, ao setar o A3 o campo Número de Série é preenchido porém o campo ArquivoPFX não fica em branco e isso dá conflito. Teria como alterar os fontes para as próximas versões do MonitorACBR? Quando usar NFE.SetCertificado se for um caminho deixar o campo Número de Série A3 em branco e se for o número de série deixar o campo Caminho PFX em branco? Assim revolverá esse conflito do SetCertificado
  2. Obrigado pela resposta. Eu li sim, desculpe se me expressei mal, quis na verdade ter conhecimento se após essa nova implementação alguém passou por esse problema. Mesmo não sendo o ACBR.
  3. Boa tarde, nas versões atuais do ACBR já tem essa implantação? Estou orientando meus clientes a usarem A1, tenho 1 migração mas o cliente tem A3, será que posso fazer sem risco de ter essa exclusão?
  4. Boa tarde, estou validando meu sistema emissor de NFe com ACBR e já emiti algumas notas em homologação e não tive problemas, hoje fui emitir e apareceu erro ERRO: O conjunto de chaves não está definido. Liguei no suporte da Certisign e falaram que o certificado foi excluído do cartão e o suporte falou que alguns programas emissor de NFe estão fazendo isso. Alguém já passou por isso ou tem uma luz do que pode ter acontecido?
  5. Bom dia, consegui ativar a Diebold pelo ESCPOS porém ao imprimir ele dá um bip e não imprime nada. Se imprimir como fortes dá certo porém gostaria de usar as funções de POSPRINTER. Tentei compartilhar e colocar como \\localhost\diebold mas também não funcionou. Alguém tem uma dica?
  6. Olá Celso, obrigado pelo retorno, creio que serve sim. No caso de Certificado A3, como posso setar por comando?
  7. Boa tarde, tendo em vista que os dados do emitente da NFe ficam no MonitorACBr, como posso ter mais de um emitente e mudar os dados dinamicamente? Tipo uma contabilidade que tem 3 clientes cadastrados no sistema e ao selecionar o emitente traz os dados dele e define no Monitor. Isso é possível?
  8. Bom dia, no manual acbr em NFE.CriarNFE tem um exemplo do ini que posso criar, vi em alguns tópicos ou até mesmo no blog do @André Ferreira de Moraes (http://anfm.blogspot.com.br/2015/04/) Um exemplo com todos os campos, existem esse exemplo de INI para a nova versão, já com os campos novos ?
  9. Como trabalho bastante com Intranet, é bem tranquilo para fazer essa parte porém nada melhor do que cada caixa com seu SAT e Impressora. O que achei interessante é que o MonitorACBR reconheceu o cupom de outro computador através de mapeamento de rede e também que os testes foram bem sucedidos, apenas 1 SAT 3 caixas com impressoras.
  10. Conforme verifiquei se trata de um procedimento e não de um equipamento. Resumindo é uma rede (Intranet) com um sistema compartilhado, apenas no servidor fica instalado o SAT e os demais computadores enviam informações para o servidor e têm retornos e assim imprimem o cupom gerado. Então cada cliente precisa de uma impressora e no servidor um SAT, isso tudo para diminuir os custos para não comprar muitos equipamentos SATs. Fiz alguns testes e consegui resolver, no servidor processa as informações recebidas, transmite e retorna para o cliente o cupom. Cada cliente imprime o cupom através de mapeamento da rede. Testei com 4 clientes e não tive nenhum problema, achei interessante que dessa maneira será possível economizar um bom dinheiro com equipamento. Pelo que vi pode-se usar esse procedimento para até 3 clientes conforme o link: da Portaria CAT-147, de 05-11-2012 Conforme abaixo: Artigo 5º - Para cada caixa existente no ambiente de atendimento ao público do estabelecimento do contribuinte e que seja destinado a registrar operações relativas à circulação de mercadorias, será utilizado um equipamento SAT, um programa Aplicativo Comercial - AC e um equipamento de processamento de dados. Parágrafo único - Excepcionalmente, fica facultada a utilização compartilhada de um ou mais equipamentos SAT com os caixas destinados a registrar operações relativas à circulação de mercadorias, desde que: (Redação dada ao "caput" do parágrafo, mantidos os seus itens, pela Portaria CAT-37/13, de 03-05-2013, DOE 04-05-2013) Parágrafo único - Excepcionalmente, fica facultada a utilização de um equipamento SAT para, no máximo, 3 (três) caixas destinados a registrar operações relativas à circulação de mercadorias, desde que:
  11. É para usar apenas um equipamento SAT para todos os caixas, o cliente falou que viu isso na internet mas não ficou muito claro se é um equipamento ou apenas um conceito de centralizar tudo em um SAT. links https://www.omie.com.br/apps/sat-hub http://sathub.readthedocs.io/pt_BR/latest/ Abri esse tópico até mesmo para ver com a grande experiência de vocês se conhecem ou sabem o que é.
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.