Jump to content

click.png

click.png

click.png

click.png click.png click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

DanielDev Gamer

Membros
  • Posts

    18
  • Joined

  • Last visited

DanielDev Gamer's Achievements

Apprentice

Apprentice (3/14)

  • First Post
  • Collaborator Rare
  • Week One Done
  • One Month Later
  • One Year In

Recent Badges

11

Reputation

1

Community Answers

  1. Bom dia pessoal, para as novas formas de pagamento, é preciso informar algo a mais além do id da mesma? pelo que li na NT2020, não vi algo do tipo. fiquei com dúvida. Se sim, o quê? e para controle interno o que vocês recomendaria gravar em database. desde já agradeço a atenção de todos.
  2. Obrigado. creio que ainda demore um pouco pra eles postarem a tabela atualizada, a anterior foi a mesma coisa.
  3. Boa tarde, Tabela IBPT do commit 20904 não veio com o ncm 39233010 entre outros. entrou em vigência dia 1º de janeiro 2021.
  4. A nota fiscal de devolução de vendas é um documento de entrada que será emitido se houver a recusa do recebimento da mercadoria ou a devolução de produtos por motivo qualquer. Nas duas hipóteses o documento com a finalidade de devolução deverá anular os efeitos da operação de venda. As informações referentes a ICMS Próprio serão destacadas em campo próprio, mas as informações referentes ao ICMS ST serão indicadas apenas em dados adicionais. Porém, para anular todos os efeitos de uma operação anterior é necessário que valor de ICMS ST e demais impostos destacados no documento de origem seja somado ao valor total da nota fiscal. A recomendação da maior parte dos Estados que é na emissão de NF-e de devolução o valor de ICMS ST seja incorporado a TAG “vOutro”, como Despesa Acessória, para que a totalização do documento seja feita corretamente e não seja apresentado erros de validação schema no momento da transmissão da nota. De acordo com a NT 2016.002 v.1.42, foram incluídos campos relativos ao FCP para operações internas ou interestaduais com ST e no grupo totalizador os campos referentes ao FCP e o IPI devolução para não contribuinte do imposto. Em relação ao leiaute do DANFE, não houve alteração nos campos referente aos impostos, onde as informações relativas ao Fundo de Combate à Pobreza (FCP) deverão ser informadas: No campo de "Informações Adicionais do Produto", os valores informados por item nos campos (vBCFCP, pFCP, vFCP, vBCFCPST, pFCPST, vFCPST), quando existirem. Os valores de totais do FCP devem ser informados em "Informações Adicionais de Interesse do Fisco", campo “infAdFisco", quando existirem." Desta forma, ainda não possui campo específico no DANFE para informar o valor do FCP, mas haverá validação do preenchimento dos campos para compor o total da nota. Vale observar que no campo “Outras Despesas” (despesas acessórias) deve-se informar os valores do item que devem compor o valor da NF-e e que não tenham campo de total correspondente no grupo ICMSTot. Sendo assim, o valor corresponde ao FCP, não será somado ao ICMS ST, por possuir campo específico no XML para compor corretamente o total da nota fiscal.
  5. obrigado, baixei agora rs... obrigado mesmo assim.
  6. tbm baixe, mesmo assim não tem os novos ncm
  7. verdade, sem alterações ou fez isso, e depois que editou, salvou como.. e na hora de postar postou a errada
  8. Bom dia Ricardo, isso, mas a Imendes retorna esses ncm nas consultas, e o que dificulta é isso, falei com eles e me passaram uma tabela da receita federal. Segundo eles, seguem essa vigência da receita federal e que esses NCM já estão válidos.
  9. Bom dia Juliomar, já verifiquei e os novos não se encontram em nenhuma tabela como o citado acima. Obrigado pela resposta.
  10. Bom dia, alguém pode me informar onde posso baixar a tabela ibptAL20.1.B "ATUALIZADA", pois todas que baixei não tem o ncm de Pilhas - 85061019 – Outras. no qual conta aqui https://blog.oobj.com.br/tabela-ncm/ e é retornado na consulta de tributação dos produtos na Imendes. e ao usar essas novas tabelas de 2020 não houve alteração alguma de modificação dos ncm.
  11. após o envio do email, recebi a seguinte instrução. O Contribuinte pode revogar o CSC no sistema da NFC-e na página da SEFAZ/AL e gerar um novo código. Essa será a solução.
  12. Já encaminhei para a Sefaz, estou no aguardo da validação da csc fornecida. De qualquer forma obrigado, retorno com o feed da Solicitação.
  13. verificado tbm Daniel. 5 zeros as esquerda mais numero, exemplo, 000001, totalizando 6 dígitos
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.