Jump to content
Notícias do ACBr

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

consultoria_sticker.png

Conteúdo para desenvolvedores
 ao vivo de terça a quinta!
Saiba mais

dev.png

logo_acbr_paygo.png

TEF ACBr PayGo
Seja um revendedor e ofereça uma solução completa para seu cliente.


botao.png

beneficios.png

kaciane

Membros
  • Content Count

    17
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

1 Neutral

About kaciane

  • Rank
    Novato

Profile Information

  • Sexo
    Feminino
  • Location
    Joinville-SC

Recent Profile Visitors

690 profile views
  1. Obrigada pelo retorno de todos. Estaremos passando essa informação para os nossos clientes que não são escritórios de contabilidade.
  2. Olá, pessoal! Entrei em contato com a SEFAZ BA sobre o meu problema, onde, se não informar a chave de acesso para os códigos de receita no campo EXTRA, na GNRE fica com Em processamento. A SEFAZ BA faz uma segunda validação, onde o arquivo XML que é enviado via WebServer precisa do campo EXTRA: Meu questionamento a SEFAZ BA: Analisando os dois portais da GNRE, de teste e de produção, possuem códigos diferentes, mas em ambos os portais, não é obrigatório informar a chave de acesso para o código de Receita 100102 não obriga a Chave de Acesso e pegamos a configuração conforme a UF
  3. Boa tarde, Juliomar! Tudo bem? Obrigada pelo retorno. No meu teste, estou enviando os dados do XML para a GNRE-BA conforme o documento GNRE2020000416.xml e estou tendo o seguinte retorno, através do arquivo: ret2020000416.xml No boleto, ele fica assim: Obs.: os dados do nome do cliente e CNPJ foram alterados, mas nos testes, são enviados corretamente. Apenas estou colocando como os arquivos estão sendo gerados e o retorno do ambiente da GNRE de teste. ret2020000416.xml GNRE2020000416.xml
  4. Olá! Estou passando por uma situação parecida, onde no Portal da GNRE exige esse campo, mas no XML, onde devo informá-lo? Mandamos o XML para a GNRE - BA e retorna: 703 Falha na validação do retorno da UF: XML de retorno da UF vazio. Gostaria de saber como foi resolvido. Obrigada!
  5. Bom dia! Só a nível de curiosidade, como vai ficar na DANFE a descrição do modFrete na versão 4.00, cujos tipos são: 0=Contratação do Frete por conta do Remetente (CIF); 1=Contratação do Frete por conta do Destinatário (FOB); 2=Contratação do Frete por conta de Terceiros; 3=Transporte Próprio por conta do Remetente; 4=Transporte Próprio por conta do Destinatário; 9=Sem Ocorrência de Transporte. Ou essa unit já se refere a versão 4.00? Obrigada!
  6. Bom dia, pessoal! Também estou fazendo testes com essa nova versão da NT. Para ela funcionar corretamente, é preciso baixar o novo pacote de schema: Quanto a retirada do da opção 14 - Duplicata Mercantil na tag tPag - Meio de Pagamento, coloquei no seu lugar a opção 15 - Boleto Bancário, mas ao enviar o XML para a SEFAZ SC, deu a seguinte rejeição, no ambiente de homologação, hoje (09/05/2018): Nota Fiscal Rejeitada pela SEFAZ: Nota Fiscal rejeitada. Nota(s) não confirmadas: Rejeição: Grupo duplicata informado e forma de pagamento não e Duplicata Mercantil. Ser
  7. Boa tarde! Também estamos fazendo testes com a comunicação com o WebService do ambiente e-Social para a EFD-Reinf, sem usar o ACBR, direto via WEB e está dando o mesmo erro. Já estamos testando a versão 1_02_00, pois usando as versões anteriores, o ambiente retorna um erro e pede para usar a versão 1_02_00. Acredito que o erro seja lá e não nas nossas aplicações. Solicitei ao pessoal da minha área de desenvolvimento aguardar um pouco e na quinta-feira (16/11), estaremos retomando os testes.
  8. Boa tarde, Michel! Eu consegui enviar a nota fiscal para o ambiente do RS e para GO. No caso de GO, precisei alterar a conexão para Capicom!
  9. Só para registrar, consegui faturar o XML que estava faltando a tag indEscala. Testes OK! Com CEST e ICMS ST na nota fiscal. Obrigada pela ajuda!
  10. Boa tarde! Alguém resolveu esse problema? Estou com a mesma situação em cliente. Na nossa base de testes no ambiente de homologação funciona corretamente e no ambiente de produção do cliente, não!. Solicitei para o cliente atualizar os Schemas. No meu caso, o evento é de Manifestação do Destinatário - Confirmação da Operação. Obrigada!
  11. Boa tarde, Também estou fazendo os testes com a versão NF-e 4.0. Atualizei novamente os Schemas, baixei novamente a Nota Técnica 2016.002 v 1.20, pois houve alteração na redação da mesma, mas não houve mudança de versão. Atualizei os fontes do ACBR e ajustei a minha rotina de Geração do XML. Com isso pronto, comecei os testes e faturei várias notas fiscais com diversas situações, mas quando fui faturar uma nota fiscal com ICMS ST e que no ambiente de homologação, exige o CEST conforme a NCM, ao realizar a assinatura do XML, ocorreu o seguinte erro: Nota Fiscal Rejeita
  12. Exatamente, diegoic3! Na realidade, consideramos os retornos descritos na nota técnica 2013.007 - que diz: 4.6 Serviço de Consulta Status do Serviço: O Serviço de Consulta Status dos Serviços (Web Service: NFeStatusServico) sempre deverá estar disponível na SVC. No caso de indisponibilidade do ambiente normal de autorização da SEFAZ de origem da circunscrição do contribuinte, a aplicação da empresa consultará este Web Service e identificará a oportunidade de trocar seu ambiente normal de autorização para utilização da SVC-XX. O Serviço de Consulta ao Status da SVC poderá retornar o
  13. Boa tarde! Entrando em contato com a SEFAZ MG, o emissor gratuito do estado está emitindo em Contingência SVC-AN normalmente. Tratamos no nosso software o retorno 113 da mesma forma que o retorno 107 e conseguimos emitir as NF-es em ambiente de Contingência para MG. Espero que isso ajude alguém que ainda esteja parado. Lembrando que o término desta contingência é no dia 22/04/2015 - 12:00:00, conforme site: http://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/principal.aspx Contingência Ativada MG De 17/4/2015 18:00:00 até 22/4/2015 12:00:00
×
×
  • Create New...