Jump to content

Compusofts

Usuários SAC
  • Content Count

    59
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

11 Good

About Compusofts

  • Rank
    Membro

Contact Methods

  • Website URL
    www.compusofts.com.br

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • Localização
    Presidente Venceslau, São Paulo

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Boa tarde, Efetuei algumas pesquisas mas não encontrei nada em relação a isso. Um cliente meu me perguntou se daria pra saber QUAL evento foi enviado para as suas notas de saida. Ex : Notas Fiscal 0001 - "Ciencia da Emissao" Nota Fiscal 0002 - "Desconhecimento" Nota Fiscal 0003 - "Confirmacao da Operacao" Na DistribuicaoNFe, consegue se saber desses eventos mas em relaçao as notas emitidas contra o cnpj da empresa; Pois houve um caso que , o cliente deu "Desconhecimento" e não avisou a empresa, e ficou por isso, ao escritorio efetuar a apuração desse cliente constatou que a nota fiscal estava "inválida" por estar com o evento de desconhecimento. Tem alguma forma para efetuar esse tipo de consulta?
  2. Certo, mas o que eu quis dizer foi se independente do estado. Se a partir de 29/04/2019 eu começar a informar os dados do Responsável Técnico, sem o Hash que ainda não esta sendo gerado pelo estados, os dados básicos mesmo, se irá aceitar ou dar erro no XML.
  3. Boa tarde @Ricardo Rohde, Eu estava falando mais precisamente da tag InfRepTec onde eles especificam aquelas UFs acima. Sobre a questão da implementação, eu criei campos no banco para a informação dos dados e carrego essas informações ali, incluindo o idCSRT e o Código da Software House. Na geração eu informo da seguinte maneira: infRespTec.idCSRT:= vIdCSRT; infRespTec.hashCSRT:= EncodeBase64( RetornaHashSHA1( vHashCSRT + vChaveNFe )); Porém se não me falha a memória, li em algum outro tópico aqui do fórum que se informar o id e o CSRT o componente já gera automaticamente o Hash. Att,
  4. Boa tarde, Conforme disse @danielgustavo, foi publicada uma nova versão da nota técnica 2018/005, agora na versão 1.20. Nela consta o seguinte trecho: Na minha aplicação já havia criado uma parametrização onde após o dia 29/04/2019 a tag do responsável técnico iria começar a ser informada no XML. em produção. Porém agora estamos em dúvida, não sei se alguém teve um entendimento melhor a respeito dessa situação. Mesmo sendo opcional, será que se informarmos essa tag após 29/04/2019, as notas serão aceitas? ou para esses estados em questão deverá haver uma nova parametrização indicando 07/05/2019 ? As notas poderão ser rejeitadas se informarmos isso antes ? E na situação contrária se não informarmos as tags no XML no prazo, a nota será rejeitada? Att,
  5. Só para dar um retorno, realmente o meu problema eram os componentes que estavam sendo criados e não estavam sendo destruídos, consegui fazer a varredura do projeto revisando alguns Timer bem antigos em que não estavam sendo devidamente validados a criação/destruição dos componentes (Querys, conexões e DataTables). Deixei rodando um teste que já está a 80 horas sem apresentar falhas, foram por volta de 50 milhões de loops (Situação bem forçada e bem acima da realidade). Antes o problema ocorria antes das primeiras 24 horas por volta dos 15 milhões de loops.
  6. Muito obrigado pelas respostas, vou estudar mais o assunto para solucionar o problema. Descobri que existia alguns Timers na aplicação em uma função antiga, que criava querys e não destruía elas depois de utilizar, obviamente depois de dias rodando a aplicação iria criar muitos componentes. Estou revendo todo do projeto mas muito provavelmente o problema seja esse. Acredito que até segunda consiga bater o martelo e retorno aqui como solucionei.
  7. Sim 1400, mais isso é um ambiente de testes não é a realidade é que dessa forma consigo simular o erro mais rapidamente. Se eu simular com a ambiente real demora dias para acontecer o problema.
  8. Boa tarde, gostaria de saber se alguém já enfrentou esse tipo de situação. Minha aplicação possui várias threads que rodam simultâneas para atender as regras de negocio do cliente, crio a grande maioria dos componentes do projeto (Querys, conexões com o banco e DataTables) dinamicamente, ou seja, crio, utilizo e dou FreeAndNil. Utilizo o Delphi Tokyo com Firedac. Após um certo tempo rodando a aplicação cerca de 72 horas seguidas o aplicativo começa a dar erro de Out Of Memory no momento de criar novos componentes, querys por exemplo. Gostaria de saber: O comando FreeAndNil é a melhor solução para limpar da memoria os componentes criados ? Existe algum limite na criação de componentes, por exemplo, uma aplicação suporta criar até X componentes simultâneos somente? Existe algum limite para criação de threads simultâneas? Existe alguma maneira de saber quantos componentes ou threads a aplicação tem criada (em modo debug)? Obs: fazendo uns testes criei uma função que cria threads simultâneas para fazer um simples select no banco, quando eu mando criar mais de 1400 threads aplicação retorna um erro de espeço insuficiente para executar o comando, sendo que o aplicativo não está consumindo muita memoria ram e o computador tem memoria livre suficiente (90% livre) Outro detalhe que não sei se influencia é que meu ambiente é 32 bits. Nas minhas pesquisas encontrei pessoas falando que não posso criar e destruir muitos componentes isso tem algum fundamento?
  9. Bom dia, Aqui na empresa começamos a receber relatos de clientes também. Por enquanto 3 clientes já comunicaram e após analisar o log reparamos o erro 503. Att,
  10. Bom dia, ainda não tivemos uma solução definitiva para o problema só contornamos ele, mas precisamos encontrar uma solução, percebemos que esse caso ocorre após o windows 7 ser atualizado para atender os requisitos mínimos para emissão da NFE 4.0 e no computador possuir instalada uma impressora HP. Já tentamos : -Reinstalar o driver da impressora para o mais atual (baixado do site da HP), -Instalar todas as atualizações do windows. -Atualizar o ACBR (04/08/18) -Atualizar o FortesReport para a ultima versão (04/08/18) Obs: Qualquer outro tipo de impressão funciona normalmente (Word/ReportBuilder/Notepad/Pagina de testes), mas quando é enviado a impressão do DANFE , DACTE ou a impreeão do MDFE as mesmas não funcionam. Em alguns casos a impressora HP nem aparece na lista de impressoras instaladas.
  11. Boa tarde, comecei a receber o retorno abaixo, na transmissão em produção da NFE 4.0 Rejeição 889: Obrigatória a informação do GTIN para o produto Essa validação obrigando a informar o GTIN não teria que entrar em vigor somente em dezembro?
  12. Bom dia @Ivan Ponick, voce conseguiu resolver esse problema porque tambem estou tendo o mesmo problema.
  13. Boa noite ainda estou com muita oscilação no download do XML a manifestação é feita normalmente (Ciencia e Confirmacao da Nota), mas quando solicita o download do arquivo o webservice retorna <cStat>137</cStat><xMotivo>Nenhum documento localizado</xMotivo>, ai após algumas horas tento novamente e o download é feito.
  14. Bom dia, estou com problemas ao fazer o download o arquivo XML na Distribuicao DFE desde ontem alguns clientes conseguem e outros não conseguem fazer o download do xml, não consegui identificar nenhum padrão. O envio do evento funciona normalmente somente o download do XML não está funcionando. Alguém está passando por esse problema?
  15. Bom dia, Aproveitando esse tópico sobre o layout boleto Sicoob. No arquivo de retorno CNAB 240, registro P, posições de 4 a 7, que refere-se ao lote de serviço do arquivo. Reparei que estamos gerando sempre como 0001. Após ler a descrição do manual, conforme imagens abaixo, fiquei com a impressão que esse valor deveria ser incrementado. Gostaria de saber se estou interpretando errado, ou se não há problema em deixar assim.
×
×
  • Create New...