Jump to content

Antonio Ratero

Membros
  • Posts

    28
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by Antonio Ratero

  1. Boa tarde, estou fazendo a migração do sistema do esocial da versão 2.5 para a versão 1.0 simplificada. No sistema eu tenho faço a validação do meu arquivo gerado do meu xml no xsd na versão 1.0 simplificada porem apos enviar o arquivo para o web service ele me retorna o erro 102. ERRO: 102- O Evento informado não foi reconhecido pelo sistema. Ação Sugerida: Verificar se o evento informado e a versão do leiaute estão de acordo com a Tabela 9 (Tipos de Arquivo do eSocial) do eSocial. Porem acho q esta tudo correto pois os dados estava na versão antiga correto e retornava a mensagem de sucesso eu apenas troquei de versão, gostaria de saber o que pode ser o erro, e como resolvê-lo ?
  2. Boa tarde gostaria de sabe se o funcionamento de consulta e pendencias do esocial tem um funcionamento similar ao da nfe, por exemplo ate onde sei o não se deve ficar consultando a todo momento ou enviando arquivo xml para o servidor da sefaz senão o cnpj da empresa é bloqueado queria saber se no esocial tem a mesma restrição
  3. Esta partilha que citei foi por causa da tag ICMSPart que pensei que podia ser para partilha entre contribuintes ICMS de estados diferente, mais aproveitando sua resposta @BigWings e outra que encontrei no site do ACBr a tag ICMPart é para venda de veículos e produtos específicos https://www.projetoacbr.com.br/forum/topic/26-duvida-referente-a-tags-icmspart/ minha dúvida foi resolvida, a partilha é só de contribuinte icms para consumidor final não contribuinte obrigado pela resposta
  4. Boa tarde Estou com dúvida sobre o icms interestadual entre duas empresas que são contribuintes de icms EX: Empresa A de SP vende para empresa B de MG e ambas as empresas são contribuintes de icms gerando assim uma partilha de icms interestadual A TAG da documentação que faz a partilha de icms é o ICMSUFDest, mas este tag só realiza operações interestaduais de empresas contribuintes para consumidor final não contribuinte, então no caso em que estou com dúvida esta TAG não poderia ser preenchido. Qual TAG eu tenho que preencher para realizar operações de empresa contribuinte para outra empresa contribuinte para realizar a operação de icms interestadual?
  5. Boa noite Estou realizando uma emissão de uma NFe referenciada em um teste de homologação e estou com uma dúvida, de onde consigo as informação para preencher os seguinte os campos nEFC e nCOO, sei que o nEFC é o número do de ordem sequencial do ECF, más aonde posso conseguir este número? Achei um post no ACBr que mostrou aonde posso conseguir este número executando o comando ACBrECF1.NumECF para conseguir o número, mas no caso aonde uso um emulador como que eu consigo este número?
  6. Agora ficou claro como funciona está TAG, obrigado vocês pela ajuda
  7. Pelo comentário que vocês fizeram deu pra tentar chegar a uma conclusão TAG: indRatISSQN que tem relação com o Emitente 1º Opção: - Para itens sujeitos ao ISSQN, tem que por a opção "S", que indica que o desconto será rateado(dividido) sobre o subtotal de todos os itens que são sujeitos ao ISSQN 2º Opção - Para itens sujeitos ao ISSQN, tem que por a opão "N", aonde não será rateado o desconto sobre o subtotal dos itens 3º Se o produto possuir ICMS o seu desconto é obrigatóriamente rateado sobre os itens Ex: Do que achamos que seria esta TAG 1º Opção: Um mecânico realiza a troca de oléo do carro, aonde ele cobra a mão de obra por exemplo: 50 reais e também cobra 100 reais dos 3 litros de óleo, mais ele resolve dar um desconto de 20 reais, sobre o produto, sendo estes itens sujeitos ao ISSQN por terem feito parte do serviço, aonde então será debatido o descontro entre o valor dos três óleos 2º Opção o desconto do mecânico será dado apenas sobre sua mão de obra e não sobre o produto. Vocês acham que este exemplo está correto?
  8. Boa noite Estou com uma dúvida sobre o significado do campo indRatISSQN que pertence a Emitente, já pesquisei na documentação e no XSD e vi o significado oficial. Mais eu gostaria se possível de um exemplo prático para que poder entender melhor a aplicação deste campo. Segue em anexo o significado oficial.
  9. Blz Rafael agora coloquei o padrão Cdecl e o sistema compilou normalmente Vlw pelas informações agora fico mais atento a esses detalhes
  10. Estou usando a StdCall é que uma vez vi na ACBr não me recordo se foi um vídeo ou em uma documentação que Cdecl é para Linux, mais estranhei que tem uma pasta de DLLs Linux, então StdCall e Cdecl são para Windows ou tem aplicações específica que usam cada um?
  11. Boa noite Estou com um erro na chamada função PInvoke no ACBrLib Demo, segue a imagem em anexo com mais detalhes.
  12. Dei uma olhada na pasta que baixei do ACBrLibSat, direto da página de download oficial e não possui pasta de dependência (dep), possui apenas a pasta bin com as dlls ACBrSat32 e ACBrSat64. Na ACBrNFe o download possui a pasta dep, aonde existem as dependências LibXml2 e OpenSSL, fiz o teste com elas no Sat e sem elas e não funcionou. Caso houver mais alguma dependência que eu não tenha achado para o SAT e você pode me indicar
  13. Boa noite Estou tentando rodar o ACBrSat Demo, coloquei a DLL ACBrSat32 junto ao executável na pasta bin e o sistema quando vou executar ele pela IDE avisa que está ocorrendo um erro, aonde a ACBrSat32.dll não esta sendo encontrada. Tentei adicionar essa DLL pela referencia no Visual Studio e não tive permissão mesmo tendo adicionado permissão na pasta e desbloqueado a DLL. Tentei rodar com a DLL 64 bits do ACBrSat e o sistema não a reconheceu ao executar o código, continuou pedindo a dll 32 bits. Minha linguagem é C# Baixei hoje (17/09/2019) os arquivos, estando todos na ultima versão.
  14. Blz Rafael Obrigado pela ajuda, vou testa aqui com a versão que você subiu pro repositório, qualquer coisa entro em contato
  15. Estranho que no MonitorPlus a NFe gera normalmente e no ACBrLib não, você poderia ver esta NFe que estou falando ou fazer um teste com ela? Qualquer coisa posto ela.
  16. A linguagem é C# Acho que deve ser a atualizada por que peguei direto da página de Lançamento do ACBrLib, neste link http://svn.code.sf.net/p/acbr/code/trunk2/Projetos/ACBrLib/Demos/
  17. Continuei fazendo testes na LibNfe Demo e encontrei uma resposta pra minha pergunta, acho que o ACBRLibNFe Demo esta cortando os últimos dois dígitos da chNFe, ficando com 42 caracteres, aonde deveria ser 44. [NFe19] Id= XML=<protNFe versao="4.00"><infProt><tpAmb>2</tpAmb><verAplic>SP_NFE_PL009_V4</verAplic><chNFe>351909342292080001075500100000001911642017[Retorno] Comprovei que o mesmo arquivo .ini do MonitorPlus pega no ACBRLibNFe, realizei testes no MonitorPlus NFe aonde emiti uma NFe com com estes nódos [Identificacao] cNF=00000010 nNF=000000019 Em seguida no ACBrLibNFe Demo peguei o mesmo .ini da NFe e modifiquei os nodos [Identificacao] cNF=00000011 nNF=000000020 Assim ocorreu o erro de cortar os caracteres, a NFe foi emitida corretamente só que me retornou um erro, comprovei isso pegando este mesmo .ini que usei no ACBrLibNef Demo e envie no MonitorPlus que retornou a mensagem de que a Chave de acesso desta NFe já existe no SEFAZ, peguei a Chave de Acesso que o MonitorPlus me passou na mensagem e verifiquei no SEFAZ de homologação e realmente o ACBrLibNFe Demo emitiu a NFe só que esta dando erro no retorno aonde corta os caracteres impedindo que a Chave de acesso do LibNFe seja utilizada pra verificar no SEFAZ. Outro teste que realizei a chNFe do ACBrLibNFe retornada foi: 351909342292080001075500100000001817796041 E o MonitorPlus retorno esta mensagem de já existência de chNFe no SEFAZ, mais agora com os dois últimos dígitos no final 35190934229208000107550010000000181779604159
  18. Boa noite Estou tentando emitir uma NFe com o ACBrLibNFe Demo e está acontecendo o seguinte erro XMotivo=Rejeição: Falha no schema XML Estou utilizando um arquivo NFe.ini que fiz no ACBrMonitorPlus e deu certo a geração da NFe no SEFAZ, este arquivo .ini modifiquei alguns campos pra não ficar igual ao que já gerei pelo MonitorPlus. Gostaria de saber se o mesmo arquivo .ini do MonitorPlus pode ser utilizado no ACBrLibNFe?
  19. Boa tarde Obrigado a todos pela resposta, a partir do que vocês escreveram compreendi melhor o campo Serie e realizei uma pesquisa e também falei com um Contador Na pesquisa descobri que a respostas do @Felipe E. Resende Mesquita e do @BigWings se complementam - O Contador me disse que o mais utilizado é a Serie 1, por que até uma empresa atingir 999.999.999 para ir pra Serie 2 tem que ser uma empresa muito grande e que vende muito. - A Serie normal vai do 1 a 889 e é comandada pelo campo Numero da NFE, aonde quando o sistema gera uma Serie por exemplo Serie = 1, o Numero esta pela primeira vez entre 1-999.999.999, quando o Numero chegar em no seu limite a primeira vez ele é resetado para 1, e a Serie e adicional +1 ou seja a Serie que era 1 passa para 2 e conforme o Numero é resetado após atingir seu número máximo a Série e adicinada +1 novamente. - Por curiosidade a Serie também é utilizada em NFA ou seja NFE de Avusa - Apenas MEI e Empresas, que vendem produtos ou serviços que não fazem parte de sua "tribuicao fiscal" podem emitir - Deve pedir autorização ou seja se enquadrar nos requisitos de emissão de NFA no SEFAZ - É realizado online pelo site da SEFAZ - Pode ser eletrônica ou papel - Tem UF que permite e tem que não
  20. Boa noite Estou com uma dúvida sobre o campo Série da NFe, a minha dúvida é em relação a série virtual, pesquisei e encontrei em um artigo, descrevendo que a sequência real de uma numeração de NFe é de 1 a 999.999.999 O que serie esta série virtual? Pesquisei, mais sou novo em Automação Comercial, gostaria de uma explicação um pouco mais compreensível.
  21. Boa noite A ACBr já tem alguma data prevista para o lançamento oficial do ACBrLib?
  22. Sua aplicação Web esta em um servidor externo e ele acessa o webservices(rest) que está na maquina do cliente, seria isso?
  23. Entendi, no caso eu consegui fazer a emulação do SAT normalmente pelo ACBrMonitorPlus junto com o Emulador e Ativador em Java que tem no SEFAZ este não necessitou de Certificado digital. O meu sistema é para SP teria que ter o SAT obrigatoriamente, você possui muita experiencia em AC, já deve ter visto muitos sistemas, seria necessário também junto com o SAT ter a NFE no sistema?
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.