Jump to content

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png click.png click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

click.png

Diego Dmitruk Maturana

Membros
  • Posts

    22
  • Joined

  • Last visited

Recent Profile Visitors

567 profile views

Diego Dmitruk Maturana's Achievements

Apprentice

Apprentice (3/14)

  • First Post
  • Collaborator Rare
  • Conversation Starter
  • Week One Done
  • One Month Later

Recent Badges

11

Reputation

  1. Bom dia. Sou do Paraná, aqui temos a NFC-e. Estudando mais a fundo o SAT em ambiente WEB ou Servidor em Nuvem e descobri o seguinte. Fica claro que não se pode utilizar um sistema fora do estabelecimento comercial. O Servidor da aplicação (APP, WEB, Windows, Linux) e SAT precisam estar na rede local, não podem depender de internet. Nesse caso ou desmembra a frente de caixa da retaguarda, muito parecido com os sistema de mercados ou o antigo PAF-ECF. Ou fica ilegal e faz uma aplicação do seu sistema WEB que se comunica com o SAT local. Mas se cair a internet adeus emissão de CF-e. Entendo essa questão, visto que eles obrigam a compra de 2 equipamentos SAT para um ficar de reserva. Não tem lógica ter 2 SAT e o aplicativo comercial parar sem internet e ficar sem emitir CF-e. Olhando sistemas como o "Conta AZUL" vi que eles priorizam a NFC-e e falam que o SAT é apenas para quanto a NFC-e está fora do ar. Minha dúvida. Se mesmo tendo 2 SAT, o sistema apenas emitir NFC-e. Esses SATs irão ficar inativos até quando ocorrer a queda da NFC-e para poder utilizar o SAP. Existe algum tempo que o SAT possa ficar sem emitir CF-e e ser bloqueado? Como os amigos respondem para os clientes que não gostariam de ter o Servidor local?
  2. Obrigado pelas respostas. Se em um mesmo servidor (Windows) com o ACBrMonitorPlus tenho 2 empresas (CNPJ diferentes), com cerificados diferentes, é possível?
  3. Juliomar, obrigado pela resposta. Aqui programamos em FUJITSU COBOL, então ou iria utilizar o ACBrMonitorPlus ou o ACBrLib. Minha dúvida, assinando SAC, posso utilizar em um cliente o ACBrMonitorPlus e em outro cliente o ACBrLib?
  4. Duvida ACBrLib vs ACBrMonitorPlus Ola, tenho algumas dúvidas para utilização dos 2 produtos. ACBrMonitorPlus Como faço para trabalhar em rede com ele? Tenho que instalar em todas as estações ou somente no Servidor? Temos caso em que a rede tem um servidor e as estações. E outros casos somente 1 servidor e os usuários acessam via Terminal Server. ACBrLib No caso do ACBrLib ele chama a DLL do próprio diretório aonde está o .EXE da aplicação, ai não importa se é estação ou servidor. É isso? Quando contrato o SAC tenho que escolher qual eu vou utilizar ACBrLib ou ACBrMonitorPlus? Ou posso utilizar os 2?
  5. Legal, já me inscrevi no Dia do ACBr Online. Pode encerrar o tópico.
  6. Complementando. Existe um site oficial do governo que é o SERPRO (Serviço Federal de Processamento de Dados). Essa é a única forma que achei de ter acesso privilegiado a essas informações. Slogan deles: “O Serpro é a maior empresa pública de tecnologia da informação do mundo. Há 50 anos, moderniza o Estado brasileiro com soluções estratégicas para o país.” Ele vende informações oficiais como CPF/CNPJ/NF-e via Chave de Acesso. https://www.loja.serpro.gov.br/consultacnpj https://www.loja.serpro.gov.br/consultacpf https://www.loja.serpro.gov.br/consultanfe O valor unitário para pequenas quantidade é alto. Em grandes quantidades o valor vai diminuindo.
  7. Pessoal da manifestação. Vocês respeitam isso? "De acordo com a NT2014.002 a empresa deverá aguardar um tempo mínimo de uma hora para efetuar uma nova solicitação de distribuição caso receba a indicação que não existem mais documentos a serem pesquisados na base de dados do Ambiente Nacional." Quando o retorno vem "137 - Nenhum documento localizado"? Agora vem minha dúvida. Como algumas empresas que guardam XML ou possuem aplicativos de manifestação conseguem baixar XML de anos atrás e também após uma manifestação ficam consultando infinitamente sem serem punidas com o "656–Rejeição: Consumo Indevido" ?
  8. Daniel obrigado pela resposta. Baixei o manual e o XSD. Então é completamente diferente. Nesse caso posso usar o ACBrSAT com integração via TXT que ele faz essa comunicação entre o SAT. Como está a NFC-e de SP? É bem estável? Aqui no PR é muito difícil ter que usar a NFC-e OFFLINE. O que eu falei sobre a NFC-e Online em SP é isso mesmo? Se tiver OK a internet e WebService posso emitir a NFC-e com o XML padrão, o único caso é se sair do ar ai tenho que partir para o SAT.
  9. Bom dia. Atualmente não utilizo o ACBr para NF-e/NFC-e, desenvolvi em JAVA a geração do XML, assinatura e transmissão. Gostaria de homologar o sistema para a NFC-e de São Paulo. Pelo que eu vi SP disponibiliza a NFC-e (ONLINE) desde que tenha um equipamento SAT para quando tiver problemas técnicos. Com o mesmo XML da NFC-e é possível fazer a emissão com o SAT? Ou é um arquivo TXT? Obrigado.
  10. COORDENAÇÃO TÉCNICA DO ENCAT 23/03/2020 Adiamento Regras de Validação da NT do MDF-e Integrado - COVID-19 Comunicamos que as regras de validação restritivas da NT 2020.001 MDF-e integrado foram adiadas para 06 de julho de 2020 devido as dificuldades adicionais impostas pela pandemia do COVID-19. O evento de pagamento e as demais alterações de schema da NT, como são opcionais, terão sua data mantida em 06 de abril de 2020. FONTE: https://dfe-portal.svrs.rs.gov.br/Mdfe/Avisos/1075
  11. De: Conhecimento de Transporte Eletrônico <[email protected]> Date: sex., 20 de mar. de 2020 às 18:13 Subject: RES: Sugestões, Elogios e Críticas - Críticas To: [email protected] <[email protected]>, Conhecimento de Transporte Eletrônico <[email protected]> Esta informação do produto predominante não á para a SEFAZ e sim para a que também recebe este documento. A ideia é que no futuro o MDF-e integrado venha a substituir o CIOT, que é um documento que os transportadores tem que informar para a ANTT. Este e-mail é meramente informativo e não se reveste do caráter de Consulta Formal conforme Lei Estadual nº 6537/73 NAVi - Núcleo de Atendimento Virtual Receita Estadual – RS
  12. Achei a NT 2020.001 MDF-e Integrado (v1.03) muito burocrática. Quando tpEmit igual a '1' (Prestador de serviço de transporte) E NÃO for informado o Grupo de Informações do Produto Predominante da Carga (campo: prodPred) irá rejeitar. Ai você vai ver esse grupo prodPred. Tem NCM, GTIN, etc do produto predominante. Poxa, se no MDF-e vincula CT-e que vincula NF-e era só eles fazerem isso internamente para um relatório para fiscalizar. Mas você tem que ir lá e duplicar a informação que eles já possuem. Cada CT-e pode conter um produto predominante. Se tenho 100 CT-e cada um com um produto predominante, como vou saber o produto mais "predominante" do MDF-e? Vai ser uma informação manual e difícil de ser identificada.
  13. No Manual de Orientação do Contribuinte, Anexo II – Manual de Especificações Técnicas do DACTE, Versão 3.00a – abril (2019) mudaram a forma de exibição dos pesos. A TAG infQ ela é múltipla e sem uma regra definida para tpMed que é de livre preenchimento. Como fazer para preencher corretamente os campos de impressão do DACTE "Peso Bruto (KG)", "Peso Base Cálculo (Kg)" , "Peso Aferido (Kg)" visto que não existe no Layout um campo específico para essas informações e o texto de preenchimento do tpMed é livre. Da forma anterior os campos dos pesos o preenchimento era da forma que constava no XML. Agora querem resumir uma informação na impressão que é totalmente livre no XML.
  14. Bom dia. Lançaram no mesmo dia do MDF-e, está no link -> https://dfe-portal.sefazvirtual.rs.gov.br/Cte/Documentos
  15. Saiu os Manuais e SCHEMAS do CT-e e MDF-e 3.00a https://dfe-portal.sefazvirtual.rs.gov.br/Cte/Documentos# https://dfe-portal.sefazvirtual.rs.gov.br/Mdfe/Documentos# Mantiveram os mesmos prazos.
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.