Jump to content

flavio80s

Membros
  • Posts

    42
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by flavio80s

  1. Bom dia Rodrigo. A AFRAC trata essa informação como "extraoficial". Aguardemos uma nova publicação.
  2. Boa tarde a todos! Recebi ontem da AFRAC a seguinte notícia: Será que amanhã teremos noticias da NT 2015.003?
  3. Direto e certeiro. Obrigado Daniel.
  4. Obrigado pelo alerta, já estou ciente dos problemas de um unico SAT. Em sua especificação, o SAT já foi pensado para trabalhar 1 SAT para "n" Frentes. Os contadores estão divulgando aos contribuintes que só será necessário 1 SAT para "n" Frentes. E quanto a NFC-e? Está vindo com toda força em SP, com projeto piloto em produção e tudo, tendo o SAT como contingência offline. Vocês acham que os contribintes vão querer comprar um SAT pra cada Frente só pra fazer contingência? Acho que não... Concordo que somente 1 SAT para "n" Frentes é arriscado demais, mas cabe a nós fornecedores de AC nos prepararmos pra isso e recomendar aos contribuintes que seja feito pelo menos uma redundância nos SATs.
  5. Bom dia a todos. Andei estudando DataSnap e vi que estamos com a faca e o queijo na mão. É só pegar o SATTeste e transformar ele em um servidor DataSnap, expondo as principais funções do SAT como métodos do servidor. Implementar uma fila interna para gerenciar as transações. No checkout é só apntar pro ip onde o servidor está, montar o XML do CFe e mandar pro método no servidor como parametro texto e esperar o retorno. O que acham?
  6. Boa tarde. Por que existe uma interface de rede no ACBrSAT e no SATTeste tem compos para configura-la? Desculpem a minha ignorancia, mas a comunicação da AC com o SAT não é só USB? Essa interface é para autorizar CF-e enviadas da AC via rede? Att.
  7. Bom dia João, preciso da sua ajuda sim. Voce implementou tipo um ACBrMonitor com todas as funções que o sat precisa (venda, rotinas de teste, cancelamentos) que se comunica via RESTful (usou datasnap?) e a AC manda comandos e aguarda retorno pra continuar a venda? Voce colocou em produção? Esta rapido? Parece que os desenvolvedores (softwarehouse, não o ACBr) não estão dan a importancia devida pra esse assunto... Quem vai querer comprar um SAT por caixa se pode ter um pra loja toda? E quando a NFCe vigorar e o SAT for a contingencia offline? Agradeço muito se puder me ajudar. Att.
  8. Alguem tem algo para falar sobre o assunto?
  9. Obrigado pelo aviso.
  10. Boa tarde. Algum dos utilizadores do ACBrSAT precisou desenvolver um centralizador para o uso do SAT no cenário "múltiplos checkouts e somente um SAT"? O ideal seria um Checkout por SAT, o desenvolvimento seria bem suave, como fazemos com o ECF. Mas o SAT foi projetado para suportar multiplos Checkout por SAT, que demandaria a criação de um centralizador, que faria o balanceamento dos CF-e para o(s) SAT(s). Os Contribuintes de posse dessa informação não aceitaram comprar um SAT por Checkout, sendo que necessitaria somente de um...
  11. Criando um sub-fórum as informações não ficariam misturadas com duvidas sobre desenvolvimento, nem necessitariam que um moderador do fórum as fixa-se. Seria uma central de informações com as obrigatoriedades que estão por vir. Garanto que muitos desenvolvedores já foram pegos de surpresa por alguma lei. Obrigado pela atenção.
  12. Bom dia. Gostaria de propor a criação de Tópico Fixo ou Sub-Fórum sobre Novidades/Obrigatoriedades na Legislação Fiscal e Tributária. Nesse espaço todos poderiam postar informações desse tipo, evitando que os usuários fossem pegos de surpresa por alguma nova lei.
  13. Obrigado pela resposta pessoal. Vocês conhecem algum caso de alguém que tenha deixado de homologar algum executável, não incluindo no MD5? Alguém tem contato com alguma homologadora, onde eu possa tirar essa dúvida?
  14. Bom dia. Entenderam a minha dúvida? Os requisitos para Farmácia de Manipulação já são atendidos pelo módulo de Vendas, tenho necessidade de homologar novamente o módulo de Manipulação?
  15. Boa tarde a todos. Minha solução é composta por basicamente três módulos: Um módulo para Drogarias, um módulo para Farmácias de Manipulação, que controla todo o processo de produção das Fórmulas e estoque de Materias Primas e um módulo de Vendas, que comunica com o ECF, vendendo Medicamentos Industrializados (Drogarias) e Fórmulas (Farmácias de Manipulação). Os módulos de Manipulação e de Vendas são homologados PAF-ECF. O módulo de Manipulação não realiza nenhuma interação com o ECF, somente alimenta em meu banco de dados um DAV para cada Fórmula manipulada, mas como há requisitos específicos para Farmácias de Manipulação, relativos a impressão do Nº do DAV no Cupom Fiscal (realizado pelo módulo de Vendas), resolvemos homologá-lo também, incluindo o executável no MD5, mas isso só atrasa a liberação de versões desse módulo de Manipulação, pois temos que cadastrar nos estados a cada versão que liberamos. Se eu mudasse a rotina de alimentação do DAV no banco de dados para o módulo de Vendas, o Módulo de Manipulação não teria que atender nenhum requisito PAF-ECF, não sendo necessário passar por homologação/cadastro nos estados. Posso fazer isso? O MD5 do meu módulo de Vendas esta atrelado ao módulo de Manipulação. Na minha próxima homologação eu poderia deixar de homologar o módulo de Manipulação, gerando o MD5 somente do módulo de Vendas?
  16. Essa dica funcionou perfeitamente!
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.