Jump to content

Edson Alves

Membros
  • Posts

    22
  • Joined

  • Last visited

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

Edson Alves's Achievements

Apprentice

Apprentice (3/14)

  • First Post
  • Collaborator Rare
  • Conversation Starter
  • Week One Done
  • One Month Later

Recent Badges

2

Reputation

  1. 1) Qual o seu conhecimento atual sobre a contingência na NFCe? R.: Regular. 2) Se implementou ou iniciou a implementação, quais foram suas maiores dificuldades? R.: O incremento da numeração e o relacionamento das demais tabelas envolvidas na operação com duas notas para a mesma venda, como também o cancelamento por substituição quando o prazo é extrapolado. Esse cancelamento, ficando a cargo do software (automático), gera uma responsabilidade ainda maior para as SH's como duplicidade de tributação caso o cancelamento não seja realizado com sucesso. Acredito que o melhor seria menter o número inicial, porém checar o TimeOut (geralmente as duplicidades acontecem aqui) mudando o número apenas nesses casos. 3)Quais artigos, manuais ou documentos você já leu relacionado ao assunto? R.: O manual já mencionado.
  2. Leandro, primeiramente obrigado pela dica. Já fiz isso também outras vezes e pensei nessa solução, inclusive fiz um relatório usando o TRichMemo para atender essa demanda mas os recursos limitados deixam o relatório com layout prejudicado, mas é o que temos pra hoje.
  3. Desse jeito os detalhes precisam estar ordenados por categoria subtotalizando (summary) cada uma ao seu término para apresentar o total geral no final, certo?. Assim eu já tinha feito, mas o cliente quer que os registros apareçam na ordem que entram no banco de dados, assim não ficam organizados pela categoria. O subtotal acontece quando muda a data e é aqui que preciso mostrar cada categoria com seu respectivo subtotal e o mesmo no final do relatório com o total geral. Fiz uma tabela temporário para ir somando os valores o que pode ser feito também com uma query para os subtotais/totais mas não sei como posso imprimir esses detalhes no summary.
  4. Fiz direto com Zeos e via ODBC com o componente TODBCConnection e TSQLQuery Ambos com o mesmo resultado, sempre com as "?" .
  5. Estou com problemas na importação de uma tabela do SQL Server 2014 com Zeos. Os campos são do tipo Varchar e collation Latin1_General_CI_AS No Microsoft SQL Server Management Studio tudo está ok, mas no DBGrid do meu utilitário de importação (LAZARUS+ZEOS) os nomes com acento são exibidos com "?" .
  6. A minha opinião é que não deveria cancelar a operação em momento nenhum. Depois de autorizada, independente do estado do cupom, manda a confirmação e se o usuário quiser cancelar por qualquer motivo faz isso explicitamente. A ideia de confirmação ou não dependendo o estado do cupom é do tempo do ECF. Se estiver errado por favor me corrijam.
  7. Prezados, Sobre o método .Crt do componente ACBrTEFD como sei que a transação foi autorizada? 1) ok:=ACBrTEFD.CRT(pgtValor,'01'): Ok pode retornar "true" sem que a transação tenha sido autorizada em algum caso? 2) UltResp.CodigoAutorizacaoTransacao : Pode vir "não nulo", mas sem a transação autorizada? O que é realmente seguro e deve ser usado?
  8. Blz, era exatamente isso que não queria, mudar o banco de dados apenas para contornar esse problema. Agradeço o empenho. Vou usar o TMaskEdit passando os dados para o campo da tabela na hora de salvar.
  9. No caso Nem um nem outro, apenas "EditMask". Uso: Lázarus: v2.0.8 (Windows) Para conexão e manipulação dos dados no servidor: (TZQuery da ZeosLib) -> Não Têm as propriedades citadas, apenas EditMask. Para manipulação dos dados no cliente: (TRxMemoryData da RxLib) -> Idem DB: Firebird 2.5
  10. Olá Juliomar. Primeiramente muito obrigado pelo interesse em ajudar. Funciona perfeitamente no Delphi, mas no Lazarus tem alguns probleminhas, pelo menos é o que acontece aqui. Perceba que estou falando do componente "TDBEdit" e sua propriedade "EditMask" no Lázarus. Não do componente "TEditMask", este funciona bem. Colocando a máscara: "(00)0000.0000;1;_" ou "(00)0000.0000;0;_" o formato fica ok em design "(__)____.____" ; o que aparece quando o registro é carregado na tela é, por exemplo: "8198989898" ; Quando o componente recebe o foco a máscara aparece: "(81)9898.9898" ; Quando o foco sai do componente volta a ser "8198989898" , talvez uma propriedade "DisplayFormat" resolvesse, mas ela não existe no componente citado; Como o campo da tabela é "varchar(10)" se coloco o "1" no segundo argumento da máscara, ao deixar o foco no componente os três últimos caracteres são truncados e o que vai entrar no DB é isso:"(81)9898.9" ; Outro: Ao iniciar a digitação o cursor fica em cima do primeiro caractere, no caso "(" exigindo que o usuário tecle algo antes, um espaço por exemplo, para digitar o DDD. Resumindo, os caracteres de formatação não ficam fixos como no Delphi ou mesmo como no componente "TMaskEdit" do próprio Lázarus com a possibilidade de salvar de forma literal ou não "1 ou 0 no segundo argumento". Por enquanto estou deixando sem formato, mas isso não traz uma boa experiência para o usuário. Acredito que alguém já certamente passou por essa etapa e resolveu sem precisar fazer muita "gambiarra".
  11. É antigo, mas por incrível que pareça, ainda não consegui resolver apesar de muitas buscas na web. No caso exposto acima, não pretendo salvar o conteúdo com a formatação, quero apenas os números. Se colocar "1" o resultado será o campo com os caracteres indesejados. O comportamento do DBEdit do Lazarus não é o mesmo do Delphi, infelizmente. Como posso formatar os campos: "cpf", "cnpj", "telefone" sem perder essa formatação ao sair da digitação do campo no form?
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.