Jump to content

AlexandreADC

Membros
  • Content Count

    175
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

2 Neutral

About AlexandreADC

  • Rank
    Membro
  • Birthday 03/11/1993

Contact Methods

  • Website URL
    http://extremeprogramming.wordpress.com/

Profile Information

  • Sexo
    Masculino
  • Localização
    Pato Branco - PR
  • Interesses
    SPED
    NF-e
    NFS-e
    CT-e
    MDF-e
    Legislação Tributária
    Contabilidade

Recent Profile Visitors

1,045 profile views
  1. Alguém já implementou? Tem como disponibilizar os arquivos para a comunidade?
  2. Sinceramente não sei...
  3. @luizclaudio_jr mas por ele ter liberação na receita (CNE - Cadastro Nacional de Emitentes) para emitir CT-e, então a receita está considerando ele como Transportadora
  4. Certo, mas eu ainda acredito que deve ser obrigatório ter um documento de transporte anterior, pois se uma transportadora contratou uma outra, apesar de ser uma simples contratação, a mercadoria é de uma terceira empresa (normalmente da empresa remetente), e quem cobra ela é a transportadora que me contratou, então para cobrá-la ela deve emitir um CT-e. Ou seja, se eu fui subcontratado por outra transportadora, então quer dizer que alguém contratou ela, então, se alguém contratou ela, deve existir um documento fiscal de cobrança, e este deve ser relacionado como documento de transporte anterior. Basicamente é isso a lógica que eu estou pensando, apesar que na prática não aconteça isso.
  5. Certo Claudio, mas se a mercadoria não ter passado pelo Tomador, então também ficaria errado colocar ele de expedidor? Vejo que pela lógica, como o Italo disse, se o Tomador tiver liberação na receita para emitir CT-e, e ele paga para outra empresa para transportar. Então está certo marcar como Subcontratação.
  6. Certo, mas se o expedidor e recebedor só pode ser preenchido em caso de subcontratação, redespacho ou redespacho intermediário, não em tipo do serviço Normal. No caso de transporte da Empresa X Filial para o Destinatário Y, o emitente é a Transportadora Z mas quem pagaria a despesa seria a empresa X Matriz, ela ficaria como Tomadora do serviço separada. Nesse caso não é subcontratação, nem redespacho é um serviço Normal, não entendo o porque do bloqueio. Estou correto?
  7. Sinto orgulho desta comunidade, pois são raras as comunidades de Delphi com códigos-fonte open-source, e o Projeto ACBr sem dúvida nenhuma é um sucesso! Parabéns aos fundadores e a todos colaboradores deste grande projeto! Mas hoje minha equipe enfrenta várias dificuldades em entender o que está sendo alterado nos fontes comitados, apesar de ter o changelog e log do svn muitas informações estão espalhadas, inclusive no fórum, deixando assim a conferência de códigos-fonte quase impossível, inclusive o feedback para o desenvolvedor que criou a alteração. Lembro antigamente que não era obrigatório o comentários nos logs do SVN, e era um inferno naquela época (desculpe o palavrão), melhorou muito desde aquela época, mas até hoje sou obrigado a manter uma cópia homologada dos fontes do ACBr para garantir que bugs não cheguem ao cliente. Sou a favor do Git, pois apesar de aumentar um pouco a burocracia, melhora muito a questão de controle de alterações, tanto local quanto global, a ferramenta TortoiseGit é muito parecida com a TortoiseSVN, pois usaria o Git muito parecido com o SVN, aumentando a curva de aprendizagem, e com ele minha equipe poderia colaborar mais ainda. Gostaria que mais pessoas inclusive contribuíssem com este post, sugerindo outras ferramentas que conheçam, ou alguma outra sugestão de melhoria. Obrigado
  8. Existe um problema com assinaturas em casos que existe matriz/filial O erro não é auto-explicativo, mas consegui resolver ligando lá e me informando como vinculo a informação da empresa Matriz com a Filial... Tem que fazer uma configuração no site para vincular as duas empresas para que possa assinar o lote do RPS com o certificado Matriz. Espero ter ajudado.
  9. Pessoal, a receita mudou o modo de pegar o captcha do CNPJ, deixando igual do CPF agora é possível recuperar pela URL: http://www.receita.fazenda.gov.br/pessoajuridica/cnpj/cnpjreva/captcha/gerarCaptcha.asp ATENÇÃO Retorno do Captcha agora é PNG e não mais JPG em anexo fontes ACBrConsultaCNPJ.pas
  10. Bom dia caros amigos, Primeiramente gostaria de perguntar: É neste setor do fórum que eu expresso minhas perguntas relativas ao SEF? Segundo gostaria de uma ajuda de vocês, fiquei bastante tempo procurando na internet e não achei ninguém apontando falhas do gênero: "O Validador do SEF não importa os registros". O que ocorre é o seguinte: Eu mando o bloco: E080, E085, E305, E310, E330 e E340, mas o validador persiste em apurar o ICMS por conta própria. O problema é que a apuração do validador não calcula o valor de 'outras' nem mesmo importa o valor de outras nem de ICMS-ST das entradas. Vejam as imagens: Em anexo o SEF Gerado. O que estou fazendo de errado?
  11. Olá pessoal, já está implantado... http://nfse.pmfi.pr.gov.br/giig/Portais/PortalNFSE/Templates/wfrmPaginaPublicacoesLista.aspx?IdLinkItem=66 Alguem conseguiu adaptar alguma coisa para Foz? Por ex: reutilizar o layout de outro provedor para enviar para Foz?
  12. Obrigado pela contribuição Elias, assim que pudermos testaremos sua implementação.
  13. Ele só vai imprimir quando passar o parâmetro EnviarImpressora = TRUE Colocando os comandos de cabeçalho a cada etiqueta, a impressora identifica que é uma etiqueta (com várias cópias ou não) que vai ser impressa com aqueles comandos que tinha sido passado para o componente. Se eu acumular esses comandos e enviar tudo de uma vez para a impressora, ela vai saber quantas etiquetas eu preciso e se precisa cortar elas ou não. Se eu seguir conforme sua indicação, a impressora nunca saberia o momento de cortar (caso tivesse essa funcionalidade), porque acha que todos comandos são de 1 etiqueta só. Fizemos a alteração para que não dê impacto para os demais desenvolvedores, porque EnviarImpressora é DEFAULT True.
×
×
  • Create New...