Jump to content

logo_acbr_paygo.png

Chegou o TEF ACBr PayGo
Seja um revendedor e ofereça uma solução completa para seu cliente.


botao_saibamais.png

beneficios.png

Curso Dominando o ACBrMonitor
Novo Módulo Soluções de Varejo
Assine o SAC ACBr em qualquer plano e tenha acesso

Saiba Mais

Balança SM100 performance surpreendente

Tecnologia Japonesa   Teclado e Visor resistentes a água
Consumo inteligente de etiquetas   Baixo custo de manutenção
Comunicação Ethernet e WIFI independentes

Saiba Mais

Impressora de Etiquetas ELGIN - L42 PRO

Protocolos PPLA, PPLB, ZPL, EPL (automático)
Porta USB padrão Opcionais: Ethernet, Serial, Paralela
Sensor de Etiquetas Móvel Garantia de 18 meses

Saiba mais

farnetani

Membros
  • Content Count

    179
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    2

farnetani last won the day on September 29 2019

farnetani had the most liked content!

Community Reputation

16 Good

About farnetani

  • Rank
    Membro

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Resolvido. Postei lá no local onde se coloca os updates de cidades.ini a solução.
  2. Italo, consegui validar a NFSe aqui, porém tive que alterar os fontes e o arquivo SigCorp também. As alterações foram as seguintes: SigCorp.ini Alterei o endereço que estava incorreto e por esse motivo estava dando erro. [URL_P] RecepcaoLoteRPS=http://%NomeURL_P%.sigcorp.com.br/servico.asmx [URL_H] RecepcaoLoteRPS=http://%NomeURL_H%.sigcorp.com.br/servico.asmx Cidades.ini [3152501] Nome=Pouso Alegre UF=MG Provedor=SigCorp NomeURL_H=testeabrasfpousoalegre NomeURL_P=abrasfpousoalegre Fonte: pnfsNFSeW_ABRASFv2.pas Acrescentei o nome: proSigCorp, após a linha 466, antes do nome `proISSJoinville: Gerador...` Segue os 3 arquivos em anexo zipado no acbr.zip. Fazendo isso, consegui emitir as NFSe normalmente! acbr.zip
  3. @Italo Jurisato Junior, boa tarde. Analisando os fontes `pnfsNFSeW_ABRASFv2.pas` na linha 476, não faltou especificar ali o provedor proSigCorp para o campo alíquota conforme exemplo acima na outra resposta, que tem no seu xsd totalDigits = 4 e fractionDigits = 2, teria que ter ali entre a linha 475 e 476 o provedor da SigCorp, não teria? case FProvedor of proActconv2, proCoplan, proDigifred, proELv2, proFriburgo, proNEAInformatica, proNotaInteligente, proSisPMJP, proVitoria, proSmarAPDABRASF, proGiss, proDeISS, proTcheInfov2, proCenti, proRLZ, proiiBrasilv2, proISSJoinville: Gerador.wCampo(tcDe2, '#25', 'Aliquota', 01, 05, 0, NFSe.Servico.Valores.Aliquota, DSC_VALIQ); proABase, proDesenvolve, proEReceita, proModernizacaoPublica, proProdata, proSafeWeb, proSimplISSv2, proTecnos: Gerador.wCampo(tcDe2, '#25', 'Aliquota', 01, 05, 1, NFSe.Servico.Valores.Aliquota, DSC_VALIQ);
  4. Olá @Italo Jurisato Junior, boa tarde. A cidade de Pouso Alegre - MG que utilizava GINFES mudou para SigCorp. Porém fiquei na duvida, porque o sistema deles se chama SIGISS e vi que existem esse SigIss também no diretório de ArqINI o que me confundiu realmente qual seria o certo de usar? https://pousoalegre.mg.gov.br/imagens/image/NOTAS FISCAIS/Manual_WS_Abrasf.pdf Me parece que alguns links do manual estão quebrados também pra ajudar. [3152501] Nome=Pouso Alegre UF=MG Provedor=SigCorp NomeURL_H=testeabrasfpousoalegre NomeURL_P=abrasfpousoalegre
  5. @Italo Jurisato Junior Fiz conforme a sua orientação, porém está resultando no seguinte erro: `2.000` violates totalDigits constraint of '4'. Realmente, comparando o xsd do ginfes com o do sigcorp, eles são diferentes, no ginfes tinhamos 5 dígitos e 4 na fração, no da sigcorp temos apenas 4 dígitos e 2 na fração. Aproveitando, notei que existe uma forma de alimentar isso diferente pra cada provedor, vendo um outro post seu, vi que a recomendação é pra quando o provedor tiver 4 dígitos dividirmos por 100, tipo ao invés de informar: 02.00, ficaria 0.02. Seria esse o caso da SigCorp? Abaixo segue o xsd da SigCorp E no Ginfes era assim: Teria que ser alterado alguma coisa a mais no ACBR, ou basta eu dividir por 100 pra ver se passa a alíquota? Olhando o modelo, a impressão que dá é que o xml teria que ser gerado com apenas 2 dígitos na fração, porém está sendo gerado com 4 conforme exemplo abaixo:
  6. Bom dia pessoal, acabei de receber o comunicado abaixo e gostaria de saber se é fácil eu alterar no componente para estar usando esse software SIG CORP? Não sei se o mesmo já existe em outros municípios e se já foi implementado. INFORMAÇÃO IMPORTANTE! A Prefeitura Municipal de Pouso Alegre nos informou que o contrato com a empresa gestora do sistema de emissão de Nota Fiscal de Serviços a GIS ON LINE venceu e que houve já uma licitação onde a vencedora foi a empresa SIG CORP e o início das operações para emissão das notas no novo sistema estava marcado para o dia 01 maio/2020. O Sindicato dos Contabilistas de Pouso Alegre entrou em contato com o secretário de finanças e argumentando com ele sobre a crise do covid-19 entre outras questões para implantação neste momento difícil que atravessamos. Porém como o contrato com a outra empresa estava vencendo não haveria muito o que se fazer, visto inclusive que a licitação saiu antes dessa pandemia. Diante dos fatos o Sindicato solicitou que esse prazo pelo menos se estendesse até o dia 01 de junho/2020, o que foi de pronto atendido. Desta forma a partir do dia 01/06/2020 o sistema antigo não estará mais habilitado para emissão das notas fiscais. Segue abaixo links com treinamentos para emissão das notas fiscais. Treinamento para demais empresas https://youtu.be/kP572nYQQ-w Treinamento para emissão de 2º via de Nota fiscal e cancelamento https://youtu.be/BQ9ydS9C2-A Treinamento para empresas desenvolvedoras de software https://youtu.be/r9Xah99tKFg Em breve será disponibilizado o endereço do site para fazer os testes
  7. O problema estava na INSTABILIDADE DO WEBSERVICES DO BHTISS.
  8. Pessoal, boa noite. Estou tendo problemas ao tentar enviar os RPS para o bhtiss (belo horizonte), alguém sabe me dizer o que pode ser o erro abaixo: Erro HTTP: 6 URL: https://bhissdigital.pbh.gov.br/bhiss-ws/nfse O identificador não está no estado correto para a operação solicitada - URL:https://bhissdigital.pbh.gov.br/bhiss-ws/nfse - SOAPAction:http://ws.bhiss.pbh.gov.br/ConsultarNfsePorRps Já verifiquei a máquina do cliente e já testei na minha (que para outros provedores de serviços está tudo ok). Este erro pode estar associado ao NUMERO DO RPS? ou algo do tipo (suposição pela minha pela msg). A impressão que dá é que não está se comunicando com o webservices...visto que quando pego uma nfse já validada e consulto, resulta praticamente no mesmo erro.
  9. Pessoal, fizemos o cadastro da nossa software house no estado do Paraná, o mesmo já foi deferido (aceito) e cadastramos também o nosso software que recebeu um respectivo código sequencial. A pergunta é, eu devo informar esse código em algum campo nas NFe e nas NFCes, ou devo deixar esse campo (idCSRT) sempre zerado informando apenas os campos abaixo: dm.ACBrNFe1.Configuracoes.RespTec.idCSRT := strtointdef(dm.Empresaresptec_idcsrt.value,0); //Atribuir zero (enquanto a Sefaz não fornece) dm.ACBrNFe1.Configuracoes.RespTec.CSRT := dm.Empresaresptec_csrt.Value; //Atribuir uma string vazia if dm.Empresauf.Value='PR' then begin infRespTec.CNPJ := dm.empresaresptec_cnpj.Value; infRespTec.xContato := dm.Empresaresptec_xcontato.Value;; // Nome do responsável técnico infRespTec.email := dm.Empresaresptec_email.Value; infRespTec.fone := dm.Empresaresptec_fone.Value; end; dm.ACBrNFe1.Configuracoes.RespTec.idCSRT idCSRT = Identificador do CSRT utilizado para montar o hash do CSRT
  10. Pessoal, bom dia. Estamos com um cliente que estava no estado de MG e deu baixa na sua inscrição estadual de MG e abriu uma nova no estado do Paraná. A dúvida é a seguinte: - Devemos manter a mesma numeração já pré-existente na inscrição estadual anterior de MINAS GERAIS que já foi baixada, ou devemos mudar a série para 002 da NFe e iniciar a sequência na numeração para 000000001 afim de separar melhor os lançamentos fiscais? Segundo alguns colegas/programadores que também desenvolvem para o estado do PR, essa seria a melhor recomendação, porém a contabilidade solicitou que mantivéssemos a numeração anteriormente pré-existente no estado de MG e fossemos seguindo essa mesma sequência. Alguém aqui saberia com certeza afirmar qual seria o procedimento mais correto?
  11. Achei esse link, porém como MG está indefinido a grande dúvida. https://www.oobj.com.br/bc/article/É-possível-usar-o-cfop-5929-na-nfe-referenciando-nfce-s-436.html
  12. Pessoal, bom dia. Temos muitos casos aqui em MINAS GERAIS onde diariamente na PRÁTICA o que acontece é o seguinte: - Clientes que são contribuintes do ICMS, ou seja, possuem CNPJ e inscrição estadual compram por exemplo diariamente numa PAPELARIA produtos para o uso/consumo da sua empresa. - Operacionalmente, o usuário/vendedor emite o cupom fiscal (PAF/ECF) e antes de virar o mês, emite uma NFe importando e referenciando esses cupons fiscais. A dúvida é a seguinte: - Notamos que para a emissão de NFCe precisamos deixar o campo de ide_indfinal que indica ser pra consumidor final sempre como S (sim) e com isso, a NFCe é emitida normalmente para um cliente contribuinte como se fosse NÃO CONTRIBUINTE, ou seja, desde que eu cite os dados do cliente normalmente, porém sem inscrição estadual e com o ide_indfinal como S (sim). No caso, SABEMOS que na legislação fala que a NFCe é para operações com pessoa jurídica não contribuinte conforme abaixo: Aí pergunto, isso é uma prática LEGAL e possível de ser utilizada, visto que na legislação cita: 1.4. Em quais tipos de operações a NFC-e poderá ser utilizada? Conforme dispõe o art. 49, § 4º, do Anexo I do Livro VI do RICMS/00, a NFC-e deverá ser utilizada, no varejo, nas vendas presenciais ou nas entregas em domicílio destinadas a consumidor final, exceto nos casos em que a emissão da NF-e seja obrigatória, sendo facultada, desde que emitida NF-e: a) em operações com pessoa jurídica não contribuinte; b) em operações realizadas por estabelecimentos industriais destinadas a consumidores finais; c) em prestações de serviço de conserto ou reparo com fornecimento de peças em que haja emissão de NF-e para registro da entrada e saída de bem do ativo imobilizado ou mercadoria pertencente a terceiros, tais como as realizadas por oficinas de conserto de veículos, eletrônicos e eletrodomésticos. A pergunta é, posso emitir citando os dados do CNPJ + dados da empresa sem a inscrição estadual, ou seja, citando um cliente contribuinte, porém forçando o campo dizendo que é para consumidor final e depois importar isso para uma NFe com CFOP 5929 referenciando a NFCe anteriormente emitida porém na nfe preenchendo corretamente a inscrição estadual, isso estaria correto? Então, essa prática pode ser feita? Existem alguém aqui que já está fazendo em MINAS GERAIS? Conversei com outros programadores de outros estados que estão fazendo essa operação normalmente, por isso o motivo da dúvida. Lembrando que o cliente contribuinte não irá adquirir tais produtos para revenda, mas sim para uso e consumo próprio, visto que sabemos que se for para Revenda isso não seria possível, tendo que utilizar-se da NFe
  13. Já abri uma reclamação lá, vamos ver se obtemos retorno.
×
×
  • Create New...