Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

JeannyPaiva

Membros
  • Total de ítens

    183
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    1

JeannyPaiva last won the day on 18 Setembro 2016

JeannyPaiva had the most liked content!

Reputação

34 Excelente

2 Seguidores

Sobre JeannyPaiva

  • Rank
    Membro

Profile Information

  • Sexo
    Feminino
  • Localização
    Ubá-MG

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. No caso tive problema com 2 rejeições. A primeira foi a que você comentou, e isso é resolvido informando como valor da fatura a soma do valor das duplicatas. Após isso ainda tive a seguinte rejeição: 767-Rejeição: Somatório dos pagamentos diferente do total da Nota Fiscal Que foi resolvida adicionando mais um valor de "pagamento" como outros. Segue um XML de exemplo 31180986682093000105550140000053016201853012-nfe.xml
  2. Resolvi enviando um valor de pagamento a mais da diferença como Outros. Então envio os 200,00 como Boleto por exemplo, e os 800,00 como Outros. Ou, sem passar informação de pagamento.
  3. As vezes eu penso que esse povo trabalha pra testar a nossa paciência. Tira tag, coloca tag de novo. Aff.
  4. Bom dia. Ao efetuar a leitura do XML de substituição com a indAlteraToma = Sim , estava sempre retornando como não, por não conseguir efetuar a leitura da tag. Realizei a correção no arquivo pcteCTeR anexado. pcteCTeR.pas
  5. Algo semelhante a isto: with FACBrMDFe.Manifestos.Items.MDFe.seg.Add do begin respSeg := rsEmitente; xSeg := NomeSeguradora; CNPJ := CNPJSeguradora; nApol := NumApolice; CNPJCPF := CNPJCFPResp; aver.Add.nAver := NumAverbacao; end;
  6. Segue Unit alterada. Para preencher o campo de acordo com a versão informada no XML . ACBrMDFeDAMDFEFRDM.pas
  7. JeannyPaiva

    CTe Complementar 3.0

    Boa tarde. Na leitura do XML de CTe 3.0, está buscando o conteúdo da chave pela tag antiga apenas. Nesta versão, a tag mudou para chCTe, sendo necessário realizar tratamento quando à versão na leitura do XML. Em anexo a unit alterada. pcteCTeR.pas
  8. Obrigada Juliomar. Eu uso um fr3 personalizado diferente do disponível nos componentes, por isso enviei apenas o fonte.
  9. Bom dia. Com a versão 3.0 do CTe, foi adicionado ao DACTe o indicador de CTe globalizado. Fiz a inclusão do campo no fonte anexado. Caso alguem possa adicionar no SVN fico grata. Obs.: até o momento minha necessidade foi apenas deste campo. ACBrCTeDACTEFR.pas
  10. *Indiretamente pode ser que gere. Mas veja bem, esta já é uma pratica comercial para as operações, pois se a empresa não faz a formação do valor de venda de seu produto já embutindo este valor, ela terá um prejuízo. A diferença é apenas o que irão considerar mesmo agora, se antes consideravam apenas a interna do próprio estado para a formação, deverão observar a alíquota interna no estado de destino, e se tem ou não FCP. Para não criar preços diferentes dependendo do estado, a prática mais comum que tenho ciência, tem sido considerar a maior alíquota interna existente. *Simples Nacional está desobrigado a destacar o DIFAL devido a uma liminar. No momento não precisam preocupar com isso. Tem que ficar de olho para ver se ela não será derrubada.
  11. De acordo com o manual de orientações, o campo de valor da NF é formado pelos campos abaixo: -Total do vNF (id: W16) difere do somatório de: (+) vProd (id:W07) (-) vDesc (id:W10) (-) vICMSDeson (id:W04a) (+) vST (id: W06) (+) vFrete (id:W08) (+) vSeg (id:W09) (+) vOutro (id:W15) (+) vII (id:W11) (+) vIPI (id:W12) (+) vServ (id:W18) (*3) (NT 2011/005) Logo, se para adicionar este valor, não seria validado pela SEF. A prática comercial, e orientação da consultoria é que os impostos sejam embutidos no valor base do produto para a formação do preço de venda.
  12. Não vai conseguir mesmo. O que seu cliente deve fazer, é calcular o valor do preço de venda dele já com o valor do ICMS embutido. Dentre os impostos, apenas o IPI é somado no total da nota fiscal.
  13. Aqui permitimos impressão APENAS de NFe autorizada, com exceção de FD-SA. NFe denegada não pode circular, creio que disponibilizar a impressão de NFe nesta situação já induz o usuário, que por natureza costuma ser desatento, ao erro de utilizar este DANFe para o transporte de mercadorias. Quanto ao repasse de informações para contabilidade e/ou comprovante, é mais sensato criar um relatório com as informações da NFe para seu cliente.
  14. Nota fiscal denegada, não pode circular. Então melhor que nem tenha a impressão. Se o cliente quer algum tipo de comprovante, aconselho a criar algum relatório gerencial para ele com as informações.
  15. Basta enviar o grupo, informando a aliquota interestadual, e o percentual de partilha, que são as tags de preenchimento obrigatório que estão com validações. Demais campos vão com zero.
×
×
  • Criar Novo...