Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Pesquisar na Comunidade

Showing results for tags 'sat'.

  • Search By Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Search By Author

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Fórum Aberto - ACBr
    • Notícias do ACBr
    • Equipamentos testados
    • Base de Conhecimento
    • Dúvidas Gerais sobre o ACBr
    • ACBrSerial
    • ACBrSAT
    • ACBrNFe
    • ACBrMonitor PLUS
    • ACBrDFe
    • ACBrTEFD e Dúvidas sobre TEF
    • ACBrTXT
    • ACBrBoleto
    • ACBrDiversos
    • ACBrTCP
    • ACBrFramework
    • ACBrLIB
    • Dia do ACBr
  • Suporte Pago - SAC
    • Dúvidas gerais
    • ACBrMonitorPLUS
    • NFe/NFCe - Nota Fiscal Eletrônica
    • DFe - Documentos Fiscais Eletrônicos
    • SAT / MFE
    • TEF
    • Boleto
    • ACBrSPED
    • ACBrTXT
    • Paf-ECF
    • Requisitos Fiscais por UF
    • ACBrLIB
  • Outros Assuntos
    • Boteco do ACBr
    • Legislação Fiscal e Tributária
    • Object Pascal - Delphi & Lazarus
    • Banco de Dados
    • Classificados
    • Dúvidas não relacionadas ao ACBr

Categorias

  • Suporte Pago - SAC
    • ACBrMonitorPLUS - SAC
    • Utilitários - SAC
    • ACBrLib - SAC
    • Dia do ACBr 1a edição
  • Download Livre
    • ACBrMonitorPLUS
    • Demos / Testes / Utilitários
    • ACBrLIB
    • Apresentações - Palestras

Calendários

  • Eventos - Palestras - Webinars
  • Prazos SEFAZ
  • Calendário da Comunidade
  • Feriados Nacionais

Blogs

  • Daniel Simoes' Blog
  • André Ferreira de Moraes
  • Moderadores ACBr
  • Teste de Blog
  • Notícias do ACBr

Categorias

  • Suporte Pago - SAC
    • Webinars
    • Video Aulas
    • Palestras - Dia do ACBr 1a Ediçao
  • Vídeos Abertos
    • Video Aulas
    • Comunicados
    • Palestras - Dia do ACBr 1a Ediçao
  • Campanhas promocionais

Find results in...

Find results that contain...


Data de Criação

  • Início

    End


Data de Atualização

  • Início

    End


Filter by number of...

Data de Registro

  • Início

    End


Grupo


Website URL


Skype


Localização


Interesses


CNPJ da Empresa


CPF

Encontrado 623 registros

  1. Prezados, O acbrmonitorPlus versão 1.2.0.43 em alguns caso o sistema não responde corretamente via TCP que conseguiu transmitir xml com sucesso a resposta simplesmente é vazio. nào conseguei identificar padrão simplemente em alguns momento o xml com mesma estrutura tem retorno vazio e outro tem o retorno que jugo como esperado. Hoje nosso sistema gerar o xml Modelo 59 (CFe-SAT) e solitita por meio do comanda SAT.Enviar via TCP para o acbrmonitor fazer o envio. foi feitos alguns teste com sat da dimep modelo: D-SAT 2.0 O cenario feito foi o seguinte. Gerei o xml chamei o acbr monitor pelo comando SAT.Enviar("XML_GERADO_1") de acordo com o meu console e log do acbrsat a transmissão e a comunicação não teve nenhum problema. estou anexando um imagem com evidencia do comando que saiu do sistema e retorno que obter do acbr está ok. O problema começa no segundo mandei transmitir um novo xml com o mesmo dado de acordo com log do acbrsat e o arquivo localizado no diretório o acbr fez a transmissão com sucesso, porem a resposta do acbr foi vazio vindo apenas o caracter de termino de instrução. estou anexando outro print com evidencia. Estou anexando os 2 xml transmitidos o acbrlog e acbrsat e as imagens que comentei se precisar de algo mais estarei a disposição. acbrlog.txt ACBrSAT.log AD35190261099008000141599000158750001723767710.xml AD35190261099008000141599000158750001744796590.xml
  2. Mapa Fiscal do Projeto ACBr - Situação das Técnologias Fiscais do varejo Como os desenvolvedores que atuam com emissão de documentos fiscais a nível nacional já perceberam a um bom tempo, cada estado tem autonomia para definir sua própria tecnologia fiscal, ou seja, tem seu próprio RCIMS. Portanto, temos uma grande variedade de tecnologias fiscais em vigor, o que torna o trabalho de produzir softwares que atendam a todas essa tecnologias e legislações, um trabalho bastante complexo. Pensando em criar uma facilidade aos desenvolvedores, de forma que seja fácil visualizar quais UFs utilizam quais tecnologias, estamos lançando o Mapa Fiscal do Projeto ACBr, que pode ser acessando clicando-se aqui. Temos uma série de mapas, descrevendo a situação atual de cada UF, de acordo com a Tecnologia Fiscal. O clique no Mapa, deverá direcionar para um tópico em nosso fórum, com informações detalhadas de cada UF Com isto a Sw.House terá informações de forma clara e objetiva, que poderão auxiliar na tomada de decisões quanto a prioridade de desenvolvimento de sua Aplicação Comercial. Mapa 1: Tecnologias Fiscais em Vigor Este mapa demonstra através de seu esquema de cores, quais os documentos fiscais então em vigor para cada UF brasileira, assim como quais UFs permanecem exigindo o PAF-ECF. https://www.projetoacbr.com.br/acbr-mapas/#acbrmapa_tecnologias_fiscais Mapa 2: Status da NFCe Situação das UFs que Aceitam; Não aceitam; Aceitam com restrições, ou estão em Implantação. https://www.projetoacbr.com.br/acbr-mapas/#acbrmapa_situacao_nfce Mapa 3: Status do ECF Situação do ECF (Emissor de Cupom Fiscal): demonstrando onde o ECF ainda é Valido e Permitido a Lacração, Onde está em Fase de Transição e Onde seu Uso está Proibido. https://www.projetoacbr.com.br/acbr-mapas/#acbrmapa_situacao_ecf Mapa 4: Exigência do Grupo Responsável Técnico Situação da exigência das informações referentes ao Grupo Responsável Técnico para os DFs: demonstrando as UFs que exigirão as informações Completas (Inclusive o CSRT), aquelas que exigem as informações de forma Parcial (CNPJ, etc...) e aquelas que Não Exigem. https://www.projetoacbr.com.br/acbr-mapas/#acbrmapa_situacao_ecf Responsabilidade pelas informações Estamos disponibilizando esses mapas como uma ferramenta ao auxílio da comunidade que se formou ao redor do projeto ACBr. Esses mapas representam nosso atual entendimento do cenário nacional e pode diferir da realidade em algum momento. Estamos desejosos de manter essa nova ferramenta sempre atualizada. Mas não podemos nos responsabilizar por informações incorretas caso aconteçam. Como pode imaginar, é um trabalho enorme manter tanta informação devidamente atualizada. Cada UF tem sua peculiaridade e autonomia para mudar sua legislação sem prévio aviso. Por isso queremos contar com a ajuda de todos os usuários para nos reportar qualquer incorreção ou mudanças na legislação. Se notar alguma informação desatualizada ou incorreta, por favor, nos avise.
  3. Atualizado em: 04/03/2019 - Revisado em: 04/03/2019 Situação por Tipo de Documento NF de Venda ao Consumidor (Mod. 2): Em vigor, com uso após adesão voluntária ou ou por obrigatoriedade terminando em 28/02/2020 quando utilizada exclusivamente para acobertar as operações fora do estabelecimento e 31/01/2020 para os demais contribuintes, considerando-se o último grupo de obrigatoriedade da NFCe. ECF 85: Em vigor (inclusive realizando lacração e autorização de uso), com uso após adesão voluntária ou por obrigatoriedade da NFCe terminando em 31/11/2020, considerando-se o último grupo de obrigatoriedade da NFCe. ECF 09/09: Não aceito NFCe: Calendário de obrigatoriedade se inicia em 01/03/2019 para novas empresas, com último grupo entrando em 01/02/2020. Adesão voluntária permitida a partir de 01/03/2019. SAT: Signatário, porém SEM legislação regulamento sua implantação. MFe: Não aceito Situação Responsável Técnico Conforme resposta obtida por meio do Fale Conosco da SEFAZ-MG e compartilhada conosco pelo usuário @pablozamba, a SEFAZ-MG não exigirá as informações relativas ao responsável técnico. Situação PAF-ECF: UF não exige laudo de homologação, porém determina que a solução seja compatível a legislação própria da UF, a qual gerou documentos de compatibilidade de requisitos entre as ERs do PAF-ECF e a legislação mineira. Para uma visão geral dos documentos fiscais em todas as Unidades da Federação acesse nossos Mapas Fiscais. Para obter o guia de cadastro/credenciamento de sua Aplicação Fiscal junto ao SEFAZ, acesse nossa sessão de Downloads, os Requisitos Fiscais por UF.
  4. Copiar arquivos XML da pasta input antes do integrador apagar ? Tem como ?
  5. Bom dia, Em testes, ao vender um cupom com 3 itens totalizando R$51,51 e aplicando desconto de R$51,00 o D-SAT da DIMEP me retornou valor zerado em um dos itens, segue relação: Item 1 - R$50,00 -> R$0,50 Item 2 - R$1,50 -> R$0,01 Item 3 - R$0,01 -> R$0,00 Total R$51,51 -> R$0,51 Isso seria um problema na regra de rateio do equipamento?
  6. Galera to com o seguinte problema: Ao utilizar o comando TACBrSAT.EnviarDadosVenda para autorizar uma CF-e o mesmo me retornou o erro "Error openning serial COM4" devido a uma queda de luz no momento da autorização, em outro momento ao consultar a SEFAZ, verifiquei que a CF-e foi autorizada com sucesso, mas como o equipamento não conseguiu retornar os dados da autorização para minha aplicação, a mesma setou a CF-e como rejeitada, o cliente então realizou uma nova emissão deixando a venda autorizada 2 vezes na SEFAZ. Minha dúvida é como proceder nesta situação. Existe alguma consulta onde o SAT possa me retornar se a CF-e está autorizada? Penso em fazer um tratamento onde caso ocorra algum erro de comunicação com o SAT durante a autorização da CF-e, o mesmo torne a consultar se esse cupom foi autorizado antes de seta-lo para rejeitado, evitando que o cliente duplique a venda.
  7. Bom Tarde! Não consigo gerar a tag <ICMS> </ICMS> para empresa Normal. Já atualizei o ACBR hoje, dia 04/01/2019. Já pesquisei o exemplo e nada de solução. Segue abaixo a rotina para gerar a tag ICMS. Empresas no Simples funciona normal. Em anexo o xml de envio, mais o erro gerado. AD20190104123900-149776-env.xml ================================================== Imposto.ICMS.orig := oeNacional; If Empresa.CRT = '3' Then Begin Imposto.ICMS.CST := cst00; Imposto.ICMS.pICMS:= 18; Imposto.ICMS.vICMS:= 18.00; Imposto.PIS.CST := pis01; //pis49 Imposto.PIS.vBC := TotalItem; Imposto.PIS.pPIS:= 0.65; Imposto.PIS.vPIS:= RoundTo(TotalItem*0.65/100,-2); Imposto.COFINS.CST := cof01; //cof49 Imposto.COFINS.vBC := TotalItem; Imposto.COFINS.pCOFINS:= 3; Imposto.COFINS.vCOFINS:= RoundTo(TotalItem*3/100,-2); Imposto.COFINSST.vBC := 0; Imposto.COFINSST.pCOFINS := 0; Imposto.COFINSST.vCOFINS := 0; End;
  8. Bom dia, ao realizar uma venda no SAT já em produção em uma de nossas empresas é retornado o erro: 19998 Erro ao Registrar Sessão, alguém pode me da uma força por favor ?
  9. Olá pessoal.. já está no SVN, modificações para o novo Layout do Extrato do SAT CFe, que entrará em vigor, de forma Opcional, em 01/01/2019... Veja esse tópico, sobre o assunto: As implementações atendem os relatórios em Esc/Pos e Fortes Report... Abaixo uma Foto (de um dos milhares) testes que fiz... em uma impressora Elgin I9 Esc/Pos a esquerda e Fortes Report a direita... Assim como no caso da NFCe, a versão em EscPos, provavelmente apenas funcione corretamente com as seguintes condições Impressora 100% compatível com Epson Esc/Pos Impressora como 48 colunas ou mais Leia mais informações sobre o suporte a QRCode Lateral, nesse tópico: As seguintes modificações foram aplicadas no Layout anterior
  10. Olá amigos! Somos de Manaus e queremos emitir SAT em nosso sistema no estado de SC. Já rodamos o aplicativo em SP que usa SAT. Precisamos fazer alguma alteração no sistema? Existe necessidade de fazer algum tipo de credenciamento de nossa empresa? Já temos um cliente lá e estamos com essas dúvidas para ajudá-lo na implantação. Conte com ajuda dos amigos. Agradeço antecipadamente. Ivanilson Ribeiro Delphi Developer since 1.0 version...(almost dino kkk)...
  11. Nesta data passou a ser obrigatória a emissão do SAT em substituição as NFs modelo 02 para os contribuintes com faturamento a partir de R$ 60 mil em 2017. Postos de combustível deverão substituir a NF modelo 02 pelo SAT independente do faturamento. http://pfe.fazenda.sp.gov.br/noticia_007.shtm
  12. Nesta data passou a ser obrigatória a emissão do SAT em substituição as NFs modelo 02 para os contribuintes com faturamento a partir de R$ 80 mil em 2016. Nesta data também encerra-se a permissão de uso do ECF para postos de combustível. http://pfe.fazenda.sp.gov.br/noticia_007.shtm
  13. Nesta data passou a ser obrigatória a emissão do SAT para os contribuintes que se enquadram em CNAEs que estavam desobrigados até então e possuem ECFs com mais de 5 anos desde a primeira lacração.. http://pfe.fazenda.sp.gov.br/noticia_007.shtm
  14. Nesta data passou a ser obrigatória a emissão do SAT para os contribuintes que possuem ECFs com mais de 5 anos da primeira lacração e se enquadram num dos seguintes CNAEs: 4530703, 4711302, 4721102, 4721104, 4722901, 472901, 4744001, 4744099, 4753900, 4754701, 4761003, 4771702, 4772500, 4774100, 4782201 ou 4789099. http://pfe.fazenda.sp.gov.br/noticia_007.shtm
  15. Nesta data passou a ser obrigatória a emissão do SAT para os contribuintes que possuem ECFs com mais de 5 anos de lacração e se enquadram em um destes CNAEs: 4712100, 4744005, 5611201 ou 5611203 http://pfe.fazenda.sp.gov.br/noticia_007.shtm
  16. Nesta data passou a ser obrigatória a emissão do SAT para os seguintes contribuintes: Novos estabelecimentos Contribuintes que utilizavam o SEPD em substituição ao ECF Contribuintes nos CNAES: 4731800, 4771701 e 4781400 e possuam ECF com mais de 5 anos desde a primeira lacração http://pfe.fazenda.sp.gov.br/noticia_007.shtm
  17. Boa tarde! Não sei se mais alguém já passou por isso, mas não encontrei nada a respeito. Recebi um equipamento SAT do fabricante controlid para homologação e o mesmo funcionou corretamente no modo (Debug) Quando compilei minha aplicação em modo release não funcionou. Ao debugar no modo release percebi que é algum erro referente ao carregamento da dll dinamica e não consegui solucionalo. Na minha aplicação após executar o método ConsultaStatusOperacional retorna "too many consecutive exceptions". Tentei testar a mesma dll no modo release pelo SATTeste e ocorre o mesmo problema, imagem em anexo. Lembrando que isso só ocorre com a dll desse fabricante em compilação no modo release. Atenciosamente. Edgard
  18. Introdução: Gentilmente a Bematech nos forneceu o SAT s@tGo para testes. Utilizando o exemplo do ACBr: SATTeste.exe. Computador Notebook Dell Sistema Operacional Windows 10 64Bit atualizado (22/11/2018) Processador Intel i3-3217U 1.80GHz Memória 4 GB USB 2.0 SAT Bematech s@tGo Rede 2 portas 10/100 em modo bridge Itens que a acompanham Cabo USB padrão AB Fonte de alimentação bivolt com saída 5V 2A Guia de referência rápida Cabo Ethernet (Path Cord Cat5E) Importante: Baseado na data da postagem deste documento, este equipamento é um lançamento da Bematech. Portanto, não há links disponíveis para os drivers e manuais no site da Bematech. Faremos a atualização deste artigo com os links, quando os drivers e manuais forem disponibilizados. Caso precise de imediato algum manual ou driver, entre em contato com o suporte: https://www.bematech.com.br/faleconosco Descrição do Visor: Diferente dos demais SATs que a interação com o usuário é feita por LEDs, o s@tGo interage através de um visor. Nele há ícones e mensagens que informam o estado atual do equipamento: Ícones: Exemplo de ícone ligado Exemplo de ícone desligado De acordo com o manual, o ícone de Parâmetros (primeiro da esquerda para a direita na imagem acima) informa se o s@tGo está ativado ou não. O simbolo de Engrenagem (esquerda abaixo) é exibido quando não ativado e Documento (direita) quando ativado.: Não ativado: Ativado Devido o s@tGo usado nestes testes ser para desenvolvimento, o ícone de não ativado (esquerda) se mantém apesar do SAT ser ativado de fábrica. Legenda: Nome: PARÂMETROS; Ligado: Arquivos de parametrização carregados com sucesso; Alternando rapidamente: Carregando arquivos de parametrização; Alternando lentamente: Executando parametrização interna; Desligado: Arquivos de parametrização NÃO carregados; Nome: AP/OC; Ligado: Pronto para comunicar-se com a Aplicativo Comercial; Alternando rapidamente: Escrevendo/Lendo mensagem do AC; Alternando lentamente: Executando comando do AC; Desligado: Não está pronto para se comunicar com o AC; Nome: LAN; Ligado: Acesso ao Gateway (Internet); Alternando rapidamente: Recebendo dados na comunicação com a SEFAZ; Alternando lentamente: Estabelecendo comunicação com a SEFAZ; Desligado: Não possui acesso à SEFAZ; Nome: CFE; Ligado: CFe pendente de processamento (existência de um ou mais CF-e-SAT na memória do SAT que ainda não foi processado pela SEFAZ); Alternando rapidamente: Emitindo/Processando Cfe; Alternando lentamente: Enviando arquivos de CFe para a SEFAZ; Desligado: Sem CFe na memória; Nome: BLO; Ligado: Equipamento bloqueado pela SEFAZ/contribuinte ; Alternando rapidamente: Bloqueado por erros no código de ativação ; Alternando lentamente: Bloqueio autônomo ; Desligado: Equipamento desbloqueado; Nome: SUP; Ligado: Produto precisa de suporte técnico; Desligado: Produto não precisa de suporte técnico; Mensagens: As mensagens do visor são auto explicativas. Contudo, para uma maior clareza, colocamos abaixo a descrição delas conforme definidas no manual do fabricante: Emitidos: Quantidade de CF-e recebidos do Aplicativo Comercial e devolvidos com sucesso pelo SAT, acumulados desde sua ativação. Cancelados: Quantidade de CF-e Cancelamentos recebidos do Aplicativo Comercial e cancelados com sucesso pelo SAT, acumulados desde sua ativação. Pendente transm: Quantidade de CF-e armazenados no S@T pendentes de envio à SEFAZ. Contador decrementando após a transmissão. A processar: Total de CF-e enviados ao fisco que aguardam confirmação de processamento pela SEFAZ. Contador decrementando após processamento. Instalação do SAT: Não houve a necessidade de instalar os drivers do SAT no Windows 10. Bastou conectá-lo ao computador e o Windows fez a instalação automaticamente: Software de Ativação: Instalação: Execute o instalador ActivationSoftwareSetup_02.00.09.exe; Durante os passos da instalação, deixe apenas o Software de Ativação selecionado: Continue com os passos definindo as opções conforme seu ambiente até finalizar a instalação. Configuração de rede: Execute o programa ActivationSoftware.exe: Clique em Menu(1) e depois em Configuração(2) : Preencha o Código de Ativação(3). Em nosso exemplo foi 00000000 (8 zeros); Defina as configurações de rede conforme suas necessidades, em nosso ambiente deixamos ETHE e DHCP(4) e definimos o Proxy(5) Clique em Configurar(6) para definir as configurações no SAT; Após alguns segundos será exibida uma janela informando que a Rede Configurada com Sucesso(7) : Ativação: O SAT que temos em mãos é destinado a ambientes de desenvolvimento, ou seja, SDK. Por padrão, um SAT SDK é ativado de fábrica. Disponibilizamos abaixo os dados de uso do SAT s@tGo em um ambiente de desenvolvimento: Código de ativação: 00000000 (8 zeros) CNPJ do contribuinte: 27101611000182 Inscrição Estadual do contribuinte: 111111111111 CNPJ da Software House : 16716114000172 Assinatura da Software House: SGR-SAT SISTEMA DE GESTAO E RETAGUARDA DO SAT Caso o seu SAT não seja de desenvolvimento, você pode ativá-lo preenchendo as informações de ativação conforme os passos abaixo: Clique em Menu(1) e depois Ativação(2) : Clique na aba Ativar SAT(3); Preencha os campos(4) de acordo com o seu ambiente; Clique em Ativar(5) Verifique se o SAT foi ativado através da Mensagem de Retorno(6) : Obs.: Em caso de dúvidas, o manual do fabricante deverá ser consultado. Associar Assinatura: Caso o seu SAT não seja de desenvolvimento, você pode ativá-lo seguindo os passos abaixo: Clique em Menu(1) e depois Ativação(2) : Clique na aba Associar Assinatura(3); Preencha os campos(4) conforme os dados do seu SAT. Em nosso caso deixamos definido como homologação; Clique em Associar(5); Verifique se a Mensagem de Retorno(6) informa que houve sucesso no procedimento: Obs.: Em caso de dúvidas, o manual do fabricante deverá ser consultado. Testes usando os componentes e Demos do ACBr: Com o componente ACBrSAT, parte do projeto ACBr, podemos agregar todas as funcionalidades disponíveis no ativador do fabricante em um software particular. Para demonstrar tais funcionalidades utilizamos o SATTeste.exe, demo do ACBrSAT. O SATTeste.exe está disponível neste link: https://www.projetoacbr.com.br/forum/files/file/316-sattesteexe/ Configuração da biblioteca: Antes de usar as bibliotecas BemaSAT32.dll ou BemaSAT64.dll, é necessário configurá-las através do arquivo bemasat.xml. Este arquivo deve ficar no mesmo diretório da DLL usada. Os campos que configuramos foram: Porta: COM11 (Porta de comunicação com o SAT); Path: C:\SAT\LOG (Caminho onde será gravado o log da DLL); Obs.: Para mais informações sobre estes e outros campos, consulte o manual do fabricante. Aba Configuração: Inicialização: satDinamico_cdecl Nome DLL: C:\SAT\BemaSAT32.dll Ambiente: taHomologacao Código de Ativação: 00000000 Remover Acentos: Desabilitado Página de Código: 65001 UTF8: Habilitado Demais opções não alteramos. Aba Dados Emitente: CNPJ: 27101611000182 Insc.Estadual: 111111111111 Demais opções não alteramos Aba Dados Sw.House: CNPJ: 16716114000172 Assinatura Sw.House: SGR-SAT SISTEMA DE GESTAO E RETAGUARDA DO SAT Aba Rede: Tipo Rede: ETHE (rede cabeada) Tipo Rede: DHCP Para aplicar as configurações de rede, clique em Inicializar(1) ==> Configurações(2) ==> Configurar Interface Rede(3). O retorno deverá ser Rede Configurada com Sucesso(4) : Ativar SAT: Clique em Ativação(1) ==> Ativar SAT(2). Verifique a resposta no Log de Comandos. Em nosso caso o SAT já está ativado(3) : ) : Associar a assinatura: Clique em Ativação(1) ==> Associar Assinatura(2). Verifique se a assinatura foi registrada(3) : Status operacional: Para confirmar se as etapas Ativar SAT e Associar a assinatura funcionam, clique em Consultas(1) ==> Consultar Status Operacional(2). Verifique a resposta no Log de Comandos(3 Teste de desempenho: Utilizando o SATTeste, realizamos vendas com diferentes quantidades de itens. Para cada quantidade foram emitidas 10 vendas, medido o tempo de cada uma e calculado o tempo médio. O tempo foi medido do envio da venda ao recebimento. Todos os testes foram registrados na tabela abaixo: s@tGo * Quantidade máxima de itens em uma venda com o SAT é de 500. Acima dessa quantidade o SAT retorna “Erro não identificado”, o tempo calculado neste caso foi o retorno do erro. O tempo do retorno do erro não foi calculado na média total. Nota: O tempo medido nesse teste, é computado desde o início da transmissão do XML para o SAT, até a recepção do XML de venda, gerado como resposta pelo SAT. Ou seja, é uma medição diferente do que a Especificação Técnica do SAT preconiza, onde apenas o tempo de Geração do XML da venda é considerado. Utilizando do mesmo teste, realizamos um comparativo do s@tGo com o seu antecessor, o RB-2000. Este teste nos forneceu o resultado abaixo: RB-2000 Obs.: Lembrando que respeitamos as mesmas regras de tempo coletado e retorno do erro. Estes dados nos possibilitou montar o gráfico abaixo: Através deste comparativo, podemos observar um tempo de resposta bem menor do s@tGo com relação ao RB-2000. Desta forma, o s@tGo permite uma agilidade maior nas emissões das venda e por consequência, rapidez no ponto de venda. Sobre o equipamento: O s@tGo vai além do comum com seu visor. Diferente das luzes (LEDs) informativas, seu visor permite ao usuário ter maiores informações imediatamente, sem a necessidade de realizar consultas ao SAT através de um software. Seu gabinete é discreto. O botão de liga/desliga fica traseira do equipamento, dividindo espaço com duas portas de rede, uma conexão USB e o orifício do botão reset. Na sua base, há orifícios para fixá-lo na parede e quatro “pés” de silicone, evitando o fácil deslise do equipamento em uma superfície. As duas conexões de rede trabalham em modo bridge, permitindo compartilhar o mesmo ponto de rede para o SAT e para o computador. Sobre a utilização do equipamento: Bastou conectar o s@tGo no computador e o Windows 10 o instalou automaticamente. Não houve a necessidade de realizar qualquer instalação de drivers. Não houveram travamentos ou casos de lentidão durante os testes. A rede também se manteve estável usando o s@tGo para compartilhar a conexão. Ficha técnica fornecida pelo fabricante: Gabinete: Plástico ABS com Display de Cristal Líquido Alimentação: +5V com fonte externa Consumo Médio de Corrente: 600 mA Potência Média: 4,0W Retenção de Dados na Memória: 10 anos Conexões de Rede: Duas interfaces Ethernet, Wi-Fi (opcional) modos b/g/n Interface USB Conector B USB 2.0: 1 interface Dimensões: 30mm de altura, 130mm de largura, 115mm de profundidade Peso: 0,5Kg Regulamentação Atendida: IEC 61.000-4-2: Imunidade a descarga eletrostática classe 3. IEC 61.000-4-3: Imunidade a rádio frequência e compatibilidade eletromagnética, classe 2. IEC 61.000-4-4: Imunidade a transientes elétricos rápidos, classe 2. IEC 61.000-4-5: Imunidade a surto induzido por descarga atmosférica, classe 2. IEC 61.000-4-6: Imunidade a perturbações eletromagnéticas conduzidas, classe 2. IEC 61.000-4-11: Imunidade a afundamento, variação e interrupção de tensão, classe 30% de queda, durante 50 ciclos. Condições Ambientais: Operação: 0°C ~ 45°C Armazenamento: -10°C ~ 60°C Umidade de Operação: 10% ~ 80% Umidade de Armazenamento: 10% ~ 90% (Não Condensante) Amostras: Disponibilizamos abaixo os XMLs de uma venda e seu cancelamento: Venda – Envio: AD20181112110138-967986-env.xml Venda – Recebimento: AD41181127101611000182599000162910000748061599.xml Cancelamento – Envio: ADC41181127101611000182599000162910000748061599-env.xml Cancelamento – Recebimento: ADC41181127101611000182599000162910000751225610.xml O extrato de venda(esquerda) e de cancelamento(direita) impressos:
  19. Graças ao fórum e essa turma mais que competente consegui fazer a geração da venda. Porem a impressão ainda não. Associei o ACBrSATExtratoFortes1 mas não consigo imprimir Estou usando como linha para impressão ACBrSAT1.ImprimirExtrato; A impressora é uma Epson TM Gera o PDF normal, mas não imprime
  20. Boa noite estou com um problema no fechamento do XML Retorna no Log |06010|1999|Rejeição: Erro não identificado|| Segue em anexo o LOG e o XML gerado Podem me ajudar? ACBrSATLOG.log AD20181120182323-972979-env.xml
  21. Boa tarde, estou iniciando no Acbr, não consegui encontrar uma maneira de saber qual nome do arquivo xml gerado do meu SAT autozidado na pasta vendas para gerar o comando de impressão. Podem me ajudar por favor. 1. criei o arquivo ini da venda na pasta > C:\AcbrInstall\Integrador\Input\venda.ini 2. gerei o arquivo ENT.txt na pasta do monitor, SAT.CriarEnviarCFe("C:\AcbrInstall\ACBrMonitorPLUS\arqs\venda.ini") 3. o monitor gerou o xml na pasta enviados AD20181005161340-642047-env.xml 4. gerou o arquivo transmitido na pasta vendas AD35181002903499000172590005202650034134573056.xml 5. como descubro o nome do arquivo para que seja possível gerar o ent.txt de impressão? Obrigado.
  22. Boa tarde! Estou com dificuldades de estar finalizando e emulação do sat! Faço todos processo que mostra no próprio site da fazenda, porem sem sucesso! https://portal.fazenda.sp.gov.br/servicos/sat/Paginas/Downloads.aspx Estou com a ultima versão também "Emulador SAT off-line v2.9.4 - 10/02/2017" e com o java 32-bits por se for o de 64 o aplicativo nem abre ... Segue Mensagem de erro: [2018-10-04 16:31:14.520]:ATIVADO COM SUCESSO [2018-10-04 16:31:20.046]:INICIO TESTE FIM A FIM [2018-10-04 16:31:20.058]:Carregando CFe Teste. [2018-10-04 16:31:20.086]:Validando CFe Teste. [2018-10-04 16:31:20.098]:Completando CFe Teste. [2018-10-04 16:31:20.172]:Assinando CFe Teste. [2018-10-04 16:31:20.302]:Enviando CFe Teste ao WebService. [2018-10-04 16:31:20.312]:TESTE EMITIDO COM SUCESSO [2018-10-04 16:31:57.271]:INICIO ASSOCIAR ASSINATURA [2018-10-04 16:31:57.293]:ASSOCIADO COM SUCESSO [2018-10-04 16:33:08.357]:INICIO EMISSAO [2018-10-04 16:33:08.377]:Carregando CFe. [2018-10-04 16:33:08.395]:Validando Campos do CFe. [2018-10-04 16:33:08.411]:Erro no campo 'CNPJ' : Campo invalido, difere de 25935189000135 [2018-10-04 16:33:08.427]:Erro no campo 'ide': 1999 [2018-10-04 16:33:08.445]:ERRO NA EMISSAO: 1999: Rejeicao: Erro nao identificado Obs: ja tentei colocar o Cnpj "22222222222222" e "11111111111111" porem me retornava com o mesmo estado de erro.
  23. Na Aplicação SAT TESTE Configuraçoes A Minha situação e a seguinte tenho um cliente que possui varias empresas com CNPJs Matriz Filial (Já emitia CFe), ao realizar a devida configuração do campo CNPJ coloquei o CNPJ da Filial em questão porém ao realizar a validação esta apresentando a mensagem de erro: CNPJ INVALIDO. Então sendo assim tenho as seguintes duvidas: 1 - Qual o CNPJ que deve ser colocado no campo CNPJ NA guia Dados do Emitente? 2 - Na guia Dados Sw. House a Assinatura é a mesma para matriz/filiais? Ou precisa ser gerado uma assinatura para cada CNPJ? 3 - No meu caso ja era um sistema que ja era usado, o Código de Ativação da Guia Dados do SAT CFe, NAO tem como gerar novo, e sim buscar a devida informação? Desde Ja muito OBG.
  24. Ola Pessoal, agradeço ajuda que o Junior deu com o vídeo "Comunicação entre ACBr e SAT" foi mt esclarecedor parabéns!!!, bem ja uso a NFCe e tem o seguinte comando "NFE.CriarEnviarNFe("Caminhonota.tx",2,1)" o qual passando parâmetro ja realiza a impressão imediatamente. Bem, realizei a devida impressão usando o comando SAT.ImprimirExtratoVenda, mas a minha questão é existe algo similar ao comando NFE.CriarEnviarNFe que permita realizar a impressão simultaneamente? Ou qual a sugestão para tornar essa situação prática. Agradeço!!
  25. Introdução: Recebemos gentilmente da Control iD, o SAT S@T-iD, para testes. Utilizando o exemplo do ACBr: SATTeste.exe. Ambiente: Computador Notebook Dell Sistema Operacional Windows 10 64Bit atualizado (24/04/2018) Processador Intel i3-3217U 1.80GHz Memória 4 GB USB 2.0 SAT S@T-iD Certificados AC-SAT Rede 2 portas 10/100 em modo bridge Instalação do SAT: Não houve a necessidade de instalar os drivers do SAT no Windows 10. Bastou conectá-lo ao computador e o Windows fez a instalação automaticamente: Software de Ativação: O software de ativação e o manual estão disponíveis neste link: https://www.controlid.com.br/automacao-comercial/satid/ Instalação: Software de ativação: https://www.controlid.com.br/suporte/satid/satid-setup.exe Para realizar a instalação siga as etapas abaixo: Realize o download do software de ativação Com o usuário administrador, execute o instalador satid-setup.exe; Durante os passos da instalação, altere as informações conforme as suas necessidades. Em nosso ambiente mantivemos o padrão: Configuração de rede: Para configurar a rede siga os passos abaixo: Na inicialização do Ativador será exibido uma tela de boas vindas, selecione a opção SAT Ativado(1) e clique em Pular(2); Digite o código de ativação(3) para liberar o uso do Ativador. Em nosso ambiente de testes o Cód. de ativação é senha12345. Clique em Salvar(4) Selecione Configurar Rede(5) e configure de acordo com o seu ambiente. Em nosso caso mantivemos a configuração de fábrica, ou seja, como DHCP(6). Clique em Configurar(7); Para verificar se as configurações foram aplicadas, clique em Status Operacional(8) e verifique os campos de informações da rede, principalmente LAN_IP e LAN_GW(9); Ativação: O SAT que temos em mãos é destinado a ambientes de desenvolvimento, ou seja, SDK. Por padrão, um SAT SDK é ativado de fábrica. Disponibilizamos abaixo os dados para uso do SAT S@T-iD em um ambiente de desenvolvimento: Código de ativação: senha12345 CNPJ do contribuinte: 08233299000129 Inscrição Estadual do contribuinte: 149392863111 CNPJ da Software House : 16716114000172 Assinatura da Software House: SGR-SAT SISTEMA DE GESTAO E RETAGUARDA DO SAT Caso o seu SAT não seja de desenvolvimento, você pode ativá-lo preenchendo as informações de ativação conforme os passos abaixo: Clique em Ativar SAT(1) ==> Ativar(2 Em seguida, associar a assinatura em Associar a Assinatura(3) ==> Associar(4): Obs.: Em caso de dúvidas, o manual do fabricante deverá ser consultado. Testes usando os componentes e Demos do ACBr: Com o componente ACBrSAT, parte do projeto ACBr, podemos agregar todas as funcionalidades disponíveis no ativador do fabricante em um software particular. Para demonstrar tais funcionalidades utilizamos o SATTeste.exe, demo do ACBrSAT. O SATTeste.exe está disponível neste link: https://www.projetoacbr.com.br/forum/files/file/316-sattesteexe/ Definimos as configurações desta forma: Aba Configuração: Inicialização: satDinamico_cdecl Nome DLL: C:\SAT\dlls\ControliD\libsatidlib.dll (Veja a Nota logo abaixo) Ambiente: taHomologacao Código de Ativação: senha12345 Remover Acentos: Desabilitado Página de Código: 65001 UTF8: Habilitado Demais opções não alteramos. Nota: A DLL encontra-se disponível neste link: https://www.controlid.com.br/suporte/satid/sat_dll.zip Aba Dados Emitente: CNPJ: 08238299000129 Insc.Estadual: 149392863111 Demais opções não alteramos Aba Dados Sw.House: CNPJ: 16716114000172 Assinatura Sw.House: SGR-SAT SISTEMA DE GESTAO E RETAGUARDA DO SAT Aba Rede: Tipo Rede: ETHE (rede cabeada) Tipo Rede: DHCP Para aplicar as configurações de rede, clique em Inicializar(1) ==> Configurações(2) ==> Configurar Interface Rede(3). O retorno deverá ser Rede Configurada com Sucesso(4 Ativar SAT: Clique em Ativação(1) ==> Ativar SAT(2). Verifique a resposta no Log de Comandos. Em nosso caso o SAT já está ativado(3 Associar a assinatura: Clique em Ativação(1) ==> Associar Assinatura(2). Verifique se a assinatura foi registrada(3) Status operacional: Para confirmar se as etapas Ativar SAT e Associar a assinatura funcionam, clique em Consultas(1) ==> Consultar Status Operacional(2). Verifique a resposta no Log de Comandos(3 Teste de desempenho: Utilizando o SATTeste, realizamos vendas com diferentes quantidades de itens. Para cada quantidade foram emitidas 10 vendas, medido o tempo de cada uma e calculado o tempo médio. O tempo foi medido do envio da venda ao recebimento. Todos os testes foram registrados na tabela abaixo: * Quantidade máxima de itens em uma venda com o SAT é de 500. Acima dessa quantidade o SAT retorna “Erro não identificado”, o tempo calculado neste caso foi o retorno do erro. O tempo do retorno do erro não foi calculado na média total. Nota: O tempo medido nesse teste, é computado desde o início da transmissão do XML para o SAT, até a recepção do XML de venda, gerado como resposta pelo SAT. Ou seja, é uma medição diferente do que a Especificação Técnica do SAT preconiza, onde apenas o tempo de Geração do XML da venda é considerado. Sobre o equipamento: O S@T-iD chama a atenção pela aparência. Seu design é moderno, quebrando o formato “caixa quadrada” - aspecto comum na maioria dos SATs disponíveis no mercado. Ele também é pequeno, quase a metade de um SAT convencional. As luzes acompanham o layout do gabinete, informando de uma forma sutil o seu status. Na traseira do gabinete ficam as conexões de rede, energia via micro USB e o botão reset. As conexões de rede funcionam em modo “bridge” permitindo compartilhar o mesmo ponto de rede para o SAT e o computador. Sobre a utilização do equipamento: O S@T-iD se comportou no estilo “Plug-N-Play”, ou seja, bastou conectá-lo no computador e em poucos segundos o SAT estava pronto para uso no Windows 10. Durante o uso, ele funcionou de forma satisfatória. Não houveram travamentos ou lentidões. Ele não suporta rede com proxy. Ficha técnica fornecida pelo fabricante: Modelo: S@T-iD Funcionalidades: Emissão de Cupom Fiscal Eletrônico atendendo aos requisitos dos projetos SAT-CF-e Certificados Digitais: Suporta somente certificados do tipo AC-SAT Memória Interna: 1GB Interface de Rede: 02 x Ethernet 802.3 10/100 Mbps full-duplex Interface USB: 01 x USB 2.0 compatível 1.1 Bateria Interna: Alimenta Relógio Interno e Memória de Segurança >= 5 anos Sinalizações: 08 LEDs de indicação Dimensões: 36.5 mm x 90 mm x 96.9 mm (AxLxP) Peso: 100g Alimentação: USB 5V/500mA Botão Reset: Desativar o SAT e voltar as configurações de fábrica Amostras: Disponibilizamos abaixo os XMLs de uma venda e seu cancelamento: Venda – Envio: AD20180509131651-701300-env.xml Venda – Recebimento: AD35180508238299000129599000149240000915858596.xml Cancelamento – Envio: ADC35180508238299000129599000149240000915858596-env.xml Cancelamento – Recebimento: AD35180508238299000129599000149240000915858596.xml O extrato de venda(esquerda) e de cancelamento(direita) impressos:
×
×
  • Criar Novo...